Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Redes Sociais: aprenda a usá-las na sua estratégia de marketing

As redes sociais são canais de comunicação que reúnem grande número de pessoas com diferentes perfis e hábitos de consumo. Portanto, o mundo digital permite que empresas e clientes se conectem por essas mídias, o que beneficia todos os envolvidos.

Guia Rápido

O que são redes sociais?

Este conceito, antes da internet, destina-se às pessoas com interesses em comum que se reúnem em grupos e interagem entre si. Contudo, com a chegada das mídias digitais houve uma expansão do termo. 

Tudo o que promove uma relação entre as pessoas no mundo online está de acordo com a função das redes. Nesse sentido, elas são usadas pelo Marketing Digital para que as empresas conheçam, cada vez mais, os seus clientes e as marcas.

Mídia interativa

As mídias interativas são o que fazem as redes sociais acontecerem por meio de suas plataformas. Dessa forma, elas são a ferramenta que permite que os grupos se comuniquem e interajam entre si de modo efetivo.

Qual a diferença entre redes sociais e mídias sociais?

Muitas vezes as pessoas confundem as mídias sociais com as redes e elas não são a mesma coisa. Para isso, confira alguns exemplos do que se enquadra na primeira categoria:

  • YouTube;
  • Blogs;
  • Facebook;
  • Instagram.

Perceba que essas mídias fazem com que o contato social digital seja possível. Dessa forma, elas cumprem o objetivo dos grupos que desejam se comunicar e compartilhar as coisas que gostam entre si. 

As redes são, portanto, uma parcela dentro das mídias que fazem o espaço para que os conteúdos sejam postados. Então, não confunda mais esses termos e use-os do modo correto na sua estratégia de marketing. 

História das redes sociais

Para entender a história das redes sociais é preciso saber que, em termos essenciais, elas sempre existiram. Afinal, desde o início de sua existência o ser humano precisa se unir em grupos para facilitar as tarefas do dia a dia.

A história das redes no meio online é diferente, já que as mídias apareceram e criaram a sua trajetória ao longo do tempo. Portanto, confira a linha do tempo que explica o surgimento desses meios de comunicação digital.

Linha do tempo

O Six Degrees nasce em 1997 e, em seguida, o Friendster ganha vida no ano de 2002. Assim, logo um ano depois, em 2003, tem-se a criação do MySpace e também da famosa mídia profissional que se chama LinkedIn.

A famosa plataforma conhecida por suas comunidades, o Orkut, foi criada em 2004 junto com o Facebook. Após isso, tem-se o Youtube em 2005 e o Twitter em 2006. Por fim, o WhatsApp aparece em 2009 e o Instagram em 2010, além do SnapChat em 2011.

História da Internet

Em geral, os conflitos de interesse entre os países da Guerra Fria fazem parte da história da internet e dos meios de comunicação. Afinal, foi neste período que a primeira experiência de internet foi criada, para que militares pudessem se comunicar, por meio da Arpanet. 

O que é um social media?

A profissão de social media consiste na gestão das redes sociais para gerar o melhor desempenho possível delas. Nesse sentido, ele conduz a produção de conteúdo, verifica os dados de resultado, mensura as interações e produz feedbacks.

É um profissional que, em geral, é contratado pela empresa para verificar como ela está nas suas redes. Portanto, trata-se de um componente muito relevante para as campanhas de marketing, por exemplo.

Principais funções do Social Media

O social media deve conhecer as métricas mais importantes para mensurar a efetividade das redes de uma empresa. A seguir, confira algumas das principais funções que esse profissional exerce no mercado.

1- Gerenciar perfis de empresas nas redes sociais 

As mídias sociais das empresas precisam estar sempre ativas e com funções relevantes e isso é garantido pela gestão do social media. Dessa forma, ele precisa otimizar a produção de conteúdo, as interações e acompanhar as métricas. 

Planejamento de conteúdo

O planejamento de conteúdo é muito relevante para uma empresa que deseja se destacar nas redes. Por isso, a gestão dele é necessária, já que garante que as postagens aconteçam com a frequência correta e que atinja o público-alvo. 

imagem mostrando apps de redes sociai como Twitter, LinkedIn, Pinterest e Facebook
Legenda: As redes sociais são uma forma de expandir a sua marca para onde estão os seus consumidores. Imagem de PhotoMIX-Company no Pixabay.

2 – Programar publicações para as redes sociais 

As publicações para as redes sociais precisam ser programadas pelo social media. Afinal, soltar postagens sem um planejamento é atrapalhar o potencial que o conteúdo tem de chegar nas pessoas certas e na hora correta.

Outra questão é que o processo fica automatizado e, sobretudo, diminui as chances de uma postagem não ir ao ar. Portanto, esse profissional faz o uso de programas que garantem o bom funcionamento desses posts e aumentam o sucesso das redes da empresa.

Automação de publicação

Para que uma empresa faça uma boa gestão de suas redes é preciso que ela automatize suas publicações. Para isso, existem plataformas gratuitas e pagas que fazem esse serviço e são geridas pelos profissionais da área. 

Principais ferramentas de publicação

A Hootsuite é uma ferramenta de publicação que faz com que você agende postagens e monitore seus resultados. Além disso, tem-se a Buffer que permite gerenciar as contas do Twitter, Instagram, Facebook, entre outras. 

Também fazem parte da lista as plataformas Zoho Social e o Postgrain que é exclusivo para Instagram. Portanto, existem muitos modos de automatizar e você deve ver qual o melhor para a realidade da sua empresa. 

3 – Monitorar a interação do público nas redes sociais 

A grande maioria das redes sociais tem funções de comentar, curtir e compartilhar como interação entre o público. Portanto, é muito importante que isso seja monitorado da melhor forma e que os números ajudem a aumentar a qualidade dos posts. 

O social media faz com que as interações passem por uma análise e, além disso, participa desse processo. Afinal, uma empresa precisa responder os seus clientes nas suas mídias e esse profissional é o que garante que isso ocorra. 

Proximidade com o público na Internet

Uma boa empresa faz das redes uma forma de ficar próxima do seu público por meio da internet. Dessa forma, um canal de comunicação precisa interagir com os clientes de acordo com a linguagem mais adequada. 

É melhor que a empresa tenha uma mídia em bom funcionamento do que várias com uma gestão falha. Então, foco na qualidade e não na quantidade para que você gere laços culturais com as pessoas.

4 – Analisar métricas e indicadores

O social media deve, também, analisar as métricas e indicadores de desempenho sobre as redes da empresa. Dessa forma, ele gera análises dos dados para que seja possível melhorar cada vez mais o projeto.

As estratégias precisam de objetivos e metas, então, as métricas são um meio para ver se tudo se cumpre. Portanto, o profissional deve se atentar ao que as redes sociais se propõem e aperfeiçoar os métodos para chegar nos números projetados.

Ferramentas para análise de métricas na Internet

O mLabs é uma grande ferramenta para análise de métricas na internet, assim como o AgoraPulse e o Reportei. Com isso, essas plataformas são boas para gerar relatórios e guiar o trabalho de gestão de quem lida com isso. 

É preciso conhecer qual o tipo de serviço que a ferramenta oferece e, sobretudo, qual melhor se enquadra no contexto da sua empresa. Portanto, faça uma busca apurada e defina, junto com seu time de marketing, o melhor jeito de analisar as métricas. 

Quais os principais tipos de redes sociais?

Cada uma das redes tem a sua proposta, embora todas tenham coisas em comum. Nesse sentido, busque entender os quatro principais tipos para definir qual o melhor para a sua marca. 

Relacionamento

O relacionamento é o tipo que foca na interação entre as pessoas de um modo leve e amigável. Dessa forma, a proposta dessas redes é fazer com que grupos de amigos se criem por meio de posts e comentários.

Entretenimento

As redes sociais do tipo entretenimento são as que focam no lazer do usuário que acessa seus espaços. Nesse sentido, trata-se de locais virtuais para que as pessoas postem vídeos, façam lives e criem conteúdo, como é o caso do YouTube.

Relacionamento profissional

O tipo de relacionamento profissional tem como foco a interação entre pessoas com os mesmos objetivos no trabalho. Nesse sentido, tem-se uma produção de conteúdo focada nos negócios e até na divulgação de vagas de emprego, como é o caso do LinkedIn.

Nicho

As redes de nicho podem ser usadas tanto para o profissional quanto para o pessoal e são menos conhecidas. Nesse sentido, trata-se de um local com o foco nas pessoas com interesses em comum, como é o caso da Quora. 

pessoa com um celular na mão, acessando o Instagram
Legenda: As redes sociais mais comuns são as do tipo de relacionamento como o Instagram. Imagem de Erik_Lucatero no Pixabay.

Quais as redes sociais mais conhecidas?

Para fazer a lista das redes sociais mais conhecidas é preciso, antes de tudo, mensurar os seus números e sua relevância. Então, veja a lista que explica essa relação para que você tenha a noção do tamanho de cada uma:

  • Facebook com mais de 2,6 bilhões de pessoas;
  • Youtube com mais de 2 bilhões de usuários;
  • WhatsApp também com mais de 2 bilhões;
  • Instagram com mais de 1 bilhão;
  • TikTok com mais de 800 milhões.

Além dos que foram citados acima, tem-se o Twitter e o LinkedIn com mais de 300 milhões de usuários. Aliás, vale dizer que não é só o acesso que faz da rede a mais importante, mas também as suas funções e pontos positivos para o mundo dos negócios.

Como aproveitar o potencial das redes sociais

Para que a sua empresa saiba aproveitar o potencial das redes é preciso estudar o que seu público faz. Nesse sentido, entender quais são as que eles mais frequentam e como eles interagem nela.

Com base nos dados dos seus clientes em relação ao mundo das mídias sociais, tem-se um meio para se aproximar deles. Portanto, busque estudar como gerar um contato próximo e saudável.

1 – A importância do Facebook

Devido ao seu grande número de acessos, a importância do Facebook para as empresas é algo que merece atenção. Afinal, as maiores marcas estão lá e os meios de interação com os seus clientes são ótimos.

Os grupos são criados de acordo com o interesse em comum das pessoas e isso é muito bom para as marcas. Dessa forma, é possível ver onde está o público cuja cultura vai de encontro com a sua empresa.

As equipes de marketing fazem uso dessa rede e do Facebook Ads para gerar tráfego pago para sites e outras mídias. Portanto, é um ótimo local para expandir a sua marca e gerar cada vez mais novos clientes.

Principais benefícios do Facebook

O Facebook tem como principais benefícios a liberdade para criar conteúdo de várias formas diferentes e, sobretudo, o aumento das vendas por meio dos grupos. Assim, ele une as pessoas de um jeito que facilita para a sua marca.

Facebook marketplace

A sua empresa pode anunciar os seus produtos no Facebook Marketplace e gerar mais vendas. Afinal, é um espaço no qual as pessoas entram para vender e comprar suas coisas usadas ou novas. 

2 – Como usar o YouTube?

O YouTube é uma grande potência para a sua empresa em termos de produção de conteúdo áudio-visual. Dessa forma, ele ganha cada vez mais espaço no dia a dia das pessoas e você pode criar um bom entretenimento.

Após produzir os vídeos que vão fazer parte do canal que você criar para a marca, é preciso mensurar resultados e gerenciar os recursos. Nesse sentido, suas produções geram valores monetários de acordo com os acessos e outras questões, como o AdSense

É possível que você faça a junção de pessoas que estão em alta com a sua marca com vídeos promocionais. Por fim, busque ter um calendário bem planejado para que o seu canal entre na rotina dos usuários. 

Vantagens de usar o YouTube

O YouTube é uma das Redes Sociais que permite uma variedade absurda de tipos de conteúdo para você fazer. Portanto, trata-se de um local com muita liberdade e pode trabalhar a imagem da sua marca de acordo com o que deseja. 

Marketing no YouTube

As equipes de marketing gostam do Youtube para a exposição da marca e para educar os leads e convertê-los em clientes. Afinal, com base na produção de conteúdo é possível gerar valor para o seu produto ou serviço e atingir as dores das pessoas que assistem.

3 – WhatsApp como uma das redes sociais mais usadas no mundo

O WhatsApp é uma das redes mais usadas no Brasil e no mundo todo, porque facilita muito a comunicação entre as pessoas. Nesse sentido, basta um acesso à internet para trocar mensagens gratuitas com os seus amigos e familiares. 

Por que usar o WhatsApp?

Além de ser muito prático e fácil conversar com as pessoas por ele, o WhatsApp pode ajudar a empresa a ser mais próxima do cliente. Portanto, trata-se de um bom meio de solucionar problemas e tirar dúvidas, assim como, fechar vendas.

WhatsApp Business

O WhatsApp Business é uma conta comercial do aplicativo comum para as empresas que desejam automatizar o contato com os clientes. Com isso, você pode criar mensagens personalizadas, montar etiquetas e mensurar dados.

Pagamentos no WhatsApp

A rede foi além e agora é possível realizar pagamentos por meio do WhatsApp. Nesse sentido, pode fazer transações com os seus contatos tanto na versão normal como na business. 

duas mulheres sentadas em um sofá, enquanto uma delas segura a logo do WhatsApp
Legenda: O WhatsApp facilita e otimiza a comunicação entre marca e cliente. Imagem de Rawpixel no Freepik.

4 – O que é Instagram?

Uma das redes sociais mais potentes em termos de produção visual é o Instagram. Afinal, ele permite que você tire fotos, edite e compartilhe. Nesse sentido, pode fazer isso no seu feed ou nos stories, que são publicações que duram 24 horas. 

Principais benefícios do Instagram

As diversas funções para a criação e expansão das fotos de uma marca é um dos principais benefícios do Instagram. Além disso, você também pode postar vídeos e stories interativos com perguntas e respostas ou enquetes.

Quanto mais criativo você é, mais fácil será gerar novos clientes por meio dessa plataforma. Com isso, a visibilidade que ele fornece para a sua empresa é um bom fator para uma estratégia de tráfego, por exemplo.

Algoritmo do Instagram

O algoritmo do Instagram faz com que as pessoas recebam conteúdos similares aos que elas já vêem. Dessa forma, ele é muito efetivo em oferecer ao usuário o que está de acordo com o seu gosto.

A sua marca pode chegar nos clientes de uma forma direta e saudável, já que ele vai receber o seu conteúdo com base em suas ações na rede. Portanto, entender o algoritmo é essencial para o uso do app. 

Stories animados

Interaja com o seu público por meio dos stories e suas inúmeras funções para criar um bom conteúdo. Nesse sentido, você pode colocar gifs animados, vídeos e enquetes para engajar os seus clientes.

5 – Como usar o TikTok?

Para usar o TikTok é preciso entender que ele se trata de uma mídia de vídeos rápidos, em geral com até 30 segundos de duração. Com isso, é um bom espaço para anúncios e conteúdos pagos com uma mensagem curta que fale sobre a sua marca.

Vantagens de usar o TikTok

O TikTok é uma das Redes Sociais que mais cresce e, sobretudo, em relação ao público mais novo. Além disso, ele fomenta vários modos de anunciar a sua marca ou produto, logo, também é muito bom para quem está no começo.

Opções de anúncios no TikTok

Por meio do TikTok Ads permite que o usuário crie conteúdos focados em anunciar o seu produto ou serviço. Dessa forma, é possível não só criar um perfil para a sua marca, mas também patrocinar influenciadores que já possuem uma boa visibilidade no app.

LinkedIn, uma das redes sociais voltadas para profissionais

O LinkedIn é uma das maiores redes sociais voltadas para profissionais e pode ser útil para a sua empresa. Afinal, a grande parte das grandes marcas estão na rede para caçar talentos e expor a cultura do seu negócio por meio de:

  • Calendário editorial com posts frequentes;
  • Alertas de vagas e descrições detalhadas;
  • Links para os blogs ou outros sites da empresa.

Para usar as redes que têm como foco o ambiente profissional é preciso, antes de tudo, um bom planejamento. Portanto, defina a linguagem da sua marca e como ela vai interagir com as pessoas da sua área. 

Por que usar o LinkedIn?

Você deve usar o LinkedIn porque lá é um local com muitas pessoas em busca de um emprego. Além disso, é um bom meio de conhecer os principais líderes das melhores empresas da sua área e aprender com eles. 

Como potencializar a carreira com LinkedIn

Para potencializar a carreira com o LinkedIn é preciso completar o perfil com todas as informações e ter postagens frequentes. Dessa forma, você apresenta toda a sua trajetória e mostra as áreas que domina com base no seu conteúdo.

O que é Twitter?

A plataforma Twitter é um espaço de postagens com caracteres limitados e serve para as pessoas comentarem sobre o seu dia a dia. Além disso, é uma das redes sociais que mais se discute sobre assuntos sociais e públicos, como:

  • Política;
  • Identidade de gênero;
  • Combate ao racismo;
  • Luta contra a LGBTQfobia.

É um bom espaço para a sua marca se mostrar engajada nas causas sociais e aproximar os clientes. Portanto, os seus mais de 300 milhões de usuários são um número que você deve se atentar e considerar ao planejar as redes da sua empresa.

Principais benefícios do Twitter

O Twitter tem como um dos principais benefícios o contato direto e sincero com os seus clientes. Afinal, é um local para compartilhar opiniões pessoais e, além de tudo, indica muito o que a sua empresa pensa sobre os temas em voga na sociedade.

Rede Social com limite de caracteres

A rede Twitter tem um limite de caracteres, ou seja, é preciso falar com o público de um jeito simples, direto e efetivo. Dessa forma, caso a sua marca faça parte desse espaço é preciso de um bom planejamento em relação à linguagem.

mulher em pé, em frente a uma mesa, usando seu celular
Legenda: As Redes Sociais de nicho são ótimas para engajar personas bem específicas. Imagem de gm_pantgtondevil no Pixabay.

Como usar o Pinterest?

O Pinterest é uma plataforma de busca por imagens, ou seja, não se enquadra junto às outras redes sociais. Contudo, seu potencial é enorme quando é bem usado pelas empresas para expor conteúdos visuais dos seus produtos ou serviços.

Vantagens de usar o Pinterest

Uma das grandes vantagens de usar o Pinterest é a quantidade em massa de buscas diárias. Nesse sentido, caso você planeje e poste seu conteúdo de maneira certa ele será exposto para muitas pessoas, como é o caso das estratégias de SEO.

A sua produção de conteúdo deve atingir as referências que os usuários estão a procurar. Portanto, faça com que eles vejam na sua marca uma resposta para as suas pesquisas em relação aos temas que seu negócio aborda.

Pinterest para empresas

O Pinterest possui uma conta Business que faz com que a sua empresa tenha muitas opções de criar conteúdo. Além disso, ele oferece uma série de análises dos resultados da sua produção.

Snapchat é uma das redes sociais que vale a pena usar?

A plataforma Snapchat surgiu com uma proposta inovadora e ainda está presente no dia a dia de muita gente, ou seja, vale a pena usá-la. Porém, é importante saber que ela está em baixa devido ao Instagram Stories, porque possuem funções parecidas, como: 

  • Criar postagens que somem após 24 horas;
  • Interagir de modo rápido e direto com as pessoas;
  • Planejar conteúdos exclusivos para quem segue as contas.

Você pode postar vídeos e fotos editadas com textos e outras opções de complementos. Portanto, trata-se de uma das redes sociais que merecem a atenção da sua empresa na hora de planejar sua estratégia.

Por que usar o Snapchat?

A plataforma é um dos grandes meios de interação com o pessoal mais jovem e atua muito bem nos nichos sociais. Além disso, é ótima para as empresas que desejam passar um ar de proximidade pelo seu conteúdo.

O que esperar do futuro do Snapchat

Para você que pretende usar o app Snapchat na sua estratégia de redes, é possível esperar mudanças que visam um novo crescimento. Portanto, esteja sempre atento ao que entra e sai da plataforma em termos de funções e possibilidades.

O que é Clubhouse?

A proposta do Clubhouse é ser um local de interação por meio de áudios sobre qualquer assunto em comum. Além disso, é uma rede muito nova, que foi criada em 2020 e ainda possui grande potencial de crescimento.

Principais benefícios do Clubhouse

O fato de ser um contato por meio de áudios permite uma interação muito direta e benéfica para a empresa. Com isso, a sua marca pode entrar em discussões que fazem parte da área dos negócios dela e expor sua cultura. 

FAQ interativo com o Clubhouse

É uma dinâmica de perguntas e respostas que você pode fazer por meio do Clubhouse para a sua empresa. Dessa forma, clientes tiram suas dúvidas de maneira simples e rápida, além de se sentirem mais importantes para a marca. 

Como usar o Telegram?

O Telegram surgiu em 2013 e você pode usá-lo para trocar mensagens instantâneas de modo gratuito com seus amigos e família. Nesse sentido, é um aplicativo muito similar ao WhatsApp e tem funções como:

  • Criação de grupos;
  • Canais para postar conteúdo;
  • Ligações em vídeo. 

Ele possui uma versão desktop que funciona sem a necessidade de um celular. Portanto, é prático e tem ótimos recursos para gerenciar contatos e fazer reuniões tanto pessoais quanto profissionais. 

Vantagens de usar o Telegram

A vantagem do Telegram em relação ao WhatsApp é a sua maior capacidade de armazenar e compartilhar arquivos. Além disso, ele sincroniza o seu celular com o computador de um modo muito fácil e rápido. 

Telegram, alternativa mais completa para os usuários

Ele pode ser menos famoso no Brasil do que o WhatsApp, mas com certeza é uma alternativa mais completa para os usuários. Afinal, suas funções são mais dinâmicas e sua capacidade de repassar e salvar mensagens é maior. 

Quais as redes sociais mais usadas no Brasil?

Para que a sua empresa tenha uma boa estratégia é preciso que você saiba quais as redes sociais mais usadas no Brasil. Afinal, são com base nas melhores que deve programar e postar seu conteúdo. A seguir, saiba quais são elas. 

WhatsApp

O WhatsApp é ótimo para as mensagens instantâneas e, sobretudo, para levar a comunicação a qualquer lugar. Além disso, a empresa faz muito sucesso fora do Brasil também e sua versão Business conquistou as marcas para lidar com os clientes.

YouTube

Assistir vídeos para fins de entretenimento ou profissional faz parte do dia a dia da maioria dos brasileiros. Afinal, quando você não está em busca de distração é possível que esteja a procura de um tutorial sobre como resolver um problema.

Instagram

O Instagram é uma das redes mais usadas no Brasil e está em constante crescente tanto para celular quanto para desktop. Portanto, é um app que se tornou importante para as empresas exporem seus produtos e criarem suas identidades com o público.

Facebook

No Brasil o Facebook tem mais de 100 milhões de usuários e se firmou como um grande local para negociações de produtos e serviços. Com isso, usar o seu marketplace para fazer anúncios é uma boa estratégia para as Redes Sociais.

TikTok

Caso o produto ou serviço da sua empresa possa ser oferecido em menos de um minuto, o TikTok é o lugar certo para ela. Nesse sentido, a rede de vídeos rápidos é uma sensação entre os mais jovens devido à sua dinâmica com postagens curtas. 

Por que usar redes sociais para empresas?

As empresas devem usar as redes, porque é nelas que elas vão encontrar e interagir com o seu público. Nesse sentido, os meios digitais se tornaram os principais jeitos de estudar a figura do cliente para a grande parte do mercado e das marcas. 

Seja no Facebook, Instagram ou até mesmo nos atendimentos personalizados pelo WhatsApp é muito relevante que você tenha uma rede para a sua marca. Portanto, estude quais são as melhores e como elas se encaixam na rotina da sua empresa.

Principais benefícios das redes sociais para empresas

Mensurar a qualidade do seu conteúdo e entender qual engaja melhor o seu público é um dos principais benefícios das redes sociais. Então, confira mais características das estratégias dessas mídias no seu negócio e como aplicar elas do jeito certo.

1 – Como expor a marca para um segmento específico?

As marcas e os seus produtos e serviços atendem uma demanda específica do mercado. Portanto, é importante que você se destaque no que compete ao seu segmento para que atinja o público certo por meio de:

  • Anúncios nos grupos das redes;
  • Posts com uma linguagem própria;
  • Fazer parcerias com influencers famosos das principais mídias.

Tudo isso vai fazer com que você chegue ao público que precisa alcançar e, sobretudo, não perca tempo com as pessoas sem interesse. Portanto, expor a sua marca é essencial e as redes são ferramentas que não podem faltar na sua estratégia. 

Persona

As personas são pessoas semi-fictícias que resumem o que é o cliente ideal para a sua empresa. Portanto, as mídias sociais são de extrema ajuda para uma empresa que precisa definir a sua. 

Público-alvo da marca

Definir uma persona é o passo certo para que seja possível atingir o público-alvo da marca. Nesse sentido, eles são as pessoas mais próximas de interagir e se tornarem clientes por meio dos laços culturais. 

2 – O que é posicionamento da marca nas redes sociais?

As marcas precisam mostrar aos seus clientes quais as suas opiniões sobre os assuntos que importam para eles e o seu negócio. Dessa forma, é por meio das redes que essa exposição acontece de forma efetiva, porque você pode:

  • Criar campanhas específicas sobre um assunto em alta;
  • Fazer perguntas e respostas com o seu público;
  • Conduzir parcerias com as pessoas ligadas às causas sociais.

Uma empresa precisa se mostrar preocupada com o que assola tanto seus clientes quanto a sociedade de um modo geral. Portanto, garanta que suas redes sejam um espaço para expor opiniões, mas faça isso com muito cuidado.

Proximidade com o cliente com as redes sociais 

Quanto mais uma empresa expõe a sua realidade cultural, mais ela estreita a proximidade com o cliente nas redes sociais. Desse modo, você demonstra aos usuários que não está preocupado só com as vendas, mas também com os problemas deles.

Autoridade no mercado

Para que uma empresa se transforme em autoridade no mercado é preciso produzir muito conteúdo sobre a área. Além disso, essa produção deve ter uma frequência lógica e saudável, cujos fins devem ser educar seus usuários e convertê-los em vendas.

3 – Relacionamento com o público com as redes sociais

O relacionamento com o público nas redes é feito por meio da criação de conteúdo e da manutenção da conta da marca. Com isso, existem uma série de ações que podem ser feitas para gerar um bom número de interações para a empresa:

  • Conteúdo com frequência fixa;
  • Responder os comentários dos usuários;
  • Atender os clientes pelas redes;
  • Gerar valor e não focar somente nas vendas.

É preciso que todas essas ações sejam analisadas, porque caso alguma esteja errada o time de marketing precisa mudá-la. Portanto, é uma constante entre produzir, acompanhar e mensurar ganhos e perdas, tanto no capital simbólico quanto financeiro.

Formas de manter o relacionamento com o público nas redes sociais

Boas formas de manter o relacionamento com o público por meio das redes são as perguntas e respostas. Como, por exemplo, no Instagram Stories, em que é possível fazer até um quiz de curiosidades sobre a sua empresa.

imagem de um tablet mostrando um desenho que representa as redes sociais e, do lado, um celular com um lápis
Legenda: Para expor a sua marca nas Redes Sociais é preciso de um conteúdo bem organizado. Imagem de mohamed_hassan no Pixabay.

4 – Como aumentar o engajamento dos funcionários?

Para aumentar o engajamento dos funcionários no contexto das redes é preciso, antes de tudo, deixar claro o objetivo para todo mundo. Além disso, você deve fazer uma série de ações que consistem em:

  • Trabalhar com conteúdos relevantes;
  • Fazer grupos com feedback e acompanhamento;
  • Oferecer incentivos pelos bons resultados.

Todos os seus empregados precisam estar cientes do propósito da rede da sua empresa. Portanto, faça com que eles tenham uma noção completa de todas as etapas do processo, assim é mais fácil trabalhar com múltiplas divisões de times.

Métricas de engajamento nas redes sociais 

As métricas de engajamento nas redes sociais mais importantes são os seguidores, o engajamento e o alcance. Aliás, vale dizer que elas sozinhas não garantem bons resultados. 

É preciso que a sua rede tenha uma conexão forte com os usuários por meio de interações e posts relevantes. Além disso, é importante pensar em estratégias de conteúdo com uma boa taxa de compartilhamento para que a sua marca se espalhe dentro da mídia.

Métricas mais importantes para o seu negócio

As métricas mais importantes para o seu negócio são os orçamentos, a taxa de conversão de vendas, o ROI e o Ticket Médio. Nesse sentido, é possível mensurar como a sua estratégia está em termos de impactos nas pessoas.

5 – O que é prospecção de novos clientes nas redes sociais?

Prospecção de novos clientes nas redes é, em termos gerais, gerar mais seguidores e pessoas que pratiquem ações na sua mídia. Desse modo, é possível que a empresa consiga estudar o novo usuário para ver se ele pode se tornar ou não uma venda.

Isso faz com que você entenda quais conteúdos geram mais resultado em relação ao seu público específico. Portanto, é um modo inteligente de fazer movimentações na rede e mensurar desempenho.

Colete os dados dos novos seguidores nas redes sociais 

Você pode coletar os dados dos novos seguidores por meio de conteúdos interativos, como é o caso das perguntas e respostas. Além disso, faça enquetes sobre os assuntos que fazem parte da cultura da sua marca.

Outra coisa importante na questão da coleta de dados é a satisfação do usuário, ou seja, responda os comentários. Para isso, lembre-se de ter um bom social media para alavancar o seu negócio nas mídias.

Como ganhar seguidores no Instagram

Para ganhar seguidores no Instagram é preciso ter um objetivo em mente para a sua página. Dessa forma, produza conteúdo com base nessas metas e garanta uma boa frequência para gerar movimento no perfil.

É importante saber trabalhar com as palavras-chave do seu negócio e, além disso, usar hashtags. Por fim, procure referências na sua área e faça boas parcerias, isso é bem visto pelas pessoas.

6 – Como aumentar o tráfego no seu site com as redes sociais?

Para aumentar o tráfego no seu site com as redes sociais você deve ter postagens relevantes e interativas. Além disso, é importante não focar apenas na venda, mas indicar ao usuário que o produto ou serviço vai solucionar a sua dor.

Quanto mais o seu conteúdo engaja, maiores são os modos de fazer links com o seu site. Afinal, mais fácil vai ser migrar esse público que já vai estar bem educado em relação ao seu negócio.

Mais clientes para o seu e-commerce 

Gere mais clientes para o seu e-commerce por meio de anúncios nas redes ou interações em grupos de venda. Como, por exemplo, os marketplaces das mídias que trabalham com produtos usados ou novos.

Páginas B2B

As páginas B2B são de extrema importância para que você mostre que a sua empresa é um negócio sério. Afinal, as redes e outros meios de comunicação devem passar segurança para o seu cliente por meio de um perfil coerente.

O mercado atual demanda uma aparição digital para quase todos os segmentos e, sobretudo, quando se trata de B2B. Portanto, tenha um perfil que demonstre a capacidade do seu negócio.

7 – Ouvir os consumidores por meio das redes sociais

Uma empresa que busca ouvir os consumidores por meio das redes está no caminho certo para o sucesso. Nesse sentido, veja algumas formas de gerar feedbacks nas mídias para entender melhor o seu cliente:

  • Publicações de satisfação sobre um produto;
  • Enquetes sobre qual é o melhor serviço;
  • Perguntas e respostas no Instagram Stories.

O contato por meio dessas ações é muito direto e faz com que o cliente se sinta importante para a marca. Dessa forma, busque equilíbrio entre conteúdos voltados para as vendas e produções com o objetivo de obter feedbacks. 

Importância do feedback para seu negócio

A importância do feedback para o seu negócio é o fato de que você precisa saber quais produtos ou serviços geram satisfação. Afinal, uma oferta que não cura a dor do cliente não é interessante e produzir conteúdo sobre ela é perder tempo e dinheiro.

Canais para feedback nas redes sociais

Grande parte das redes sociais oferecem canais de feedback por meio de suas mensagens diretas. Dessa forma, transformar a sua mídia em um canal de atendimento é uma boa estratégia. 

Vale dizer que o foco deve ser na qualidade, ou seja, não adianta ter vários canais se não conseguir gerenciar todos com efetividade. Então, busque atender os seus usuários de forma rápida e humana.

8 – Como aumentar as vendas com as redes sociais?

As redes podem aumentar as vendas da sua empresa, afinal, por meio delas você consegue educar seus usuários e convertê-los. Nesse sentido, é preciso ter uma conversa simples e direta com o seu seguidor para que ele entenda a necessidade do seu serviço.

Outra questão importante é ter uma conta comercial e não usar perfis pessoais para trabalhar suas vendas. Dessa forma, você passa mais segurança ao usuário na hora de fazer o contato.

Jornada de compra do cliente

A jornada de compra do cliente é o caminho que ele percorre até decidir tomar uma ação em relação ao seu produto ou serviço. Nesse sentido, vale dizer que os seus seguidores vão partir de pontos de início diferentes. 

É preciso segmentar os seus clientes e entender quais são os caminhos que os levam até a sua página. Após isso, é necessário mantê-los na sua rede com seus conteúdos relevantes e mostrar a necessidade do seu produto ou serviço.

Etapas do cliente no funil de vendas

O funil de vendas tem três etapas principais que indicam qual a relação do lead com a sua empresa. Em primeiro lugar, tem-se o topo de funil que consiste na atração de prospects e educação dos leads. 

Em segundo lugar, tem-se o meio de funil que contém um estudo dos leads prospectados para descobrir quais as suas dores. Por fim, o fundo consiste nos leads com maior possibilidade de se tornarem vendas, ou seja, já estão mais qualificados.

Quais os principais perigos das redes sociais?

É preciso entender quais são os principais perigos das redes para que elas não sejam um ponto negativo para a sua empresa. Nesse sentido, o serviço por trás do seu perfil deve ser profissional por completo.

Erros mais comuns nas Redes Sociais 

Os erros mais comuns nas redes estão relacionados tanto ao mau uso das suas ferramentas quanto à falta de noção das suas diretrizes. Portanto, entenda a seguir um pouco mais sobre essas mazelas.

1 – O que é vazamento de dados?

As empresas atuam nas redes sociais com o objetivo de coletar dados dos seus clientes e o vazamento dessas questões é um problema grave. Afinal, ter informações como e-mails, números de telefone e endereço pode ser perigoso.

É preciso que a sua empresa tenha uma política ferrenha de proteção de dados para passar segurança aos clientes. Portanto, deixe claro para os usuários que a sua marca se importa com a privacidade digital dos seus usuários.

GDPR e Lei Geral de Proteção de Dados

A General Data Protection Regulation (GDPR) 2016/679 é uma lei europeia que busca proteger as pessoas e seus dados na internet. Nesse sentido, o Brasil criou a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) 13.709/2018 para a segurança das pessoas.

Como manter a segurança dos dados os usuários

Empresas que buscam manter a segurança dos dados dos usuários que frequentam suas redes precisam ter uma política de privacidade. Além disso, é preciso ter perfis com senhas fortes e mecanismos de recuperação em caso de invasão.

Outro ponto é contar com uma boa equipe de TI para realizar a manutenção dos seus perfis. Por fim, garanta que apenas as pessoas confiáveis tenham acesso aos dados da sua empresa. 

mão segurando um celular, com a tela mostrando os apps do Instagram e Twitter
Legenda: Os usuários das redes sociais precisam se sentir seguros ao enviar dados para a sua marca e seu perfil. Imagem de MrJayW no Pixabay.

2 – Como ocorre a disseminação de fake news?

A disseminação de fake news ocorre por meio de perfis falsos que são automatizados para espalhar informações irreais. Nesse sentido, elas têm o objetivo de ofender e fazer má propaganda de uma pessoa, de uma marca ou instituição.

É de extrema importância que a sua empresa verifique os perfis que interagem com as postagens. Assim, você garante que apenas pessoas reais estejam em contato com a sua marca nas redes. 

Outra questão é o cuidado na hora de repassar informações, seja nos feeds do Facebook, Instagram ou até mesmo nos stories. Portanto, todo cuidado é pouco quando o assunto é disseminação de conteúdo.

O que fazer para reduzir fake news nas redes sociais 

Evite compartilhar conteúdos de perfis com baixa relevância na sua área para reduzir as fake news. Além disso, busque apagar os comentários que difamam ou dizem inverdades nos posts da sua empresa. 

Instagram exclui perfis fakes

O Instagram possui mecanismos que identificam e excluem perfis fakes, mas é claro que não é totalmente efetivo. Por isso, é muito importante que você denuncie as contas suspeitas para que facilite o trabalho das inteligências da rede. 

Quais as principais vantagens das redes sociais?

As principais vantagens das redes sociais estão ligadas a expansão da sua marca no meio digital. Nesse sentido, com bons perfis nas mídias você consegue benefícios incríveis como:

  • Comunicação rápida e direta com os clientes;
  • Networking com parceiros e outras marcas da área;
  • Proximidade com o consumidor.

Para que esses pontos positivos sejam potencializados, é preciso que a sua empresa foque em tratamento humanizado. Afinal, as pessoas querem se sentir bem atendidas e um chat robótico pode gerar desinteresse por parte do cliente. 

Outra questão é a coleta de dados para entender melhor a sua persona por meio das redes. Por fim, as suas métricas conseguem demonstrar à marca os produtos e serviços que melhor engajam nas publicações. 

As maiores desvantagens das redes sociais

Os meios digitais possuem desvantagens que precisam ser pontuadas na hora de criar a rede social da empresa. Nesse sentido, veja algumas das maiores mazelas dos espaços online de interação entre empresas e clientes:

  • Vazamento de dados;
  • Falta de conhecimento do algoritmo da rede;
  • Usar redes que não fazem parte da rotina da sua persona.

É preciso conhecer os seus possíveis clientes e entender quais os seus comportamentos no mundo digital. Dessa forma, você não perde tempo em mídias nas quais eles não estão interessados. 

Outra questão é o excesso de redes por parte de uma empresa que, muitas vezes, faz com que a qualidade das contas caia. Então, busque ter apenas o essencial para o seu negócio e não tente lidar com uma carga muito alta de perfis para gerenciar.

Como montar uma estratégia de marketing para redes sociais?

Para saber como montar uma estratégia de marketing para as redes sociais é preciso ter um bom objetivo em mente. Além disso, é necessário garantir que toda a sua equipe esteja ciente das metas e das métricas que devem acompanhar.

Passo a passo da estratégia

Um bom planejamento possui um passo a passo da estratégia que deve ser aplicada na campanha de marketing. Portanto, veja a seguir mais a fundo cada uma das etapas dessas táticas e suas características. 

Passo 1 – como escolher uma rede social para a sua empresa? 

Para saber qual rede é a melhor para a sua empresa é preciso estudar cada uma de acordo com o seu negócio. Além disso, você precisa saber onde está seu público-alvo e como a sua concorrência atua no mundo digital.

Estude a rede social

Várias redes possuem conteúdos extensos na internet sobre como elas funcionam e qual o seu propósito, então, estude cada uma delas. Com isso, você consegue entender como atuar em cada uma das plataformas de acordo com o seu objetivo.

Conheça sua persona e seu público-alvo

Para conhecer a sua persona e seu público-alvo é preciso entender quais as redes de maior relevância para eles. Dessa forma, ter noções de seus hábitos dentro do ambiente digital é de suma importância para a sua marca.

Faça uma análise da concorrência

Analisar a concorrência é sempre importante em qualquer negócio e no mundo das redes não é diferente. Nesse sentido, busque entender o que eles oferecem e o que falta na sua área para você gerar conteúdos originais e suprir essas lacunas do mercado.

Desenhe a logística do negócio

Para desenhar a logística do negócio é preciso ter um bom calendário editorial, além de mensurar gastos e recursos humanos. Por fim, saiba quais métricas você vai analisar e como você vai gerar seus relatórios de desempenho.

pessoa usando o celular com a página de uma rede social aberta
Legenda: As redes sociais são formas de fazer links com outros sites e meios de comunicação. Imagem de dawnfu no Pixabay.

Passo 2 – como alinhar o Marketing de Conteúdo nas redes sociais?

O Marketing de Conteúdo é de extrema importância para as suas redes sociais para que seu perfil atinja o público correto com posts relevantes. Nesse sentido, confira algumas práticas de produção que vão gerar mais vendas:

  • Faça bom uso das palavras-chaves nos títulos das postagens;
  • Use um banco de imagens próprio que converse com a identidade da marca;
  • Tenha links estratégicos que levem a um produto ou outro conteúdo.

Tudo isso faz parte do mundo do Marketing Digital e deve estar de acordo com os objetivos e metas da sua marca. Afinal, é por meio da coerência e da construção de uma cultura que você vai engajar pessoas nas suas mídias. 

Principais ferramentas de conteúdo digital

Existem muitas ferramentas para você criar o seu conteúdo digital de maneira efetiva, como é o caso do mLabs Studio. Além disso, o Canva também é muito bom para que você tenha templates próprios para cada rede.

Conteúdo interativo

Os conteúdos interativos também são de suma relevância para o marketing das suas redes. Como, por exemplo, um quiz sobre as principais informações que reforçam a cultura da sua empresa. 

Como criar um blog para sua estratégia de conteúdo

Para criar um blog que ajude a sua estratégia de conteúdo é preciso ter um bom objetivo em mente. Além disso, planejar a sua produção de postagens e escolher a plataforma mais adequada para a realidade do seu negócio.

Passo 3 – empresas sem redes sociais podem prosperar?

As empresas que não estão nas redes têm grandes dificuldades para prosperar e expor sua marca. Afinal, elas são de suma importância para que você consiga garantir que a sua cultura se espalhe pelo mundo digital. 

Grande parte dos seus clientes estão nas mídias digitais e, por isso, é preciso dialogar com esse público e estreitar relações. A seguir, confira alguns princípios que você deve seguir para prosperar:

  • Separar perfis pessoais de comerciais;
  • Conduzir a imagem da marca por meio dos posts;
  • Pesquisar o que as pessoas pensam da sua empresa.

As redes são meios para que você entenda o seu público e como ele está em relação aos seus produtos e serviços. Portanto, para garantir um bom desempenho no Marketing Digital é preciso atuar nessas mídias.

Passo 4 – o que é calendário editorial para redes sociais?

O calendário editorial para redes sociais é um planejamento dos vários conteúdos que você produz no seu perfil. Dessa forma, ele busca segmentar as postagens e garantir uma frequência lógica delas para que o seu público faça interações.

Um dos objetivos do calendário é fazer com que todas as equipes saibam a que pé está o projeto. Com isso, todos conseguem monitorar o que lhes cabe e ainda entender como o processo macro das postagens funciona.

Como fazer um calendário editorial

Para fazer um bom calendário editorial é preciso que você tenha um objetivo (fins) e os meios de como atingi-los. A seguir, confira os principais pontos para estruturar essa estratégia de produção.

Formato e personas do seu negócio

O formato é importante para você entender como fazer esse calendário, ou seja, se ele será construído no Excel, no Google Docs ou em outras ferramentas de gestão. Além disso, tudo deve ser feito com uma persona em mente para garantir a qualidade da produção.

Seja criativo e faça mudanças no calendário editorial

A criatividade é o diferencial da sua marca em relação às outras e isso começa no calendário editorial. Além disso, é preciso que você faça relatórios das etapas do processo para que seja possível adaptar e conduzir mudanças nessa gestão.

Dicas para o calendário editorial das suas redes sociais 

Para melhorar o seu calendário editorial das suas redes sociais é preciso conhecer a fundo as questões estruturais da criação. Para isso, confira a seguir as principais dicas para você dar vida ao seu guia de produção de conteúdo.

Modelo 3x3x3

O modelo 3x3x3 consiste em uma frequência de postagem planejada com base em três dias diferentes, com três horários distintos e três chamadas alternativas. Nesse sentido, vale dizer que se trata da reportagem de um mesmo conteúdo dentro desse modo.

Constância e frequência nas redes sociais

Muitas pessoas confundem a constância com a frequência nas publicações dentro das redes. Então, ressalta-se que é mais importante você seguir um padrão de quantidade do que variar esse número de um dia para o outro.

Mapa de tópicos de conteúdo para redes sociais 

Defina os principais assuntos que a sua rede vai tratar com base em um mapa de tópicos de conteúdo. Para isso, tenha uma equipe de Marketing de Conteúdo cujo foco é determinar o que é mais importante para a sua empresa falar sobre.

Horário de postagem nas redes sociais

Os horários de postagem nas redes sociais variam de acordo com cada negócio e o seu público. Afinal, é preciso entender o comportamento da sua persona e quais são os melhores momentos para postar o seu conteúdo.

mulher ruiva, sentada acessando uma rede social do seu celular
Legenda: Use pessoas influentes nas redes sociais em parceria com o seu perfil. Imagem de VinzentWeinbeer no Pixabay.

O que fazer ao publicar nas redes sociais?

Antes de publicar nas suas redes é preciso conferir todos os detalhes que compõem o post. Como, por exemplo, a Call to Action (CTA) que ele possui e os links que ele faz com seu blog ou outros canais de comunicação da empresa.

Suas publicações devem ter uma linguagem que condiz com o público para que a comunicação seja efetiva. Dessa forma, confira se os termos usados são os mais adequados para as características demográficas do seu usuário.

Fique atento às oportunidades de negócios nas redes sociais 

As redes são uma maneira muito eficaz de converter os seus seguidores em vendas de seus produtos ou serviços. Nesse sentido, entender as oportunidades de negócios é um passo a mais que você deve dar para alavancar seu conteúdo. 

Redes sociais para e-commerce 

O e-commerce pode ser potencializado por meio das redes com base nos seus anúncios e grupos de venda. Além disso, uma série de posts sobre um produto pode educar os usuários e gerar o sentimento de valor para que a pessoa acesse o seu site ou blog.

Social selling

A chamada venda social ou social selling é um jeito de interagir com os usuários a fim de transformá-los em clientes. Para isso, um laço é feito com a pessoa por meio de conteúdos relevantes, conversas nos comentários ou até mesmo nas mensagens diretas. 

Como fazer anúncios nas redes sociais?

Os anúncios são uma grande forma de gerar um tráfego maior para as suas redes e você faz isso de acordo com os detalhes de cada uma delas. Então, conheça os principais tipos de propaganda nos tópicos a seguir.

Facebook Ads

Investir em anúncios no Facebook Ads é uma boa estratégia de Marketing de Conteúdo, afinal, é uma rede com muitos grupos de venda. Nesse sentido, ele aceita orçamentos pequenos até os mais elevados de acordo com a realidade da empresa.

Instagram Ads

O Instagram Ads é uma das maneiras de fugir do algoritmo da plataforma e gerar maior tráfego para o seu perfil. Além disso, a sua integração com o Facebook faz com que você use os dois apps ao mesmo tempo. 

LinkedIn Ads

Usar o LinkedIn Ads pode ser vantajoso tanto para procurar novos talentos ou para expandir a sua marca na rede. Nesse sentido, é uma forma de fazer contato com as pessoas importantes da área do seu negócio e mostrar o seu valor para elas.

YouTube Ads

O YouTube Ads deve ser usado com cuidado, afinal, você interfere na experiência do usuário com a plataforma. Dessa forma, busque usar a criatividade para prender a atenção do seu potencial cliente, porque ele tem a opção de pular o seu anúncio. 

TikTok Ads

Dentro do TikTok Business você pode usar a plataforma do TikTok Ads para criar conteúdo de publicidade. Nesse sentido, é possível criar uma conta para a sua empresa e alavancar suas visualizações com investimento em dinheiro.

O que é automação para redes sociais?

A automação para as redes sociais consiste em melhorar e tornar mais rápido os processos que tomam o tempo hábil dos seus funcionários. Dessa forma, algumas questões podem ser feitas de modo automático, como:

  • Definir as postagens com hora e data marcada;
  • Gerar relatórios de acordo com as interações;
  • Usar templates prontos para conteúdos mais simples.

Tudo isso é feito para que a sua equipe de marketing esteja focada no que demanda maior tratamento humano. Portanto, coisas como responder os clientes nas mensagens diretas ou nos comentários dos posts são ações que não devem ser automatizadas.

Principais ferramentas de automação de redes sociais

As principais ferramentas de automação de redes são plataformas como a Buffer, o Postcron e o AgoraPulse. Nesse sentido, essas empresas possuem mecanismos que fazem agendamento de posts e relatórios bem completos.

É possível que algumas ferramentas, como o Hootsuite, também ajude a construir um calendário editorial. Dessa forma, busque analisar qual é o melhor tipo para a sua empresa de acordo com as demandas que ela possui.

AgoraPulse, entenda o que é essa ferramenta

Para entender como funciona a ferramenta AgoraPulse é preciso ver as suas funções em relação às redes. A seguir, confira alguns recursos que essa empresa fornece para os seus clientes:

  • Gerenciamento das mensagens das mídias;
  • Agendamento de postagem de conteúdo;
  • Análise de tendências para gerar bons insights;
  • Cálculo do ROI de cada mídia.

A empresa tem integração com o Google Analytics e, além disso, pode ser usada para guiar as ações das suas equipes. Além disso, seus relatórios são com base em dados concretos para que seja possível estimar quais conteúdos funcionam ou não.

Vale dizer que essa plataforma possui uma versão gratuita e upgrades pagos para quem deseja ir além. Portanto, cabe no bolso de qualquer empresa e deve ser uma das opções na hora de decidir qual ferramenta usar.

SocialPilot

O SocialPilot é uma plataforma que te permite traçar metas de marketing em relação às suas mídias. Para isso, ele conta com uma série de funções importantes que são muito boas se levar em conta o custo-benefício:

  • Gestão de clientes;
  • Gerenciar equipes e suas ações;
  • Automação do feed;
  • Restaurar conteúdos.

Você pode fazer um teste gratuito para ver se as funções atendem as demandas da sua empresa. Em seguida, escolhe um plano que melhor se adequa ao orçamento do seu negócio.

Convém ressaltar que ele também conta com o agendamento de postagens e os relatórios com base em métricas. Portanto, é um mecanismo bem completo e que deve estar na sua lista na hora de testar as ferramentas.

Como usar o Mlabs?

O Mlabs é um dos principais gerenciadores de redes sociais do mercado e você pode usar um teste grátis antes de contratar o serviço. Nesse sentido, ele conta com uma série de funções, como:

  • Mensagens diretas automáticas e personalizadas;
  • Calendário editorial;
  • Organização do feed;
  • Múltiplas redes ao mesmo tempo.

A ferramenta se destaca devido ao seu baixo custo e as grandes possibilidades que ela fornece para o cliente. Além disso, seus relatórios são bons para que você tenha mais conhecimento sobre a sua persona.

Vale dizer que a plataforma tem integração com o tráfego que vem do Google Analytics e seus respectivos dados. Portanto, trata-se de uma opção completa para quem precisa lidar com várias mídias ao mesmo tempo.

Hootsuite

O Hootsuite tem como principal objetivo ampliar o seu alcance nas redes e melhorar as vendas do seu negócio. Para isso, ele conta com uma série de recursos e suas principais funções são:

  • Publicação e agendamento de posts;
  • Anúncios de conteúdo;
  • Monitoramento de ações e tendências do mercado;
  • Gerenciar mensagens dos clientes;
  • Analisar resultados com métricas.

A empresa conta com um teste gratuito de 30 dias para aqueles que desejam conhecer os seus modos de operar. Após isso, é possível optar por várias alternativas de upgrades pagos de acordo com o orçamento do seu negócio.

Você pode escolher entre os planos Professional, Team, Business e Enterprise. Além disso, ele traz benefícios que são pautados em melhor engajamento, maior efetividade em monitorar os resultados e bons métodos de publicar.

Para que serve o Hubspot?

O Hubspot é uma grande empresa de automação de marketing B2B e pode ser muito útil para as redes da sua marca. Nesse sentido, ela oferece uma série de funções principais para as mídias, como:

  • Plataforma de CRM que integra venda e marketing;
  • Serviço de atendimento ao cliente;
  • Software de geração de leads e aumento de tráfego;
  • Gestão de equipes e orçamentos.

A empresa conta com várias ferramentas gratuitas para que o usuário conheça o modo de operar. Além disso, caso ele goste do serviço é possível fazer o upgrade para o software premium que contém mais funções.

Nele é possível criar sites, planejar e-mails e seus envios e também integrar essas questões às suas mídias sociais. Por fim, ele também permite que você tenha um chatbot e conta com um software de anúncios.

homem no laptop, analisando vários gráficos na tela
Legenda: As ferramentas de automação das redes sociais são muito importantes para qualquer estratégia de marketing. Imagem de Campaign_Creators no Pixabay.

Buffer

O Buffer tem uma proposta de fazer com que as suas redes sociais tenham um aumento de tráfego orgânico. Para isso, ele conta com uma série de recursos que você confere a seguir:

  • Criação de uma página completa;
  • Gerenciamento de comentários;
  • Automação de marketing.

Ele possui três opções de serviço para que você possa analisar qual a melhor alternativa para a sua empresa. Em primeiro lugar, a versão gratuita com um gerenciamento de até três canais. 

A opção Essenciais custa cinco dólares por mês de acordo com cada canal que você cria. Por fim, o modo Equipe que sai pelo preço de 10 dólares por mês em relação a cada canal criado, além disso, é possível fechar pacotes anuais.

Emplifi

O Emplifi é uma ferramenta de automação de marketing que oferece três pilares de serviços essenciais. Nesse sentido, confira quais são e suas características mais importantes para a sua empresa:

  • Estratégias de marketing social;
  • Nuvem de comércio social;
  • Planejamento de serviços.

A empresa permite que você tenha análises das mídias sociais, do atendimento ao cliente e do marketing como um todo. Por isso, é uma ótima opção para quem quer planejar o conteúdo e acompanhar boas métricas para ter os insights certos.

O Emplifi conta com um teste gratuito para que você conheça melhor a empresa antes de tomar uma decisão sobre o serviço. Além disso, é possível pedir uma demonstração de acordo com dados como nome, localização e número de empregados. 

Como monitorar as redes sociais?

Para monitorar as suas redes sociais é preciso estar de olho nas métricas que acompanham o seu perfil. Nesse sentido, tenha uma equipe focada em analisar resultados e apresentar relatórios de acordo com dados concretos. 

É importante usar o feedback dos seus seguidores para mensurar como anda a sua rede. Com isso, você tem uma noção de como gera impacto no dia a dia das pessoas e quais são os conteúdos mais eficazes.

Não deixe de fora a manutenção do conteúdo publicado, ou seja, revise-o quantas vezes for preciso. Para isso, veja como as pessoas reagem em relação ao que foi postado e faça adaptações ou atualize o post. 

Principais pontos de atenção nas redes sociais 

Uma boa rede tem como base um objetivo muito claro que guia os pontos de atenção que são o foco das equipes. A princípio, o comentário é muito relevante para você entender quão forte está a sua marca na mídia em questão. 

Em segundo lugar, as menções a sua empresa são pontos que não podem ficar de fora da análise. Além disso, é preciso medir as avaliações das pessoas em relação aos conteúdos que você publica para entender quais os melhores posts.

homem e mulher sentados com um laptop e um desktop à sua frente, analisando alguns dados
Legenda: Monitore as redes sociais por meio de equipes qualificadas e boas ferramentas de automação. Imagem de Campain_Creators no Pixabay.

Quais as principais métricas das redes sociais?

As principais métricas das redes sociais são aquelas que possuem ligação direta com a sua marca e o que ela produz. Portanto, confira quais são as mais importantes na hora de analisar o desempenho da sua mídia:

  • O tráfego pago gerado pelos anúncios;
  • A perspectiva de crescimento do seu perfil de acordo com os números;
  • Interações e outras ações de engajamento dos seus usuários;
  • O alcance que a sua marca atinge dentro da rede.

Números de curtidas também são dados relevantes para o relatório de desempenho da sua empresa. Além disso, é preciso ter equipes capazes de gerar insights em relação aos resultados das métricas, ou seja, elas sozinhas não fazem tudo funcionar.

O que são métricas de vaidade

As métricas de vaidade são os números que não te ajudam a ter insights em relação à sua estratégia de Marketing Digital. Nesse sentido, quantas curtidas a sua publicação teve não garante uma boa análise para que você tome ações relevantes. 

É preciso saber que cada uma das funções de uma rede tem seu peso dentro do seu negócio. Dessa forma, as métricas de vaidade são interessantes para que você motive seu time e crie engajamento, mas não são tão importantes. 

Quais as melhores ferramentas para redes sociais?

As melhores ferramentas para as redes sociais são aquelas que atendem às demandas da sua empresa. Dessa forma, é preciso verificar as opções mais completas e olhar o custo-benefício, veja algumas delas:

  • Buffer;
  • mLabs;
  • Hubspot.

É claro que uma boa ferramenta é essencial para gerenciar suas redes, mas também é preciso ter uma equipe capaz de conduzir essas funções. Afinal, não adianta gerar métricas e dados e não produzir boas tomadas de decisão a partir disso.

Vale dizer que a grande parte das ferramentas para as redes funcionam para outras estratégias de marketing. Além disso, é preciso escolher a opção que mais se adequa à mídia exata que você usa. 

Também existem as opções que abarcam as multimídias, ou seja, várias redes ao mesmo tempo. Portanto, recomenda-se que seja feito um grande planejamento para escolher como automatizar o processo do jeito mais certo para o seu negócio.

Glossário para redes sociais 

É importante saber o glossário das redes sociais, ou seja, quais os principais termos que fazem parte desse mundo. Para isso, confira a lista que engloba as expressões mais comuns do mundo digital:

  • Branding: gestão de marca;
  • Lives: conteúdo ao vivo;
  • ROI: é a métrica de retorno obtido sobre o investimento;
  • Feed: página inicial para acompanhar os conteúdos em uma rede social;
  • Stories: conteúdo com duração programada de 24h em redes como o Instagram.

Os conceitos acima são importantes para uma empresa que deseja estreitar a relação com os seus usuários. Como, por exemplo, o uso das lives para fazer uma série de perguntas e respostas sobre um produto ou serviço. 

Termos mais usados nas redes sociais

A sua empresa precisa montar uma lista de termos que são usados não só na internet, mas principalmente nas redes. Como, por exemplo, as hashtags que marcam palavras-chave de um conteúdo ou perfil.

Também existe o Direct que é usado para designar as mensagens diretas. Além disso, tem-se conceitos como o Spam que são as postagens suspeitas e indesejadas pelos usuários. 

Como montar uma estratégia de redes sociais para o seu negócio?

Para montar uma estratégia de redes sociais para o seu negócio você deve entender cada uma delas e decidir qual a melhor para a sua empresa. Além disso, é de suma relevância que defina um objetivo e boas metas para atingir.

Depois de escolher em quais mídias atuar é preciso de um bom planejamento de conteúdo por meio de calendários editoriais. Após isso, acompanhe os resultados das suas postagens com base em métricas e dados de interação.

Agora você conseguirá ter uma boa noção de como conduzir essa rede para torná-la algo rentável. Por fim, saiba expor a sua marca e se posicionar sobre os assuntos mais importantes para a sua área e seja autoridade no seu negócio.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes