Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Como criar um blog: guia completo com dicas práticas

Saber como criar um blog é essencial para quem deseja ter uma boa estratégia de marketing digital. Para isso, confira este guia completo que vai explicar essa criação e como engajar os seus leitores com conteúdos otimizados e gerar valor de mercado.

Guia Rápido

O que é um blog?

Blogs são páginas da internet de comunicação entre pessoas e empresas que estão em constante atividade. Dessa forma, trata-se de uma atualização periódica em um ambiente online que tem algum objetivo, seja ele didático ou mercadológico. 

Como criar um blog em 5 passos?

Para criar um blog em cinco passos você precisa, antes de tudo, planejar os objetivos e metas desse conteúdo. Nesse sentido, confira o que deve fazer para começar a criar conteúdo online:

  1. Defina o motivo da criação do seu blog;
  2. Estude como será a produção de conteúdo;
  3. Pense o nome do blog e seu domínio;
  4. Veja em qual plataforma fará o blog;
  5. Instale e finalize o site.

Este passo a passo acima parece complicado, mas com um bom plano editorial tudo é possível. Contudo, vale dizer que o processo de criação não se encerra nesses cinco tópicos, ou seja, é um constante movimento de fazer, gerir, acompanhar e modificar. 

Estratégia de Marketing Digital

Os blogs são muito relevantes na estratégia de Marketing Digital, ou seja, você precisa ter um para a sua empresa. Afinal, se a marca busca fornecer conteúdo de qualidade que engaje seus clientes, ela precisa de um bom espaço para postá-lo.

Passo 1 – por que você quer criar um blog?

É verdade que o objetivo dos blogs para empresas é, em geral, tornar a marca mais exposta e criar uma cultura de identidade no mercado. Nesse sentido, entenda porque você quer criar um blog, ou seja, qual a mensagem que quer passar e para quê.

Um blog pode ter uma função focada nas vendas e nas captações de clientes, mas também podem servir apenas para educar um certo público. Portanto, é um fator que varia de acordo com a empresa e o que ela oferece em termos de produto ou serviço.

Defina o objetivo

Ao iniciar um blog sem o objetivo bem claro você terá problemas tanto na produção quanto na mensuração de resultados. Então, defina metas que fazem sentido para os seus clientes e que permitam que produza conteúdos de relevância.

Passo 2 – faça um plano de produção de conteúdo ao criar um blog

Ao criar um blog que faça sentido é preciso pensar no plano de produção de conteúdo dele. Nesse sentido, após definir os seus objetivos você deve analisar quais temas vai abordar e de que forma eles serão passados ao público. 

Objetivo do conteúdo

Caso você deseje educar uma base de pessoas de uma área do mercado seu blog deve, antes de tudo, focar em conteúdo relevante e rico no assunto. Dessa forma, não vai desviar o foco do seu objetivo com produções que trabalham questões como vendas e ofertas.

Entenda que o objetivo é o que guia o teor da linguagem e até o layout do seu conteúdo. Afinal, as produções devem prever uma série de ações de interação dos clientes para analisar, com as métricas, o sucesso do blog. 

Persona do seu negócio

O seu conteúdo deve estar de acordo com a persona do seu negócio, ou seja, com o jeito que ela vê o mundo. Além disso, entender quais são as dores do seu cliente ideal é ter uma noção melhor do que oferecer como solução para os problemas deles.

Posicionamento da marca

Blogs são um meio de garantir o posicionamento da marca, ou seja, expor suas ideias e visões de negócio e da vida de modo geral. Então, garanta que a sua empresa tenha uma linha cultural bem delimitada e que ela seja passada para as pessoas de modo claro.

Como criar um plano de conteúdo para o seu blog?

Para criar um plano de conteúdo para o seu blog você deve analisar, antes de tudo, quais são os objetivos dessa produção. Além disso, atente-se ao funil de vendas e como ele se relaciona com essas metas.

Ele é essencial, porque faz parte de todas as etapas do plano de conteúdo. Dessa forma, ele vai indicar como cada produção deve ser feita de acordo com o nível de relação que o leitor tem com a empresa por meio da posição no funil.

Cria uma estratégia para o seu negócio

A estratégia para o seu negócio deve ser focada em como o seu conteúdo vai garantir as ações objetivadas pela equipe de marketing. Nesse sentido, trata-se de focar esforços nas interações do cliente com a produção.

homem sentado mexendo em um tablet
Para criar um blog é preciso pensá-lo para vários dispositivos como computadores e tablets. Imagem de kaboompics no Pixabay.

Como definir os objetivos do conteúdo ao criar um blog?

Para definir os objetivos do conteúdo ao criar um blog você deve entender como e para quem ele vai ser feito. Além disso, tem-se uma série de exemplos do que possam ser objetivos para uma produção:

  • Explicar para o mercado a necessidade de um novo produto;
  • Criar laços de proximidade com o leitor por meio do conteúdo;
  • Gerar vendas ou outras ações de interação determinadas pelo marketing.

Entenda que isso varia por função das características específicas dos tipos de negócio que vão trabalhar o conteúdo. Com isso, é preciso entender os nichos de pessoas que consomem o seu serviço e falar na mesma linguagem que elas.

Tenha KPIs bem definidos

O Key Performance Indicator (KPI) é um dado que tem relevância na sua análise de resultado e precisa ser bem definido. Como, por exemplo, quantas ações um visitante realizou em uma mesma sessão ao acessar seu blog.

Você sabe quem é a sua persona para criar um blog? 

Para saber quem é a sua persona você deve fazer um estudo sobre os seus clientes ou visitantes. Dessa forma, para definir esse fator tão importante do jeito certo se atente aos seguintes dados:

  • Dados demográficos;
  • Tipo de linguagem;
  • Problemas e dores que precisam de solução.

O seu conteúdo deve conversar com essas questões que são geradas pelas pessoas que vão consumi-lo. Portanto, saiba com base em dados quem é a persona para que você possa criar um blog

Faça pesquisas reais

Você pode fazer uma série de envios de e-mails com formulários para as suas bases de contato. Além disso, também é possível fazer pesquisas de satisfação nos sites e nas redes sociais da sua empresa, ou seja, faça testes reais.

Conheça o seu público antes de criar um blog

Entenda quem é o seu público e conheça ele para estreitar laços e gerar engajamento por meio do seu conteúdo. Portanto, o foco na persona é embasar a criação de um blog de sucesso.

Como documentar a sua estratégia de criar um blog? 

Documentar a sua estratégia na criação do seu blog é essencial para garantir um plano editorial bem definido. Para isso, você deve anotar todos os objetivos de acordo com os conteúdos e as personas a quem eles serão direcionados.

Caso tudo seja documentado desde o início, a análise da estratégia e dos resultados obtidos será mais fácil. Portanto, separe bem os KPIs e os outros dados que vão fazer parte do processo de mensuração. 

Principais ferramentas

Busque o auxílio das principais ferramentas que permitem a você documentar de modo simples e ágil as questões do blog. Como, por exemplo, o Trello que é uma plataforma de gerenciamento de conteúdo muito efetiva e intuitiva. 

As planilhas do Excel vão fazer com que sua análise de dados seja mais completa. Além disso, ferramentas como o Google Keep permitem que você organize suas anotações de um jeito similar aos blocos de notas, ou seja, bem simples.

Preze pela facilidade

Você deve prezar pela facilidade tanto da documentação quanto do acesso das suas equipes a ela. Portanto, as ferramentas são formas de automatizar alguns processos e impedir que os dados de gestão se percam com o tempo.

Passo 3 – como escolher o domínio ao criar um blog?

Ao escolher o domínio certo ao criar um blog pense em um nome que vai relacionar a sua marca com o conteúdo que ela produz. Nesse sentido, confira uma série de pontos importantes para refletir na hora de definir o seu:

  • Busque palavras que são fáceis de se ler;
  • O domínio precisa ter relação com o objetivo;
  • Procure algo que seja difícil de ser esquecido.

O domínio é o que vai fazer com que as pessoas identifiquem que aquele site tem relação com a sua empresa. Então, garanta que essa ponte seja feita de modo que o leitor não fique perdido.

Dicas para não ter erros

Uma dica para não cometer erros é não confundir domínio com endereço na hora de criar o seu. Nesse sentido, o primeiro indica um site e o segundo indica páginas específicas e os seus subdomínios. 

O seu domínio pode ter vários endereços, além disso, é interessante que eles façam sentido um em relação ao outro. Portanto, faça uma sábia escolha de palavras que não fujam do objetivo da sua produção de conteúdo.

tela de criar um novo post do wordpress sendo mostrada
O WordPress é um dos mais famosos CRM para criar um blog. Imagem de pixelcreatures no Pixabay.

Opções de registro de domínio para criar um blog 

Para registrar o domínio que você definiu para o seu blog é preciso recorrer a empresas que fazem esse serviço. Dessa forma, escolha um lugar confiável e faça a busca do endereço para verificar se ele está disponível ou não. 

Os domínios disponíveis vão aparecer com um preço e as opções de pagamento e isso varia de acordo com cada empresa que registra. Além disso, vale dizer que os registros têm um tempo de duração e você deve realizar a manutenção dele caso queira mantê-lo.

Faça a compra em um portal confiável

Existem vários portais de registro de domínio pela internet que atuam em muitos países ao mesmo tempo. Portanto, é preciso que você faça uma busca profunda sobre os mais confiáveis para a sua região. 

Faça uma consulta prévia do domínio antes de criar um blog

Consulte de maneira prévia e completa o seu domínio, afinal, você não quer ter problemas em relação aos direitos de algo já registrado. Para isso, os próprios sites de registro conseguem fazer essas consultas.

Passo 4 – como escolher uma plataforma para criar um blog?

Após decidir o seu domínio e registrá-lo você precisa de uma plataforma para criar um blog que funcione. Para isso, tem-se uma série de opções no mercado, gratuitas ou pagas, que pode estudar para decidir qual a melhor para a sua empresa.

CMS

A estrutura principal que vai fazer com que seu blog funcione é o Content Management System (CMS). Nesse sentido, trata-se de um sistema que gerencia os seus links, posts e outras funções de interação. 

Existem várias opções de CMS no mercado como, por exemplo, o WIX e o Blogger. Além disso, a grande maioria possui tanto uma versão gratuita quanto upgrades pagos para quem precisa de maior investimento em seus blogs. 

WordPress e outra plataformas

O WordPress é a plataforma de CMS mais famosa e utilizada no mundo todo, ou seja, é ele que vai basear a sequência deste guia. Além disso, é um dos mais completos quando se trata de uma ferramenta gratuita, apesar de também possuir upgrades pagos.

Passo 5 – como escolher um fornecedor de hospedagem ao criar um blog?

Ao escolher um fornecedor de hospedagem é preciso entender os seus tipos e como esse serviço funciona. Nesse sentido, tem-se uma série de pontos relevantes para você refletir antes de decidir qual contratar:

  • Verifique o preço em termos de custo e benefício;
  • Pesquise se o suporte é ativo e responde suas dúvidas;
  • Analise os comentários de quem já comprou o serviço;
  • Veja o armazenamento disponível para a sua empresa.

Muitas empresas que oferecem esse serviço possuem funções adicionais como criações de sites e gerenciamento de dados. Portanto, verifique também quais são as vantagens que um fornecedor tem em relação ao outro em termos de adicionais.

O que funciona para o seu negócio

Cada negócio demanda uma capacidade diferente de armazenamento e um tipo diferente de hospedagem. Então, é preciso que você entenda qual modelo funciona para a sua empresa e os seus objetivos em específico. 

Compare custos ao criar um blog

É preciso comparar os custos dos serviços para que você tenha uma noção de qual será o mais benéfico. Nesse sentido, nem sempre o mais barato ou o mais caro vão ser as melhores opções, tudo depende da finalidade do seu blog. 

Tipos de hospedagem ao criar um blog

As hospedagens ao criar um blog variam de acordo com seus tipos e vão desde as gratuitas até as versões pagas. Assim, cada modelo é recomendado ao pensar no tamanho do blog e nas projeções de curto, médio e longo prazo dele.

Para que você entenda qual é a melhor opção para a sua linha de produção é preciso conhecer cada modelo. Então, confira a seguir as características dos tipos de hospedagem para o seu blog.

Compartilhada

A hospedagem compartilhada é uma das mais baratas das opções do mercado, afinal, ela divide o mesmo servidor para vários clientes. Além disso, ela possui uma integração ao WordPress que facilita a personalização do seu blog. 

Cloud

A hospedagem em cloud (nuvem) é um tipo que usufrui de muitos servidores ao mesmo tempo. Nesse sentido, eles estão em vários computadores e podem ser acionados conforme a demanda do blog, trata-se de uma opção que permite exceder os limites de dados. 

VPS

O Servidor Virtual Privado (VPS) é o tipo de hospedagem que comporta muitos sites ou blogs ao mesmo tempo. Nesse sentido, ele pode ser operado pelo Windows ou pelo Linux e se trata de um servidor mais complexo. 

pessoas sentadas em uma mesa usando seus respectivos laptops
Para criar um blog é necessário ter uma boa linha de produção e uma equipe alinhada. Imagem de Life-Of-Pix no Pixabay.

Passo 6 – como instalar o seu blog?

Após decidir qual é o CMS, no caso do guia é o WordPress, e o tipo de hospedagem você precisa instalar o seu blog. Nesse sentido, a instalação é o que vai colocar tudo para funcionar depois de todos os pontos que te levaram a criar um blog.

Existem dois modos de instalar o seu blog e eles possuem características diferentes que você deve se atentar. Dessa forma, conheça a seguir as instalações one-click install e a instalação manual.

One click

Alguns servidores têm uma opção de instalação rápida que faz com que um clique já inicie todo o processo. Nesse sentido, basta clicar na opção do CMS e colocar o domínio que você definiu para o seu blog.

Instalação manual

O WordPress é o CMS mais recomendado devido ao seu intuitivo modo de instalar e gerenciar as suas funções, ou seja, use-o na instalação manual. Para isso, é necessário fazer o download da ferramenta e usar seu servidor para criar o armazenamento.

Depois é só realizar o upload da pasta da ferramenta para o diretório do seu blog. Por fim, instale o CMS e coloque as informações que se pedem no cadastro. Com isso, terá concluído essa etapa.

Passo 7-  como selecionar plugins e ferramentas de apoio ao criar um blog?

Os plugins e as ferramentas de apoio são o próximo passo, após a instalação, no processo de criar um blog. Contudo, é preciso definir com antecedência quais são os auxílios mais importantes que você vai adicionar a sua página.

Quanto mais ferramentas adicionais ele tiver mais pesado ele fica e, sobretudo, ele leva maior tempo para carregar para o usuário. Então, escolha com cuidado os códigos que vão compor o seu blog para não estragar a experiência do visitante.

Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta de apoio relevante para você que deseja mensurar as métricas do seu blog. Como, por exemplo, verificar a quantidade de visitas no seu site e quanto tempo elas duram.

Yoast

A ferramenta Yoast é um plugin que você deve colocar no seu WordPress, afinal, ela te ajuda a otimizar a sua página em relação aos mecanismos de busca. Dessa forma, é um jeito fácil de adequar o seu conteúdo ao SEO.

reCAPTCHA

O reCAPTCHA é uma proteção gratuita do Google para o seu blog que impede visitantes suspeitos. Nesse sentido, ele tem uma tecnologia que identifica se as interações com o seu blog são feitas por um robô ou por um humano.

Passo 8 – como escolher e instalar um template ao criar um blog?

Caso você não deseje fazer o próprio layout é possível escolher e instalar um template para o seu blog. Nesse sentido, existem alguns temas prontos que pode pegar de modo gratuito ou pago nas galerias, como a do próprio WordPress.

Para escolher um bom template é preciso buscar algo que tenha sentido em relação ao seu conteúdo. Além disso, veja se ele funciona bem em termos de carregamento e tempo de resposta.

Outro fator para definir qual será o seu modelo é a capacidade de personalização que ele oferece. Portanto, procure moldes que sejam fáceis de serem alterados e que tenham um suporte ativo. 

Use a sua identidade visual

Não fuja dos objetivos da sua empresa em relação ao blog que foi criado e, sobretudo, foque na identidade visual. Para isso, é necessário que você determine com clareza quais são os temas do seu negócio, assim como, a sua linguagem e o layout.

Branding

O branding é o modo como você vai fazer a gestão da sua marca para que ela seja exposta para os seus consumidores. Dessa forma, ele garante que todos entendam a mensagem que quer passar e os valores que compõem a sua empresa. 

Passo 9 – crie e publique o seu conteúdo ao criar um blog 

Após a configuração do template, você precisa criar e publicar conteúdo que justifique o porquê de criar um blog. Para isso, o WordPress é bem intuitivo e você faz suas publicações na aba “Posts” seguida por “Adicionar post”.

Você deve redigir o seu conteúdo e garantir que ele esteja de acordo com o template e os seus objetivos. Além disso, para postar basta ir na aba “Publicar” e decidir se a produção será exposta agora ou se será agendada para uma data específica. 

Pré-lançamento

A possibilidade de agendar a publicação dos seus conteúdos faz com que você possa fazer um pré-lançamento deles. Desse modo, é possível postar spoilers nas redes sociais ou em outros sites da empresa que tenham relação com o tema do blog.

homem sentado, trabalhando em seu notebook. Em cima da mesa há uma xícara de café, uma mesa de desenho e um copo de água
Publicar o conteúdo com frequência vai garantir maior acesso ao criar um blog. Imagem de lukasbieri no Pixabay.

Selecione os formatos de publicação

O WordPress apresenta uma série de possibilidades de edição do texto para que você formate a publicação. Com isso, é preciso se atentar a questões ao alterar o seu texto, como:

  • Tamanho das fontes pelo tema escolhido;
  • Hierarquia dos títulos e subtítulos do conteúdo;
  • Disposição das imagens na página;
  • Tags que otimizam a busca.

As otimizações SEO no seu conteúdo vão fazer com que ele esteja melhor ranqueado nas pesquisas. Portanto, saiba como garantir o formato ideal com base nos preceitos definidos por você antes de começar a produção.

Otimize a URL permanente ao criar um blog

Faça uma análise profunda sobre a URL permanente do seu blog, afinal, ela precisa ser clara e fácil de se adaptar às mudanças do conteúdo. Nesse sentido, evite números que limitem as informações e evite deixar as opções automáticas do WordPress

Como criar um calendário editorial para o seu blog?

O calendário editorial é o que vai garantir ao seu blog uma constância de postagens e você pode criá-lo por ferramentas externas, como as planilhas do Excel. Dessa forma, é possível definir questões como:

  • Frequência das postagens dos conteúdos;
  • Reuniões sobre criação e planejamento;
  • Objetivos de cada conteúdo publicado;
  • Acompanhamento do resultado das publicações.

Um bom calendário é o que vai garantir que a sua empresa se mantenha ao longo do tempo sem perder engajamento. Portanto, ao criar um blog você não pode deixar de planejar essa organização de produção de conteúdo.

Faça um planejamento personalizado

Caso você lide com vários conteúdos diferentes para tipos de públicos que divergem é preciso personalizar bastante o seu calendário. Nesse sentido, entenda o objetivo de cada publicação e garanta que a sua frequência e relevância esteja em dia com o leitor.

Explore diferentes tipos de tráfego

Os tráfegos são uma maneira de investir no seu conteúdo para que ele ganhe ranqueamento no começo da existência do blog. Além disso, é um jeito de manter a boa posição no Google mesmo depois de muito tempo de publicação. 

É claro que você deve apostar no tráfego orgânico, mas o pago é um adicional que vai potencializar o seu conteúdo e a sua relevância. Então, conheça a seguir alguns tipos para investir nesse aumento de visitas ao conteúdo.

Redes sociais

As redes sociais são uma forma de publicar e interagir de forma direta com o seu público. Com isso, invista em uma mídia bem gerida para que você consiga alavancar seu conteúdo e gerar tráfego no seu blog por meio de ações de interação.

Não tenha várias contas se você não vai dar conta de fazer a gestão de todas. Portanto, uma rede social bem feita é mais válida do que várias com um baixo controle de gestão.

E-mail

Os e-mails são uma forma de contato direto com o seu público que você já possui na base de contatos. Dessa forma, tem-se o e-mail marketing como uma estratégia de gerar tráfego pago, seja por meio de uma newsletter ou pela nutrição de leads. 

Passo 10 – como gerar resultados ao criar um blog?

Ao criar um blog e fazer postagens frequentes de conteúdo você pode começar a gerar e  mensurar os resultados. Nesse sentido, existe uma série de princípios que te ajudam no processo de otimização da produção, como:

  • Estude e adeque seu conteúdo ao SEO;
  • Pesquise palavras-chave;
  • Estruture o seu conteúdo;
  • Faça postagens interativas;
  • Use os backlinks com sabedoria.

Quanto mais você aperfeiçoar o seu conteúdo em relação aos parâmetros das ferramentas de publicação, mais resultado você gera. Portanto, atente-se a esses pontos e modifique sua estratégia quando for preciso.

Passos para gerar mais retorno

Existem uma série de passos que vão fazer o seu conteúdo gerar mais retorno de um jeito simples. Contudo, é preciso seguir os princípios do jeito certo e, para isso, confira suas características na sequência.

Entenda sobre SEO

O Search Engine Optimization é um modo de melhorar seu conteúdo que você precisa saber para ter um bom blog. Com isso, uma boa produção não pode deixar de conter, em termos de SEO:

  • Hierarquia de títulos e subtítulos;
  • Meta descriptions;
  • Boa pontuação na leitura Flesch.

Continue os estudos sobre a otimização do conteúdo para motores de busca, porque é uma área em constante mudança. Portanto, adeque as produções aos moldes que vão melhor ranquear o seu texto.

SEM

O Search Engine Marketing (SEM) é a estratégia que vai otimizar a sua página do blog. Nesse sentido, ela é composta pelo SEO e pelos links pagos que compõem o seu conteúdo postado.

mulher sentada trabalhando em seu notebook. Do seu lado há uma caneca de café
Para criar um blog de sucesso é preciso otimizar seu conteúdo para o buscador Google. Imagem de Firmbee no Pixabay.

Como fazer pesquisa de palavras-chave ao criar um blog?

Ao criar um blog é preciso se ater às palavras-chave para saber como usá-las do modo mais esperto possível. Para isso, existem ferramentas de pesquisa que mensuram dados em relação às palavras buscadas.  

Não use-as com excesso, porque isso não é saudável para o buscador e vai abaixar o ranqueamento do seu texto. Portanto, é preciso saber usar com cuidado as palavras-chave que mais se adequam ao seu conteúdo. 

Use ferramentas de auxílio

Existem muitas ferramentas de auxílio para a pesquisa e o uso das palavras-chave no seu blog. Como, por exemplo, o SEMrush que te permite verificar o volume de busca e o custo por clique médio do termo pesquisado. 

Você vai encontrar ferramentas pagas e gratuitas, então, busque a que melhor atende a sua empresa em termos de custo-benefício. Para isso, teste opções grátis como o Google Keyword Planner e compare com outros mecanismos pagos.

Relação com o seu conteúdo

A palavra-chave precisa ter, antes de tudo, relação direta com o seu conteúdo para que o seu texto ranqueie bem. Então, tenha em mente os objetivos da sua produção e qual a persona certa para escolher os termos que mais se adequam.

Como analisar os concorrentes ao criar um blog?

Ao criar um blog é preciso que você identifique como as outras pessoas que discutem o mesmo assunto que você se portam. Nesse sentido, atente-se a estes pontos para ter uma boa noção do mercado que compete:

  • Veja os conteúdos que ranqueiam nas primeiras páginas;
  • Identifique o que os competidores deixam em falta no mercado;
  • Busque maneiras de se diferenciar das produções que viu.

Isso vai permitir não só que você analise as tendências, mas que também tenha informações o suficiente para lançar as suas próprias. Portanto, analisar outras empresas é parte central da estratégia de Marketing de Conteúdo.

Entenda as oportunidades de mercado

Os erros e os acertos dos seus concorrentes vão te garantir análises sobre o que fazer no mercado do seu negócio. Além disso, entender as oportunidades é saber quais as dores que não possuem uma solução clara e trabalhar em cima delas.

Tenha uma estratégia de conteúdo ao criar um blog 

As suas produções precisam, antes de tudo, terem estratégias alinhadas aos seus objetivos e suas personas. Então, trate de planejar tudo com antecedência, documentar as progressões e seguir o calendário editorial que melhor atende o dia a dia da empresa.

Persona, suas dores e desejos

Uma persona bem definida é o que vai guiar tanto a produção de conteúdo quanto a própria otimização do blog. Com isso, os assuntos tratados devem não só ser completos e relevantes, mas solucionar os problemas que ela apresenta. 

O mercado chama as necessidades da persona de dores, assim como, trabalha em cima dos seus desejos e urgências. Portanto, de nada importa um conteúdo bom que não oferece soluções para as inquietações do seu público. 

Busque soluções para o seu público

Para que você busque soluções para o seu público é preciso seguir os passos dados até aqui. Então, trate de definir bem os seus objetivos, chegar na persona certa e analisar a sua concorrência em termos de erros e acertos.

Crie uma conta nas redes sociais para divulgar o blog

As redes sociais são parte essencial para a expansão do seu blog em outros canais de comunicação. Além disso, ela pode aumentar por meio do tráfego pago ou orgânico os acessos ao seus sites e páginas. 

Do mesmo jeito que ao criar um blog você precisa alimentar ele com postagens frequentes e relevantes, as redes sociais demandam uma rotina editorial. Portanto, não tenha várias redes se não for possível controlar e gerir todas com qualidade.

Fóruns

Os fóruns são maneiras de gerar laços com o seu público com postagens interativas. Nesse sentido, ele pode ser incorporado nos blogs ou nas redes sociais como forma de perguntas e respostas. 

homem e mulher sentados analisando dados em um laptop e desktop
Tenha uma equipe de marketing focada em definir a persona ao criar um blog. Imagem de Campaign_Creators no Pixabay.

O que são guest posts?

Guest posts são publicações de parceiros convidados dentro do seu blog ou de outro canal de comunicação. Nesse sentido, é uma prática que aumenta a autoridade no assunto por meio de relações entre várias vozes de um mesmo setor de negócios.

Eles são usados nas campanhas de marketing para gerar leads e também educar aqueles que já foram captados. Além disso, são uma forma de enriquecer seu conteúdo e abrir espaço para uma boa imagem da sua empresa no mercado em que ela atua.

Faça parcerias

As parcerias podem ser uma forma de alavancar a sua imagem no setor do seu negócio. Dessa forma, você consegue gerar confiança no seu público e fazer com que eles se tornem clientes por meio da autoridade. 

Desde uma série de descontos em vendas até uma parceria só de produção de conteúdo podem te ajudar a se posicionar no mercado. Portanto, abra os olhos para as suas relações, porque ninguém cresce sozinho. 

Como usar o Google Analytics ao criar um blog?

Ao criar um blog você pode usar o Google Analytics (GA) para auxiliar a gestão e mensuração dos seus usuários e os dados que eles geram. Nesse sentido, a ferramenta serve para analisar coisas como:

  • Número de acessos no blog;
  • Tempo de duração das sessões de acesso;
  • Ações (hits) geradas por sessão;
  • Usuários que são convertidos.

Esses dados são importantes para que você entenda como o seu cliente se comporta. Portanto, use o GA para otimizar o seu blog e aprimorar as suas estratégias de produção de conteúdo. 

Avalie o comportamento dos usuários

O GA permite que você mensure dados como a taxa de rejeição dos seus visitantes e entenda melhor o seu comportamento. Com isso, será capaz de observar quais páginas e conteúdos mais rendem interações e fazem com que a pessoa fique na sessão.

Como avisar ao Google que há um novo conteúdo ao criar um blog?

A ferramenta Google Search Console permite que você avise ao buscador que um novo conteúdo foi postado em seu blog. Nesse sentido, ela manda avisos e ainda permite que mensure o desempenho da nova produção, assim como, seus erros.

O processo de identificar um novo conteúdo é chamado de indexação e caso você não use ferramentas de auxílio ela pode demorar bastante. Portanto, esteja atento ao modo que o buscador reage ao seu novo conteúdo para garantir a sua funcionalidade.

Google Search Console

A ferramenta Google Search Console é uma forma gratuita de avisar ao buscador que seu conteúdo foi postado. Além disso, é possível não só visualizar o status da sua indexação como mensurar o seu desempenho no mecanismo de busca.

Como fazer backlinks ao criar um blog?

Ao criar um blog você deve se atentar aos backlinks que são as interações que fazem um usuário permanecer no seu site. Além disso, é uma forma de educar os seus visitantes e aumentar o tráfego qualitativo das suas páginas. 

Os motores de busca, como o Google, mensuram a qualidade dos backlinks para ranquear o seu conteúdo. Dessa forma, é como um modo de gerar autoridade no assunto e fazer parcerias que qualificam ambos os referenciados.

Estratégia de ranqueamento

As estratégias de ranqueamento estão ligadas, sobretudo, ao SEO bem aplicado no seu conteúdo. Portanto, para ficar bem posicionado é preciso ter textos que façam sentido dentro da proposta do seu blog, além de agradarem os desejos do buscador. 

Os links e as relações que eles geram com outros conteúdos da mesma área do seu negócio são uma parte dessa tática. Então, é preciso que eles façam sentido para o seu público, porque é ele que precisa continuar navegando.

Seja paciente ao criar um blog 

Entenda que o processo do Google de indexar e qualificar as suas produções leva tempo, ou seja, seja paciente. Nesse sentido, veja o blog como um investimento a longo prazo de uma geração de identidade e laços da sua empresa com os clientes. 

Resultados a longo prazo

Para que o seu blog tenha resultados a longo prazo é ideal que ele trabalhe sempre nos moldes do SEO. Além disso, o conteúdo precisa ser relevante para o seu público e gerar uma sensação de que ele é a solução para as dores da sua persona.

Conforme suas publicações se mantêm relevantes ao longo do tempo, a sua empresa começa a se tornar autoridade no ramo. Com isso, é possível alçar vôos maiores e educar seus clientes para que eles se tornem cada vez mais fiéis ao seu produto ou serviço.

Consistência

A relevância vem com consistência, ou seja, publique com frequência durante um longo período de tempo. Dessa forma, as pessoas vão criar a rotina de consumir o seu conteúdo e considerar ele na hora de buscar soluções para os seus eventuais problemas.

laptop com a tela mostrando o nome keywords
O SEO é o que vai garantir mais acessos orgânicos quando você criar um blog. Imagem de Tumisu no Pixabay.

Use CTA nos posts do seu blog

Os posts do seu blog precisam de uma estratégia que tem o nome de Call to Action (CTA), ou chamadas para a ação. Nesse sentido, elas são gatilhos que convidam o usuário a praticar uma interação, como, por exemplo:

  • Realizar o download de um e-book;
  • Fazer a inscrição em uma newsletter;
  • Acessar uma rede social ou outro site;
  • Compartilhar o conteúdo pelo e-mail.

Essa estratégia permite que você faça o usuário navegar pelos seus outros conteúdos e espalhar a sua marca. Dessa forma, ainda consegue mensurar quais produções geram mais ações para otimizar cada vez mais essa relação com o seu leitor. 

Faça conteúdos alinhados às suas soluções

Para que você tenha CTA’s funcionais é preciso que seu conteúdo esteja alinhado às suas soluções. Dessa forma, as ações vão ser baseadas no objetivo que a equipe de marketing definiu como primordial ao criar um blog.

Foque no carregamento e manutenção ao criar um blog 

O carregamento e a manutenção do seu blog devem ser o foco para que ele se mantenha funcional o tempo todo. Nesse sentido, não adianta adicionar uma série de recursos na sua página se isso vai fazer com que ela carregue de forma mais lenta, porque vai:

  • Atrapalhar a postagem e análise do próprio conteúdo;
  • Incomodar o usuário devido a demora de carregamento;
  • Tornar seu conteúdo menos visto e com menor relevância.

Defina uma série de ferramentas e plugins que façam sentido e deixe apenas o essencial para não sobrecarregar seu blog. Afinal, a calma é sua aliada e vai te ajudar a otimizar o seu conteúdo em relação a experiência do usuário.

As manutenções também são de extrema relevância, porque essas ferramentas e plugins sofrem alterações com o tempo. Além disso, até o próprio CRM e os temas passam por atualizações que precisam ser checadas para que tudo flua bem.

Confira 4 formas de ganhar dinheiro ao criar um blog 

Existem várias maneiras de monetizar o seu blog e você pode definir qual deseja de acordo com o seu domínio profissional. Nesse sentido, tem-se quatro formas principais de ganhar dinheiro com um blog:

  1. Consultoria;
  2. Publicidade;
  3. Programa de afiliados;
  4. Conteúdo Premium.

Busque criar conteúdo diferenciado e com uma relevância que vai te colocar na mídia como referência no assunto. Portanto, no longo prazo você vai conseguir transformar isso em renda para a sua empresa.

Seja criativo e atualizado

A criatividade é o que vai te tornar diferente no conteúdo que deseja trabalhar em cima. Dessa forma, busque estar sempre por dentro das atualizações do seu nicho e dos temas que são importantes para ele. 

1 – Publicidade como meio de ganhar dinheiro com o blog

Os anúncios publicitários são uma forma de ganhar dinheiro ao criar um blog e, sobretudo, uma maneira mais rápida. Contudo, apenas injetar dinheiro em conteúdos sem propósito e planejamento não garantirá o bom retorno que você deseja.

Banners do Google

Os banners do Google são anúncios que você aplica em um site ou aplicativo que preferir. Nesse sentido, é um investimento que garante uma boa visibilidade em relação a sua empresa e o aumento dos seus acessos. 

Você pode tanto aplicar banners em relação ao seu conteúdo em outros sites quanto abrir espaços no seu blog para publicidades de outras pessoas. Dessa forma, tem um modo fácil e interessante de ganhar dinheiro por meio das parcerias pagas. 

2 – Programa de afiliados

Os programas de afiliados são parcerias que unem serviços e publicidades entre duas ou mais empresas. Como, por exemplo, uma recomendação por parte do seu negócio de uma newsletter que é referência no assunto que quer gerar engajamento. 

Esses programas podem ser pensados para uma nutrição e educação de clientes ou até mesmo para uma venda específica. Além disso, esse modo de ganhar dinheiro com o seu blog permite que você divida tarefas entre as empresas e ganhe tempo.

Receba por meio de comissão de vendas

Ao recomendar um produto de outra empresa no seu espaço de comunicação você pode ganhar comissões de vendas. Com isso, continua a produzir o seu conteúdo e faz com que essa filiação provoque no seu blog um método de renda passiva. 

desktop mostrando a página do Facebook aberta
Ao criar um blog você deve pensar em publicidades em redes sociais como forma de ganhar acessos. Imagem de coffeebeanworks no Pixabay.

3 – Conteúdo premium para ganhar dinheiro com o blog

O conteúdo premium é uma maneira muito simples de ganhar dinheiro ao criar um blog. Nesse sentido, depois que você gera autoridade sobre um assunto é comum que as pessoas queiram comprar mais produções que partem da sua empresa.

Esse modo de gerar renda por meio do seu blog também é muito bom para estreitar a relação com os clientes mais fiéis. Então, confira alguns exemplos de conteúdo premium para sua página:

  • Cursos de especialização de um tema tratado de modo gratuito;
  • Postagens bônus de uma newsletter que é gratuita;
  • Perguntas e respostas diretas com a marca que produz um conteúdo.

Claro que o conteúdo premium assim como todos os outros precisa ter sentido em relação a sua linha editorial. Portanto, faça com que ele seja uma expansão de algo que você já faz e gere interesse no seu público por ambas as produções.

Material exclusivo

A exclusividade gera muito interesse nas pessoas e, sobretudo, se esse conteúdo for de extrema importância para as suas dores. Então, tenha em mente que quanto mais rico forem as postagens premium, mais dinheiro você obtém.

Como promover o seu blog para aumentar a audiência?

Para promover o seu blog e aumentar a audiência dele é preciso ter uma boa estratégia de marketing. Além disso, uma boa tática de produção de conteúdo que vai te levar ao sucesso, confira algumas dicas:

  • Convide pessoas de relevância para publicar no seu blog;
  • Busque tratar de assuntos não comentados na área;
  • Otimize sempre o conteúdo em SEO;
  • Faça bom uso dos recursos visuais não textuais;
  • Tenha backlinks estratégicos;
  • Atualize suas produções antigas.

Todas essas práticas ocorrem conforme a manutenção do seu blog acontece e, com isso, você gera maior número de visitas. Afinal, um conteúdo bem otimizado e com uma frequência bem pensada é o segredo para engajar leitores e clientes. 

Boas práticas

As boas práticas que vão fazer com que seu blog seja promovido começam do objetivo da criação e vão até a pós-produção. Portanto, definir e planejar com documentações efetivas tudo o que compõem o processo criativo é essencial para o sucesso do conteúdo.

Como fazer otimizações de SEO ao criar um blog?

O SEO é o que vai garantir que seu conteúdo esteja de acordo com os anseios do buscador para ranquear bem. Então, confira algumas dicas de como fazer essas otimizações ao criar um blog:

  • Pesquise a fundo as palavras-chave utilizadas;
  • Use links internos e externos no conteúdo;
  • Defina URLs que sejam legíveis e fáceis;
  • Acione plugins de otimização;
  • Tenha uma boa hierarquia de títulos e subtítulos.

Também é importante conhecer ferramentas que otimizem esse processo, como é o caso das versões gratuitas e pagas do SEMRush. Por fim, a otimização SEO demanda constante manutenção e mensuração de dados para verificar se está tudo certo.

Aumente as buscas orgânicas

Um conteúdo otimizado em SEO é uma das formas mais simples de garantir um aumento nas buscas orgânicas. Afinal, é o buscador que vai fazer com que suas produções sejam vistas conforme o ranqueamento que ele te dá.

Desenvolva uma estratégia de e-mail marketing ao criar um blog 

O e-mail marketing é uma das melhores estratégias para nutrir leads e convertê-los em clientes. Nesse sentido, ele também pode ser aplicado em um blog para gerar mais acessos por meio de:

  • Conteúdos relevantes enviados de forma direta;
  • Newsletters para fidelizar o público que recebe os e-mails;
  • Interação com redes sociais, como Facebook, e outras mídias pelo compartilhamento.

Isso tudo é feito com a ajuda de ferramentas que automatizam os disparos e economizam o tempo das equipes da empresa. Dessa forma, você garante conteúdos atualizados e que geram valor ao cliente por meio do tratamento humanizado.

Passos importantes

Você precisa definir, antes de tudo, qual o objetivo da sua campanha de e-mail marketing em relação ao blog. Além disso, entenda qual a persona com quem vai se comunicar e como vai construir a sua lista de contatos.

Depois disso você terá que segmentar essa lista para saber qual conteúdo ofertar para os mais próximos da sua persona. Por fim, defina uma frequência de envios e quais métricas acompanhar para analisar dados e resultados.

imagem com pessoas sentadas em uma mesa de reunião. Um home está em pé segurando um laptop com uma das mãos
Faça um plano de e-mail marketing para divulgar sua página e atrair leads. Imagem de Rawpixel no Freepik.

Quais as ferramentas e recursos para blogs?

Ao criar um blog você precisa saber quais ferramentas e recursos adicionais vão compor sua estrutura. Para isso, confira algumas das principais alternativas que vão auxiliar a sua produção de conteúdo:

  • O Google Analytics vai te ajudar a analisar o tráfego;
  • Use o WordPress para gerenciar seu conteúdo;
  • Busque bancos de imagens gratuitos para enriquecer seu texto;
  • Documente todo o processo no Trello;
  • Use gifs e vídeos para tornar seu conteúdo mais leve.

Existem muitos plugins que podem ajudar o seu blog a ficar mais rico e interessante, contudo, tenha cuidado com a quantidade. Afinal, muitos recursos vão atrapalhar o tempo de carregamento da página e podem irritar os seus usuários.

Faça combinações

As combinações são importantes para que você faça a relação entre diferentes conteúdos e o seu público. Portanto, faça-as com cuidado e garanta que o seu blog esteja otimizado de acordo com os códigos que o compõem.

Também é importante deixar o layout otimizado para que as imagens e outros recursos visuais funcionem. Afinal, um usuário pode entrar no seu blog por meio de diferentes dispositivos e você deve garantir que ele seja legível em todos.

1 – Como selecionar imagens ao criar um blog?

Para selecionar as imagens certas ao criar um blog você precisa ter um conteúdo bem coeso e buscar algo que se relacione com ele. Nesse sentido, um dos modos é pesquisar as imagens por meio da palavra-chave que melhor define as suas produções.

Bancos de imagens

Os bancos de imagens gratuitos são um apoio para quem precisa de boas imagens, mas não tem orçamento para criá-las. Nesse sentido, é possível encontrar ótimas opções sem direitos autorais em sites como Pixabay e Freepik. 

Essas plataformas possuem filtros de busca que vão te ajudar a encontrar a imagem certa para o seu conteúdo. Por fim, outra opção é criar imagens no Canva ou no Pixlr e personalizar ainda mais o seu texto.

2 – Recursos de design para criar um blog 

Os recursos de design são ótimos aliados para o seu blog, porque há opções mais simples até as completas e profissionais. Além disso, muitas ferramentas são gratuitas com algum bônus de funções premium caso você queira pagar o serviço.

Um blog bem otimizado precisa de um design que faça sentido em relação ao conteúdo que ele produz. Para isso, confira alguns dos principais mecanismos de criação visual para melhorar os seus textos.

Canva

O Canva é uma plataforma grátis de design que permite que você faça templates para redes sociais, blogs e outras mídias. Nesse sentido, pode criar artes gráficas do zero ou usar os modelos prontos que os profissionais fornecem na ferramenta.

Visme

Caso você deseje fazer infográficos, vídeos e apresentações em slides o Visme é uma boa plataforma. Nesse sentido, ele vai ajudar o seu blog caso o conteúdo demande recursos gráficos mais elaborados. 

Pixlr 

O Pixlr é uma ferramenta com um foco mais voltado para a edição de imagens, como se fosse um Photoshop na nuvem. Além disso, ele possui uma versão grátis com muitos recursos e possibilita upgrades como o Premium e o Creative Pack.

3 – Faça integrações do seu blog com o Google Doc e Google Agenda

Ao criar um blog você vai precisar dos pacotes de ferramentas do Google, porque eles são gratuitos e fazem muita diferença no seu conteúdo. Nesse sentido, o Doc permite que faça produções em conjunto atualizadas em tempo real.

O Google Agenda faz com que você tenha um ótimo calendário editorial que seja de fácil acesso para todo o seu time. Portanto, integre essas plataformas para otimizar a sua produção e garantir que todo mundo saiba o que acontece.

Aumente a produtividade

Essas ferramentas aumentam a produtividade, afinal, diminuem as conversas entre os times já que eles vêem todo o processo. Dessa forma, as pessoas que trabalham na sua empresa vão poder focar em produzir conteúdo de qualidade e não vão perder tempo.

pessoas diferentes encostando os punhos, representando a união de profissionais
Integrações entre as ferramentas do Google são ótimas para criar um blog em conjunto. Imagem de mohamed_hassan no Pixabay.

4 – Como usar apps de captura de tela ao criar um blog?

Os programas de captura de tela são muito bons para o seu blog, porque eles permitem gravar conteúdos especializados e editáveis. Nesse sentido, conheça alguns dos principais apps de print e saiba como usá-los.

Lightshot

Você pode instalar o Lightshot tanto no Windows quanto no Mac e o programa permite que tire prints de tela do seu computador. Além disso, ele fornece opções de edição da captura e pode ser útil para criação de conteúdos como um passo a passo, por exemplo.

Snagit

O Snagit permite que você grave a tela, edite e compartilhe com as pessoas da maneira que desejar. Nesse sentido, é uma ferramenta que vai te ajudar na personalização do conteúdo do seu blog e está disponível para Windows e Mac.

FastStone Screen Capture

A ferramenta chamada FastStone Screen Capture pode ser usada tanto para prints quanto para gravações de vídeos da tela. Além disso, ela é gratuita e também permite edição de imagens com muitos recursos interessantes para o seu blog.

5 – Use ferramentas de revisão ortográfica e gramatical ao criar um blog

O conteúdo do seu blog precisa estar de acordo com as normas gramaticais e só deve permitir desvios intencionais. Dessa forma, conheça algumas ferramentas que otimizam a ortografia do seu texto.

Grammarly

A ferramenta chamada Grammarly faz com que o seu conteúdo seja analisado gramaticalmente de modo online. Além disso, também é útil para verificar a presença de plágio nos textos. 

Ginger

O Ginger é um software que otimiza a gramática do seu conteúdo de forma automática. Com isso, você pode aumentar a sua produtividade e garantir que os textos estão de acordo com as normas por meio de sua inteligência artifical.

Hemingway Editor

A ferramenta Hemingway Editor faz com que o conteúdo escrito receba opções mais claras e otimizadas de modo automático. Nesse sentido, ele também corrige erros por meio de uma marcação amarela que aparece nos textos. 

Como gerenciar seu time ao criar um blog?

Um blog precisa de muitos profissionais envolvidos para que ele seja um bom meio de retorno financeiro. Então, nada mais justo do que conhecer boas ferramentas para gerenciar as pessoas envolvidas no processo.

Slack

O Slack permite que você organize seu time em salas organizadas por temas e chats em grupo e privados. Além disso, é possível integrá-lo com outros serviços como o GitHub e o Google Drive para tornar a gestão mais completa.

Asana

Esta ferramenta chamada Asana é muito usada em gestão de projetos e trabalhos colaborativos. Dessa forma, ela permite que tarefas sejam automatizadas e que toda a equipe fique por dentro do que ocorre nas etapas de produção.

Trello

O Trello é um gerenciador de equipes e projetos que usa o modo Kanban de organização. Nesse sentido, ele usa cartões que indicam as tarefas de cada integrante e eles podem ser movidos e alterados conforme o projeto anda.

Criar grupos online para divulgar o seu blog

Grupos online são uma maneira de criar uma comunidade que se interesse pelo mesmo assunto. Nesse sentido, confira alguns locais que você pode usar para formar essas interações.

Grupo no Facebook

O Facebook tem uma mecânica de grupos bem funcional e eles podem ser públicos ou privados. Além disso, você pode usar esses espaços para investir em anúncios e fomentar seu blog.

LinkedIn

Grupos do LinkedIn são ótimos para conhecer profissionais da mesma área que a sua. Nesse sentido, use-os para formar uma base de estudo e gerar conteúdos relativos ao seu negócio para o blog.

Reddit

O Reddit é uma rede social que se divide em vários tópicos e subtópicos de acordo com o interesse dos usuários. Com isso, postar conteúdo nos grupos que atendem o nicho do seu blog é uma ótima estratégia para aumentar seus acessos.

Use ferramentas para agendar seus posts nas redes sociais

É possível otimizar sua produção em redes sociais com as ferramentas que permitem agendar os seus postos. Assim, você se preocupa mais com a produção e deixa tudo programado para não esquecer de enviar seu conteúdo.

Hootsuite

O Hootsuite é uma ferramenta de gestão de mídias sociais e você pode programar suas postagens nele. Com isso, o seu calendário editorial vai estar sempre em dia e funcionar de modo mais ágil.

Buffer

A ferramenta Buffer trabalha com agendamento em redes sociais como o Instagram, Facebook e o Twitter. Além disso, você também pode integrá-la com o LinkedIn e programar postagens em comunidades.

Potencialize a sua produção e foco com aplicativos ao criar um blog

Os conteúdos produzidos têm que ser otimizados tanto para os sites e blogs quanto para os aplicativos. Afinal, os dispositivos móveis são cada vez mais dominantes em relação ao acesso digital. 

Você está pronto para criar um blog?

Para criar um blog é preciso muita dedicação, planejamento e constância nas suas tarefas. Dessa forma, entender o objetivo do conteúdo, a persona que ele deve atingir e como ele vai gerar renda para a sua empresa são os primeiros passos para que tenha sucesso.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes