Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

As fraudes no e-commerce podem ser evitadas

As fraudes no e-commerce é algo que todo empreendedor busca evitar, afinal elas podem render um grande prejuízo e até fazer com que a empresa chegue a falência.

Em um negócio as fraudes no e-commerce devem ser combatidas a todo custo pelos empreendedores. Afinal, com a Lei Geral de Proteção de Dados, a violação ou vazamento pode trazer consequências à empresa.

Pessoa usando notebook que apresenta tela com alerta de fraude no mesmo
As fraudes no e-commerce representam um grande risco para todo negócio. Foto do Freepik

O que são fraudes no e-commerce?

As fraudes no e-commerce são atos ilegais em que podem ocorrer compras falsas ou roubo de dados. Esses golpes são praticados por pessoas de má intenção que querem levar benefício em cima das outras. Ela pode acontecer, por exemplo, em situações como:

  • roubo de dados;
  • uso de dados ilegais de terceiros;
  • chargeback.

Ficar atento aos tipos de golpes praticados é muito importante. Pois assim você poderá identificar quais são as defesas que precisa planejar e melhorar na sua empresa para cada uma dessas ações.

Esse tipo de ação gera prejuízos não apenas financeiros ao negócio, como também pode prejudicar a sua imagem perante os clientes. Afinal, se ocorrer um vazamento de dados pessoais, será necessário comunicar os envolvidos. 

Fora os possíveis prejuízos diretos com esse tipo de ocorrência, ainda gera uma desconfiança no mercado, o que pode fazer com que as vendas caiam.

Como as fraudes no e-commerce podem ter suas chances diminuídas? 

Primeiro, para diminuir as chances das fraudes no e-commerce você precisa adquirir um certificado de segurança no seu site. Ele é uma ótima ferramenta para a sua loja, já que evitará o risco de que ocorra o vazamento de dados dos clientes e funcionários.

Isso se dá porque os mais diversos navegadores costumam dar pequenos avisos sobre quando o site visitado não é de confiança, principalmente aquele onde é necessário preencher com dados bancários. 

Um certificado SSL, por sua vez, traz mais segurança aos compradores e também evitar a ação de possíveis fraudadores e golpistas. Assim o seu negócio já terá uma primeira camada de proteção para evitar fraudes.

Golpe do pedido extenso 

Não se engane quando um cliente pedir um pedido muito maior que o usual, esse é um dos principais indicativos de uma tentativa de fraude. Então é sempre necessário realmente checar se esse pedido é verdadeiro antes de simplesmente aceitar a encomenda.

Dessa forma, se você optar pelos meios pessoais para o recebimento como os pagamentos no Whatsapp, o ideal é que se tenha um sistema próprio de análise de riscos. Nesse sentido, você deve buscar a solução de análise de fraude que mais se adeque a você.

Leve também em consideração o orçamento para te ajudar a ser mais pragmático nessa questão, pois qualquer cliente que faça uma solicitação ao banco por não reconhecer uma compra no cartão de crédito, representa um prejuízo na certa para o seu negócio.

Anzol segurando cartões de crédito sobre notebook cinza
As fraudes no e-commerce podem se dar por meio do roubo de dados bancários. Foto do Freepik

Como evitar fraudes no e-commerce nas transações bancárias?

Utilizando os intermediadores de pagamentos você consegue evitar as fraudes no e-commerce nas transações bancárias, pois esse é um serviço no qual eles serão os responsáveis por receber o pagamento, analisar o risco e liberar ou barrar a transação.

Isso acontece mediante uma cobrança percentual sobre o valor da transação, porém você terá o dinheiro repassado para você de forma segura, já que ela consegue identificar tentativas de fraudes e aplicação de golpes.

Benefícios dos intermediadores de pagamentos

Esses canais de venda são uma ótima opção para pequenas empresas ou aqueles que não têm nenhum conhecimento prévio de como se faz uma análise de fraude, a sua grande vantagem é a garantia de recebimento pelo o que foi vendido.

Pois quando o intermediador aprova a transação ele se compromete em te pagar. E isso acontece mesmo em caso de chargeback, que é quando o cliente faz um pedido pelo cartão de crédito e após o envio ou entrega ele solicita o cancelamento diretamente com o banco.

Ou seja, mesmo em casos de golpes, se o intermediador de pagamentos tiver liberado a transação e você conseguir confirmar que enviou ou entregou o pedido receberá o dinheiro pela compra, mesmo que o golpista não pague. 

Homem carimbando agenda com dizerem CERTIFIED em página com anotações
Evite as fraudes no e-commerce por meio dos intermediadores de pagamento. Foto do Freepik

Como ter sucesso na ferramenta escolhida contra as fraudes no e-commerce?

Para ter sucesso contra as fraudes no e-commerce você deve ter os processos bem definidos, independente de ter um site de vendas ou usar a plataforma de terceiros. Assim, vale a pena analisar alguns pontos-chave:

  • escolher bem quais serão as ferramentas de apoio;
  • definir os critérios para a processo de aprovação manual;
  • solicitar toda a documentação necessária do cliente.

Tenha o que é necessário para contrapor uma solicitação de estorno do cliente junto ao banco/operador de cartão (documentos do titular do cartão). Procure também ter bem  definido quais passos serão seguidos caso haja o cancelamento de pedidos não aprovados.

Já para o uso de intermediadores é importante voltar a atenção para alguns pontos. Sempre procure usar meios de entrega que sejam seguros, garantam o código de rastreamento das encomendas e que forneça comprovante de recebimento.

Informe e anexe os comprovantes de envio/entrega junto ao sistema do intermediador, fique atento para os casos que a encomenda entra em “disputa”, para poder responder rápido e para ter todas as comprovações em mãos.

As fraudes no e-commerce tem como serem barradas?

Algo que pode barrar as fraudes no seu e-commerce é capacitar as pessoas que trabalham com você. Nesse ínterim todas as áreas da sua empresa são importantes, desde o funcionário que fala diretamente com o cliente ao responsável pela administração.

Não somente aqueles que cuidam das partes burocráticas do processo, todos devem conhecer muito bem, dominar e entender a importância de cada parte ou tarefa realizada para assim evitar as fraudes no e-commerce.

Descubra qual perfil se encaixa melhor no seu negócio e capacite a equipe de vendas, demonstrando como cada unidade é importante para evitar as fraudes no e-commerce, então com todos aprendendo cada passo e importância mais fácil será barrar os golpes.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes