Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

LinkedIn adiciona legendas automáticas aos vídeos

O LinkedIn está adicionando vários recursos voltados para tornar o site mais inclusivo para pessoas com necessidades de acessibilidade. Então, irá incluir o recurso de legendas automáticas para os vídeos na rede social.

LinledIn adiciona legendas automaticas

O LinkedIn está atualizando o conteúdo de vídeo com recurso de legenda automática. Além disso, irá incluir vários novos recursos para ajudar as pessoas com necessidades de acessibilidade.

Com legendas automáticas, o LinkedIn tem como objetivo tornar os vídeos mais acessíveis para quem é surdo. Assim, pessoas com deficiência auditiva ou quem prefere assistir vídeos com o som desligado, poderão se beneficiar do recurso.

O LinkedIn adicionará automaticamente legendas aos vídeos durante o processo de upload. Então, você pode optar por implementar de forma imediata ou revisar e editar para ter maior precisão.

Além disso, o LinkedIn está lançando um modo de alto contraste para o aplicativo móvel. Isso ajustará as cores para melhorar a acessibilidade para pessoas com deficiência visual, por exemplo.

Novos recursos para anúncios de emprego e perfis de usuário

Em homenagem ao Mês Nacional de Conscientização sobre o Emprego com Deficiência, o LinkedIn incluirá várias melhorias focadas em acessibilidade para anúncios de emprego e perfis de usuários.

Cargos de Acessibilidade

O LinkedIn relata que há um aumento significativo no número anual total de postagens de emprego nos EUA com a palavra “acessibilidade” no título do trabalho. Então, isso indicou uma demanda crescente por especialistas em acessibilidade:

“… nossos dados mostram que esses anúncios de emprego aumentaram 171% desde setembro de 2019, indicando que as empresas estão ativamente não apenas falando sobre isso, mas tomando medidas para contratar especialistas em acessibilidade que podem ajudá-los a criar produtos e serviços que funcionem para todos.”

Agora, os usuários do LinkedIn que trabalham no setor de acessibilidade podem escolher um título padronizado, como “designer de acessibilidade”, “diretor de acessibilidade” ou “engenheiro de acessibilidade”.

O LinkedIn diz ainda que o uso de cargos padronizados pode ajudar os trabalhadores a serem descobertos. Assim, vai facilitar que estes sejam recrutados para cargos que correspondam às suas habilidades.

Nova habilidade de ‘pensamento disléxico’ para perfis

O LinkedIn está em parceria com Richard Branson e Made By Dyslexia para lançar o “Dyslexic Thinking”. Por sua vez, esta é uma habilidade reconhecida que os usuários podem adicionar aos seus perfis.

“Através de nossa pesquisa, aprendemos que os pensadores disléxicos geralmente são capazes de simplificar produtos ou tarefas complexas e ver conexões que outros podem perder. Este exemplo mostra que a deficiência também pode ser vista como uma força e um diferencial significativo.”

Texto alternativo para anúncios

Os anunciantes agora podem adicionar descrições de texto a anúncios gráficos com a adição de texto alternativo no Campaign Manager. Assim, o texto permite que pessoas cegas ou com deficiência visual entendam as imagens apresentadas em um anúncio.

Novo curso de aprendizagem do LinkedIn

Um novo curso na biblioteca LinkedIn Learning pode ajudar as pessoas a desenvolver habilidades na área de acessibilidade. O curso Acessibilidade Prática para Designers do instrutor Chimmy Kalu ensina como projetar e construir experiências acessíveis na web.

Disponibilidade

As legendas automáticas em vídeos serão lançadas nas próximas semanas, e o texto alternativo para anúncios será lançado “em breve”. Porém, todos os outros recursos listados neste artigo estão disponíveis agora.

Fonte: SearchEngineJournal.com

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes