Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Áudio marketing: como ganhar relevância na internet com essa estratégia?

Pode até parecer novidade, mas o áudio marketing já existe há algum tempo. Afinal, conforme as mídias sociais surgiram, percebeu-se a relevância deste tipo de conteúdo. Então, de lá pra cá tal ferramenta tem sido aprimorada e quem a utiliza, destaca-se.

O que é áudio marketing?

É um tipo de estratégia que visa produções sonoras que gerem engajamento. Nesse sentido, tal prática faz parte do Marketing de conteúdo e tem um grande potencial. Aliás, tanto para gerar mais leads, quanto para melhorar a posição nos motores de busca.

A semelhança com o hábito de ouvir rádio não é mera coincidência. Isto porque, o passado influencia e serve de inspiração para o presente. No entanto, agora, o indivíduo controla o que, quando, em que velocidade e de que forma escuta.

Como funciona o áudio marketing

O intuito dessa ferramenta é fornecer uma outra opção de mídia para o público. Dessa forma, pode-se dar a alternativa de acessar o conteúdo escrito em áudio. Assim, caso a pessoa não tenha como ler, evita-se a perda daquela audiência.

É, também, uma versão mais acessível do que o artigo. Já que há indivíduos cegos e os que têm leitura deficiente, portanto, é crucial ter opção. Além disso, torna-se prático e mais humanizado.

homem negro sentado, usando fones de ouvido e com um laptop na sua frente
Legenda: O áudio marketing é uma importante ferramenta para gerar conexão com a persona. Imagem de DCStudio no Freepik.

Qual a importância do áudio?

A maior de todas, com toda certeza, é poupar tempo, um recurso sempre escasso. Isto porque, pode-se consumir muita coisa pela audição durante a execução de outras atividades. Enquanto dirige, por exemplo, uma pessoa pode ouvir:

  • Músicas;
  • Instruções do GPS;
  • Áudiolivros;
  • Podcasts;
  • Mensagens de voz.

O mesmo se aplica às demais atividades que se fazem de forma automática. Sob tal perspectiva, nota-se a relevância do áudio marketing. Assim, especialistas prevêem que a busca por tais recursos tende a aumentar nos próximos anos.

3 formas que o conteúdo de áudio afeta a persona

A audição é um dos sentidos que permitem ao ser humano perceber o mundo. Dessa forma, os produções sonoras podem exercer  grande impacto na persona. Tanto na fisiologia, pelo estímulo no sistema endócrino, quanto na psique. Logo, podem provocar:

  1. Relaxamento: usa-se algumas frequências musicais para meditar;
  2. Dar energia: atletas optam por ritmos mais vibrantes;
  3. Melancolia: os hits sofrência são um exemplo.

Outro aspecto que é afetado pelo áudio é a cognição. Enquanto sons harmônicos ajudam no foco, ruídos fazem o oposto. Além disso, como ferramenta do Marketing digital, pode influenciar o comportamento. Por meio de técnicas, induz-se os clientes à ação.

6 formas profissionais de usar o áudio marketing

Cada vez mais o ser humano usa recursos de voz no dia a dia. Então, não há dúvidas do quão crucial é aplicar esta prática aos negócios. No entanto, existem formas mais assertivas e estratégicas de fazê-lo, como:

  1. Usar em sites e blogs;
  2. Navegação do site;
  3. Registrar e publicar depoimentos de clientes;
  4. Aplicar nas Redes Sociais.
  5. Usar músicas;
  6. Segmentar anúncios pagos.

Muitas empresas já colhem bons frutos por investirem nessa técnica. Isto porque, quando aplicado da maneira correta, o áudio marketing é um grande aliado. Além disso, trata-se de uma tendência, devido ao alto consumo de podcasts em plataformas.

1 – Como usar o áudio em sites e blogs?

Nem todas as pessoas consomem os conteúdos da mesma forma. Então, ao gravar os textos de artigos, amplia-se o leque de opções do público. Além disso, o player de áudio pode ter, ainda, outras funções, como:

  • Abrir página de captura de e-mail a fim de gerar lead;
  • Obter métricas de quantidade de reproduções e engajamento;
  • Saber sobre as preferências das pessoas.

Tal prática é válida para entender sobre o público e guiá-lo na jornada de compra. Também é muito útil para apoiar apenas as técnicas SEO de engajamento nos posts. Logo, trata-se de algo relevante, tanto para o criador de conteúdo, quanto para sua audiência.

Distribua os áudios como posts ou arquivos de página

Ambas as práticas dão bons resultados para sites e blogs na web. Nesse sentido, pode-se criar um único áudio que contenha todo o conteúdo. Outra opção é dividi-lo por subtítulos. Dessa forma, o visitante escolhe qual parte do assunto deseja consumir.

2 – Qual a melhor forma de usar áudios na navegação do seu site?

Para entender o que funciona melhor com o seu público-alvo vale dar as duas opções. Assim, as métricas que serão obtidas dirão em qual direção seguir. Isto porque, as preferências dentro do áudio marketing podem variar.

O perfil da persona pode ser uma boa maneira de fazer a escolha certa. Nesse sentido, conhecer para quem se fala traz economia de energia em tentativas. Além de trazer mais autoridade. 

Dê opção aos visitantes de desabilitar a função de áudio

Algumas pessoas ainda preferem ler e podem se incomodar com reproduções automáticas. Mesmo porque, nem sempre os fones de ouvidos estão à mão. Então, é crucial dar ao visitante a opção de acionar o player ou não. 

3 – Registre e publique os depoimentos dos clientes

Dar uma prova social de que algo é bom é uma das armas de persuasão. Dessa forma, o Marketing de Referência visa envolver clientes que obtiveram benefícios com o produto. Isto porque, para os que ainda não o conhecem, tal técnica gera interesse.

As pessoas não gostam de sentir que são cobaias em algo. Aliás, isso explica o receio da maioria em pagar pelo que é pouco conhecido. A prova social, nesse sentido, dá certa segurança de que não se trata de perigo. Ou seja, gera confiança.

Áudio marketing e o Marketing de Referência

Nem sempre as palavras traduzem as emoções humanas a respeito de algo. Logo, não é à toa que conteúdos gravados geram tanta conexão. Assim, quando o depoimento do cliente é em formato de áudio, o ouvinte capta melhor suas emoções.

Ao ouvir a voz humana, o cérebro aciona os neurônios-espelho de imediato. Desse modo, pode-se sentir o que o outro expressa de forma mais profunda. Então, os resultados dessa prática tendem a ser maiores do que quando, apenas, escrito.

mulher morena no meio da rua, segurando um livro com uma mão e um celular com a outra.  Ela também está usando fones de ouvido
Legenda: Com o áudio marketing, o usuário economiza tempo. Imagem de Charlotte May no Pexels.

4 – Como usar o áudio marketing nas Redes Sociais?

Uma das formas é por meio do audiograma, algo cada vez mais atual. Nesse sentido, como recurso do áudio marketing, publica-se uma imagem estática com uma mensagem. Além da transcrição, tem o som do que pode ser um trecho do que se deseja transmitir.

Tal técnica tem o intuito de despertar interesse do seguidor por mais. Assim, a legenda o direciona ao local em que ele poderá consumir o conteúdo completo. Logo, é muito útil.

Live áudio do Facebook

Esta é outra opção da referida estratégia para redes sociais e se mostra muito promissora. Isto porque, trata-se de algo semelhante aos podcasts, com o anfitrião e seus convidados. Além disso, o Live áudio permite que os ouvintes levantem a mão para interagir também.

Diferente do que se fazia até então, a plateia pode ocupar o lugar do locutor. Portanto, a rede de Zuckerberg, que oferece opção de mensagem por áudio, inovou mais um pouco.  

5 – Música para criar conteúdo de áudio marketing

Antes de investir tempo e recursos no assunto é preciso conhecer a sua persona. Isto porque, o público-alvo vai associar as músicas ao seu produto. Ou seja, elas precisam ter a cara do negócio ou não farão sentido para quem ouvir.

Opte, portanto, por ritmos compatíveis com a faixa etária dentro do áudio marketing. Além disso, o tipo de batida e as letras precisam criar uma mensagem. Mais ainda se a ideia for promover uma ação de vendas ou jornada de compra.

Crie listas de reprodução de áudios

Esta é outra prática muito positiva e que gera engajamento por meio de streamings. Isto é válido para gerar conexão e mostrar a personalidade da sua marca com músicas. Além disso, pode-se explorar os seus próprios conteúdos de acordo com os interesses.

A nível de funil de vendas, para criar movimento, tais listas também são úteis. Nesse sentido, elas engajam o público e ainda o ajudam a avançar nas etapas. Assim, pode-se oferecer benefícios à audiência e ao mesmo tempo ganhar autoridade

6 – Como segmentar anúncios pagos com áudio marketing

Plataformas de música, como o Spotify, estão de olho em seus usuários, bem como, o Facebook e Google Ads mapeiam o consumidor, tais empresas também o fazem. Então, é possível criar anúncios nelas e escolher quem os ouvirá.

Ao conhecer a sua persona, pode-se optar por perfis que se pareçam com o dela. Dessa forma, a ideia é gerar conexão por meio do áudio marketing em seus ouvidos. A música da campanha, portanto, precisa contribuir para esse intuito.

O que são hábitos de escuta dos consumidores

São os gêneros musicais, podcasts, audiolivros e demais mídias preferidas por cada um. Aliás, as escolhas que os ouvintes fazem, dizem muito sobre seus hábitos e gostos. Assim, é possível segmentar anúncios pagos com base nesses dados.

Como usar a estratégia de áudio marketing no seu negócio

É preciso, antes de tudo, definir a meta a ser alcançada. Nesse sentido, uma opção viável deve envolver gerar valor para o seu público-alvo. Além disso, a definição da persona é tão importante quanto para manter-se fiel ao projeto. Outras dicas nesse sentido são:

  • Não invente a roda: observe e aprenda com quem já faz;
  • Facilite a vida do usuário: o áudio marketing deve servi-lo;
  • Crie um ambiente agradável e convidativo;
  • Dedique-se à produção de conteúdo de qualidade: busque inspirações;
  • Atualiza-se: as tendências mudam a todo o tempo.

Com base no conhecimento e nas dicas aqui apresentadas, há grandes chances de sucesso. Trata-se, portanto, de uma ferramenta fácil de implementar. Inclusive, para quem já produz outras mídias, o custo é baixo pelas facilidades atuais.

Falta de tempo é a dor da maior parte das pessoas hoje em dia. Então, ser um instrumento para economia deste recurso é tornar-se relevante. Mais do que isso: é ser necessário ao seu cliente.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes