Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Custo por Clique, por que é importante conhecer esta métrica?

O Custo por Clique, ou CPC, é uma métrica muito usada no marketing digital para ver como promover melhor as empresas e obter bons resultados de venda. Dessa forma, saiba mais sobre o conceito e veja porque ele é importante para as estratégias de publicidade.

O que é custo por clique?

Esse indicador é muito comum em plataformas, porque consegue estimar a cobrança e o alcance de anúncios pagos. Por isso, é popular já que ajuda a mensurar algo que pode indicar se a marca está ou não próxima de suas metas.

O Google usa esse recurso para gerenciar os anúncios em seu ranking de pesquisa. Então, abriu portas para que outras métricas parecidas como, o custo por mil e por aquisição, também se tornassem desejadas.

Hoje em dia, as redes sociais usam todos esses recursos como formas de se divulgar e de gerar espaços para as empresas. Assim, são cruciais para melhorar a sua análise e obter bons resultados.  

Diferença entre PPC e CPC 

O PPC é o pagamento por clique e por mais que se pareça com o CPC são diferentes entre si. Isso porque, o primeiro termo se refere ao valor que será cobrado com base nos cliques acumulados, já o segundo é a quantia que se paga pelo clique no anúncio.

As duas ideias se completam e são métricas que ajudam a ver qual a qualidade do resultado. Por isso, é comum vê-las associadas e costumam estar sempre próximas na hora de se planejar.

dois homens em reunião, segurando folhas de relatórios, parecendo estarem discutindo sobre eles
Foto: O Custo por Clique é uma das principais formas de medir o desempenho de uma campanha. Imagem de Pressfoto no Freepik.

Como calcular o custo por clique?

Quem escolhe usar o Custo por Clique paga um valor fixo a cada plataforma que o cliente usa para chegar ao site. Dessa forma, o investimento pode mudar em cada site ou rede social. Por isso, para aprender o cálculo é preciso usar a fórmula básica a seguir:

  • CPC = custo total / números de cliques.

O valor investido dividido pelo custo definido pelo ambiente vai dar um prognóstico da quantia de cliques. Assim, quem investe mil reais em uma campanha em que a palavra-chave custa R$ 0,25, se espera obter 4000 visitas.

CPM, custo por mil visualizações

Uma outra forma de pagar é o Custo por Mil Impressões (CPM). Então, o anunciante só começa a pagar depois que alcança mil exibições. No entanto, essa prática não é muito precisa na entrega de seus relatórios.

Como o custo por clique funciona?

O CPC funciona da mesma forma em todas as plataformas que optam por usar essa métrica. Mas, algumas apresentam mudanças na ferramenta como gráficos e formas mais fáceis de analisar os dados obtidos.

CPC nas ferramentas do Google e Redes Sociais

O Custo por Clique se tornou popular por causa do Google e hoje está presente em todas as redes sociais. Dessa forma, ele pode funcionar na forma de um banner ou de um post patrocinado.  

Hoje em dia a maior forma de arrecadar clientes é em aplicativos como Facebook e Instagram. Isso porque, mostram todo o conteúdo em seus feeds e obtêm resultados melhores. Além disso, são de fácil acesso e conseguem se moldar para várias áreas.

As plataformas usam campanhas de lances de CPC para definir a exibição, o custo e o ranqueamento. Por isso, esse é um leilão virtual em que as empresas oferecem um valor para usar uma palavra-chave.

Quanto mais interesse houver sobre o termo, mais caro será para conseguir entrar no ranking. Assim, as opções breves e populares que remetem ao assunto chave tem um valor maior do que as de “cauda longa”, que usa termos mais específicos e compridos.

Tipos de custo por clique 

Para conseguir filtrar melhor o Custo por Clique eles são separados em três tipos. Dessa forma, é mais fácil entender a estratégia de preços e também ver o nível de eficácia que eles podem oferecer para atrair clientes.

CPC Máximo

Este é o valor máximo que o anunciante pretende pagar por um clique em seu anúncio. Então, é um limite definido pela equipe de Marketing que precisa conhecer o potencial que a campanha pode atingir.

CPC Real

O real é o preço final cobrado por cada acesso, depois que se firma o negócio. Assim, ele costuma ser menor do que o máximo, já que a estratégia das empresas é sempre ficar abaixo.

CPC Médio

Essa opção se baseia em uma sequência de leilões que estipulam o valor médio dos lances dados sobre uma palavra-chave. Portanto, é definido como a média de preços por cliques durante o tempo de divulgação.

imagem de uma mesa cheia de relatórios com gráficos, uma caneta, xícara de café e um tablet mostrando mais gráficos na sua tela
Foto: Conhecer os tipos de CPC permite que escolha o ideal para sua campanha. Imagem de Pressfoto no Freepik.

Como estruturar uma campanha paga na Internet?

Para estruturar uma boa campanha na internet o primeiro passo é ter alguma noção de Marketing digital. Então, a partir daí, é preciso fazer um estudo prévio do mercado e ter o máximo de dados para traçar um plano coerente. Portanto, veja o passo a passo a seguir:

  • Estude sua concorrência e veja quais os termos melhor ranqueados;
  • Selecione boas palavras-chave, que se liguem com o produto ou serviço;
  • Veja seu orçamento e trace um plano possível com a verba disponível;
  • Crie estratégia com base na persona, no objetivo e no retorno desejado;
  • Prepare um bom conteúdo que faça sentido para o Custo por Clique.

Crie campanhas de qualidade que possam estar nas principais plataformas onde seu público-alvo se encontra. Além disso, invista para que ela chame a atenção e que seus detalhes sejam práticos. Por fim, inicie o processo e faça uma análise constante para ver seus resultados.

Outras métricas além do custo por clique 

Há outras métricas boas para acompanhar o desenvolvimento do seu conteúdo e o quanto de clientes a marca atrai. Por isso, é bom conhecer um pouco sobre elas, porque algumas podem ser usadas em conjunto para auxiliar seus planos. Veja os principais custos a seguir:

  • Ação – investimento necessário para que os clientes tomem alguma ação;
  • Lead – o quanto se paga para gerar um lead ao longo das campanhas da empresa;
  • Aquisição – investimento para que alguém compre o que se oferece.

Todas essas opções podem se conectar ao CPC para mostrar se as metas estão ou não perto de se alcançar. Dessa forma, é bom saber analisar elas para entender se é preciso fazer alterações para ter sucesso.

Use o Google Analytics como ferramenta na sua campanha

O Google Analytics é uma das grandes ferramentas que as empresas usam para entender se o Marketing está no caminho certo. Isso porque, ele recebe de modo automático todos os dados do anúncio e reúne em um só lugar os principais dados.

Principais tipos de anúncios com custo por clique 

O Custo por Clique pode funcionar para vários tipos de mídias. Assim, cabe a marca definir qual opção acha mais viável e em qual rede social ou plataforma ela deseja se comunicar com a sua persona. Por isso, os principais tipos são:

  • Compras;
  • Imagens;
  • Vídeos;
  • Textos;
  • Posts;
  • Anúncios.

No geral, as campanhas costumam criar posts que possam se adaptar a diferentes locais. Isso porque, é mais barato uma imagem ou vídeo que se adapte a Twitter, Instagram e outras opções, do que criar um item para cada uma delas.

Anúncios no Google e seus parceiros 

Hoje o Google é um dos melhores lugares para se anunciar porque se trata de um site de busca, onde as pessoas desejam informações específicas. Por isso, é um método simples de achar quem tem interesse pelo assunto tratado.

O que é lance manual de custo por clique?

Nos lances manuais, o cliente define o preço máximo por cada clique em seu anúncio. Dessa forma, só há a cobrança quando alguém mostra interesse em entrar na sua página e saber mais sobre o assunto.

Essa é uma boa opção, porque não basta a pessoa ver o que foi divulgado pela empresa. Assim, ela precisa desejar clicar para entender melhor sobre o que se trata, o que aumenta as chances de uma venda. Mas, as suas desvantagens são:

  • Preço mais alto;
  • Tem que ter uma divulgação planejada.

O ideal é que ao se optar por essa opção, tenha um conteúdo bem refinado, capaz de despertar o interesse em várias pessoas. Isso porque, o intuito é ter uma geração de leads mais rápida.

Custo por clique otimizado

O Custo por Clique otimizado ajuda para que os lances manuais se convertam. Dessa forma, ele os ajusta para clique com maior ou menor chances de gerar um venda no seu site. Assim, suas grandes diferenças para o CPA e o ROAS estão em:

  • Tentar manter o CPC médio menor do que o CC máximo;
  • Otimizar conversões.

Com isso ele personaliza os lances e ajuda a ter uma estratégia mais eficaz ao longo do tempo. Por isso, é uma das principais ferramentas do setor para quem quer sair do topo do funil e chegar perto de vendas concretas.

Vantagens do uso do CPC

O CPC tem algumas vantagens bem interessantes para as marcas. Assim, é bom conhecer quais são elas, para entender como usar essa métrica a seu favor e obter bons valores:

  • Está ligado de modo direto com as compras;
  • Tende a convencer os clientes a seguir a próxima etapa do funil;
  • Ajuda a tornar a empresa mais conhecida.

Tudo isso ajuda a ter uma estratégia de Marketing Digital sólida e conseguir cativar mais clientes. Então, essa é uma das práticas que mais crescem, ainda mais nas redes sociais.

homem sentado em frente a um notebook. Na imagem há o desenho de uma barra de pesquisa e ele parece estar clicando na ilustração
Foto: O Custo por Clique é capaz de ajudar as marcas a entender como se destacar no mercado. Imagem de DilokaStudio no Freepik.

Como diminuir o CPC?

Ter um Custo por Clique baixo é o desejo de todos e para que isso ocorra é preciso seguir alguns passos. Dessa forma, veja a seguir como agir para obter valores que sejam o menor possível:

  • Crie anúncios personalizados;
  • Tenha uma CPC proporcional aos lucros gerais;
  • Seja coerente com o orçamento e com as metas.

Com um bom equilíbrio é possível obter um preço menor e ainda chegar a muitas pessoas. Mas, além disso, é preciso estar sempre de olho no movimento do mercado e se adaptar para ser competitivo o tempo todo.

Vale a pena usar o CPC na sua campanha de marketing

O CPC é uma métrica muito importante nas campanhas de mídia paga e deve ser usado para impulsionar suas vendas. No entanto, ele só vale a pena se o conteúdo for de qualidade e o Marketing souber como trabalhar para fazer os acessos se tornarem vendas.

Com ele é possível definir o quanto se paga cada vez que alguém clica no anúncio. Por isso, é mais fácil acompanhar o sucesso de um post e como a internet reage aos seus produtos ou serviços.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes