Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Conheça o Facebook e as principais características da rede social com bilhões de usuários

O Facebook é uma das mídias sociais mais usadas no mundo todo e possui grandes recursos que impactam a sociedade. Nesse sentido, ele conta com bilhões de usuários e se tornou um espaço perfeito para o marketing digital

A rede social de Mark Zuckerberg é uma potência de interação, formação de grupos e marketplaces. Além disso, ela conta com a função de mensagens diretas e instantâneas, posts com curtidas, comentários e compartilhamento.

O que é Facebook?

Lançado em 4 de fevereiro de 2004, essa é uma rede social da empresa Meta, Inc. criada por Mark Zuckerberg. Nesse sentido, é a plataforma mais bem-sucedida no mundo com o maior número de usuários e oferece serviços como:

  • Marketplace para vendas de modo gratuito;
  • Organização de eventos;
  • Mensagens diretas e instantâneas;
  • Streaming de jogos.

A sua mecânica de grupos permite que as pessoas criem comunidades incríveis por meio de gostos em comum. Além disso, é um espaço com uma grande difusão de notícias, haja vista que grandes veículos de comunicação possuem os seus perfis cadastros na rede.

Tanto o site quanto o aplicativo se tornaram grandes locais de anúncios e propagandas devido ao número de usuários ativos. Dessa forma, tornou-se um espaço inevitável de marketing digital e outras estratégias de divulgação de uma empresa e seus produtos.

O negócio é de capital aberto e possui sede em Menlo Park, Califórnia, nos Estados Unidos. Por fim, a empresa Meta, Inc. que criou o Facebook também se tornou dona do Instagram e do WhatsApp. 

Qual a história do Facebook?

A história da empresa começou em 2003 por iniciativa de Mark Zuckerberg. Com isso, ele se juntou aos seus amigos da universidade de Harvard e criou uma ferramenta de avaliação de fotos chamada Facemash.

O projeto rendeu muitas adesões dentro da universidade, porém, também quase expulsou os alunos por questões éticas. Assim, Mark e seus amigos Dustin, Chris e Eduardo modificaram a plataforma e fizeram a rede social TheFacebook.

A ideia era realizar a interação entre alunos de Harvard e, dessa forma, compartilhar tanto questões de estudo quanto pessoais. Com isso, os universitários gostaram dessa concepção e começaram a conversar entre si dentro dessa plataforma. 

Origem

Grande parte dos projetos de Zuckerberg e seus amigos foi feita no próprio dormitório da universidade e isso indica a origem do Facebook. Além disso, eles usavam os servidores de Harvard para desenvolver a rede social.

Lançamento

O lançamento da plataforma online para outros públicos fora da universidade foi feito em 4 de fevereiro de 2004. Contudo, o foco ainda eram apenas os estudantes de outras instituições e os registros eram bem restritos. 

Em 2006, a rede social passou a se chamar Facebook e abriu as portas para qualquer pessoa. Assim, os únicos requisitos para criar uma conta era ter mais de 13 anos de idade e um e-mail funcional. 

Vale do Silício

O criador Mark Zuckerberg saiu de sua graduação e mudou-se para a região do Vale do Silício. Nesse sentido, é um local que tem como característica a junção de várias sedes de empresas tecnológicas. 

Dentro desse contexto, a plataforma recebeu grandes ofertas de investidores de outras partes do mercado de tecnologia. Com isso, tornou-se possível a criação de grandes ferramentas dentro da rede social, como é o caso da linha do tempo.

A presença da equipe fundadora no Vale do Silício foi essencial para a construção de um grande networking. Dessa forma, novas funções foram desenvolvidas com a ajuda de investidores e parceiros.

Uma potência

O site de relacionamento se tornou uma potência com o lançamento, em 2008, do chat direto. Além disso, também disponibilizou a opção de descobrir novas conexões com base nas pessoas com as quais você já tinha amizade na plataforma.

Essa investida em novas funções gerou ao Facebook um aumento significativo de usuários no mundo todo. Com isso, estima-se que em dezembro de 2008 os cadastros chegaram a mais de 300 milhões de pessoas. 

Filme: A Rede Social

Para conhecer mais a fundo a história é preciso assistir ao filme que conta toda a caminhada de Zuckerberg. Nesse aspecto, o longa-metragem “A Rede Social” ganhou o Oscar de melhor roteiro adaptado no ano de 2010.

A equipe de CEOs da plataforma afirma que a obra não é nada mais do que uma ficção sem conexão com o que, de fato, ocorreu. Contudo, vale a pena conferir o trabalho e entender um pouco mais sobre a criação dessa grande potência virtual.

pessoa usando o laptop e o celular ao mesmo tempo. No laptop está aberta a página do facebook
O Facebook cresceu muito com a mudança de Zuckerberg para o Vale do Silício e o contato com outros criadores de tecnologia. Imagem de Austin Distel no Unsplash

Curiosidades do Facebook

É claro que com 18 anos de vida, o Facebook já possui uma série de curiosidades incríveis. Confira a seguir quais são as principais e os detalhes dessa grande rede de interação social.

1- Usuário herdeiro

Caso algum imprevisto aconteça com você e te deixe incapaz de acessar a rede social, é possível escolher outro usuário para herdar e tomar conta do seu perfil. Nesse sentido, o escolhido terá acesso ao gerenciamento de algumas questões que não são privadas. 

2- Boas vindas do Al Pacino

Quando o nome da rede ainda era o TheFacebook, a mensagem de boas-vindas era acompanhada de um rosto bem familiar. Nesse sentido, trata-se do ator Al Pacino, que interpreta o Michael Corleone. 

3- Cor azul e sua relação com Mark Zuckerberg

A cor azul na composição da identidade visual da rede social Facebook é, segundo o próprio criador Zuckerberg, a mais rica de todas. Nesse aspecto, a fala do CEO se relaciona com o fato de ele ser daltônico.

4- Linguagens do Facebook

Devido aos seus bilhões de usuários, a maior rede social do mundo conta com 70 idiomas diferentes. Além disso, você também consegue usar o inglês de cabeça para baixo e se divertir com o modelo de “linguagem pirata” que substitui alguns termos da plataforma.

5- Hackers

Essa é uma rede de muito sucesso e, por isso, o número de tentativas de invasão por hackers é grande. Dessa forma, é muito importante que o usuário valorize e pense bem na escolha de sua senha para proteger as suas informações pessoais dos infratores. 

Quais os principais recursos do Facebook?

A plataforma possui uma série de recursos inovadores que ditam o ritmo da interação social das pessoas. Com isso, confira quais são os principais pontos funcionais do Facebook para os seus bilhões de usuários.

Modos de personalizar

O site permite que você personalize o seu perfil de acordo com os seus gostos pessoais. Nesse aspecto, você escolhe a foto, informações na biografia e uma capa para criar a sua identidade visual dentro da rede social.

Como adicionar amigos

Você só pode adicionar amigos no seu Facebook se a sua conta for de cunho pessoal, além disso, o número de pessoas é limitado. Dessa forma, perfis de empresas ou Fan Pages não conseguem realizar esse processo.

Chat

O chat da plataforma foi o que a tornou tão grandiosa em meados de 2008, afinal, tornou-se possível comunicar de forma instantânea com os seus amigos. Nesse sentido, você consegue enviar todo o tipo de mídia, como os vídeos e os gifs animados. 

As imagens são compartilhadas no chat de um jeito muito simples e, sobretudo, o recurso é gratuito. Portanto, ele facilitou a vida de muita gente antes mesmo da criação do WhatsApp, que foi comprada pela Meta, Inc.

Curtir páginas

É possível curtir páginas no Facebook para acompanhar o conteúdo que elas postam em sua linha do tempo. Além disso, o seu perfil expõe aquilo que você curte para que os seus amigos vejam a sua atividade.

Além das páginas, postagens de perfis pessoais podem ganhar curtidas dos outros usuários. Nesse aspecto, existe a opção de comentar e compartilhar o conteúdo dos seus amigos, ou seja, são muitas opções de interação.

Também foram incorporados outros botões de reações, por exemplo, “amei” e “triste”. Dessa forma, você pode se expressar em relação ao que sentiu ao ver um post na plataforma.

Como compartilhar conteúdo

Os conteúdos são compartilháveis dentro do Facebook e isso estimula não só a propagação de notícias, como também a criação de novidades. Assim, tanto as páginas de empresas ou marcas quanto os perfis pessoais podem ter seus posts divulgados. 

Várias opções de criação vão além de uma simples postagem, ou seja, você pode adicionar a sua localização atual e o que está fazendo no momento. Além disso, existe uma integração com o Instagram para que as fotos sejam expostas nas duas redes. 

Aplicativos

Os aplicativos da plataforma são, geralmente, jogos ou brincadeiras interativas que estão integradas ao Facebook. Contudo, também existem abas relacionadas aos negócios para auxiliar páginas de empresas ou marcas. 

Botão “cutucar”

A rede social ainda conta com uma opção de interação bem específica que se chama “cutucar”. Nesse sentido, você chama a atenção de outro usuário e a cutucada aparece no chat do perfil que a recebe. 

Pode ser uma forma de dizer “Olá” com um teor informal, mas também abre margem para outras interpretações. Portanto, é um recurso que se torna tão engraçado quanto incômodo em relação ao uso de cada um.

página do facebook sendo mostrada no monitor
As páginas do Facebook são uma ótima forma de promover a sua empresa e interagir com o público. Imagem de coffeebeanworks no Pixabay.

Anúncios

Caso você esteja em busca de aumentar as vendas do seu negócio é possível realizar anúncios pagos na plataforma. Assim, o usuário encontra opções para todos os tipos de empresa e orçamentos com um suporte bem funcional. 

Uma estratégia de campanhas pode variar de acordo com o tempo e o Facebook proporciona essa adaptação. Então, não é um investimento arriscado se for planejado e aplicado da melhor forma possível dentro do contexto da sua corporação. 

Criar grupos e eventos

Por último, um grande recurso do site é a criação de grupos e eventos para marcar encontros e discutir ideias. Dessa forma, você consegue juntar um grande número de pessoas com os mesmos interesses e organizar reuniões, festas e outras ocasiões sociais. 

O que são estatísticas do Facebook?

Estatísticas do Facebook são os dados relativos aos usuários ativos na rede e as suas características. Dessa forma, essas informações são muito relevantes para uma empresa que deseja aplicar a sua divulgação na plataforma, por exemplo:

  • O número de usuários por localização geográfica;
  • A idade média dos brasileiros que possuem um perfil;
  • Tempo médio de acesso diário;
  • Quantos usuários usam os grupos e o marketplace.

As métricas relativas ao perfil de uma empresa também fazem parte da rede e podem ser acessadas na aba da página. Portanto, o usuário é capaz de mensurar as interações com o seu perfil, além das visualizações, alcance e impressões. 

Você também consegue fazer a segmentação entre alcance pago e orgânico. Desse modo, é possível estudar a efetividade da política de anúncios dentro do Facebook.

Estima-se que o Brasil conta com milhões de pessoas no site e todas as grandes empresas nacionais estão cadastradas. Com isso, o país se torna um dos destaques no quesito número de acessos.

Como checar as estatísticas do Facebook?

Para checar os dados relativos ao seu perfil ou da sua empresa na rede social da Meta, Inc. é preciso ir na aba “Páginas”. Após isso, tem-se uma opção chamada “estatísticas” que permite a observação das “visualizações da página”.

Você pode segmentar essas métricas em idade, gênero, país, cidade, dispositivo acessado, entre outras opções. Com isso, trata-se de uma ferramenta poderosa para que a empresa compreenda o seu público-alvo e como ele interage.

É importante informar que as páginas caracterizadas como “Comunitárias” não podem acessar as estatísticas. Portanto, garanta que a sua esteja alinhada aos termos comerciais da plataforma.

Como usar o facebook?

Para usar o Facebook você precisa saber como criar uma conta e os detalhes relativos à sua personalização. Para isso, confira a seguir o passo a passo para usar a rede social mais acessada do mundo

Qual o passo a passo para criar um perfil no Facebook?

Para criar um perfil, você deve acessar a página principal do site. Após isso, direcione-se até a opção “abra uma conta” e preencha as informações de nome, sobrenome, celular ou e-mail, além de: 

  • Senha; 
  • Data de aniversário;
  • Gênero com o qual se identifica.

Depois, passe pelas etapas de criação de conta que consistem em três fases. Em primeiro lugar, busque seus amigos que já tem perfil por meio dos seus contatos do e-mail ou do próprio número de celular.

A segunda etapa consiste em inserir informações mais profundas em relação a você. Por exemplo, grau de escolaridade e local de nascimento, bem como, onde reside atualmente. 

O último processo é aquele em que o novo membro decide a foto de perfil. Nesse sentido, é possível que o usuário realize um upload do próprio computador ou use a webcam para tirar uma imagem na hora.

O que é e como criar uma Fan Page no Facebook?

As Fan Pages do Facebook são meios de divulgar uma marca ou um produto da empresa em questão. Nesse aspecto, são perfis públicos com uma abordagem comercial, seja uma loja ou até mesmo um entretenimento musical e artístico.

Para que você crie uma Fan Page é preciso selecionar a opção “Criar uma página” e selecionar a categoria que melhor se enquadra na sua proposta. Dessa forma, existem muitas oportunidades de escolha para o seu negócio.

laptop mostrando a página inicial do facebook
O Facebook possui uma opção de criar a sua conta na página principal do site. Imagem de PhotoMIX-Company no Pixabay.

Selecione a subcategoria

Além das opções de negócios, empresa, organização, instituição, marca, produto, artistas, figura pública, causa ou comunidade, você tem as subcategorias. Nesse sentido, é possível especificar ou até mesmo alterar a informação para otimizar as buscas. 

Preencha as informações

Lembre-se de preencher as informações de forma completa, ou seja, coloque uma boa descrição que resume toda a cultura do seu negócio. Além disso, elenque os links para as outras mídias da sua empresa para gerar mais acessos aos seus conteúdos.

Personalização

Faça uma personalização da sua página do Facebook para garantir uma identidade visual que encante os usuários. Nesse sentido, mantenha um padrão entre a foto de perfil, a capa e os conteúdos que serão postados ao longo do tempo.

A padronização de uma seleção de cores, linguagem e tipos de postagens vai fazer com que as pessoas identifiquem a sua marca. Dessa forma, você cria uma conexão com os seus seguidores e aumenta a visibilidade do seu negócio dentro da sua área de atuação.

Quais os tamanhos de imagem permitidos na rede social?

É importante conhecer os tamanhos de imagens para redes sociais. Assim, dentro do perfil no Facebook tem uma padronização de dimensões individuais.

Com isso, é de extrema importância saber esses números para gerar fotos que se adequam ao proposto pela plataforma, confira os principais:

  • Imagem de perfil original (mínimo 180 x 180 pixels);
  • Foto de perfil em celulares (140 x 140);
  • Imagem de capa no perfil pessoal (851 x 315);
  • Foto de capa em páginas (828 x 315).

A linha do tempo, principal função de compartilhar conteúdo, também possui recomendações de tamanho. Nesse sentido, a foto na timeline deve ser de dimensão 1200 x 630 pixels. 

Os formatos aceitáveis são o JPG e o PNG, além disso, o tamanho das imagens deve chegar no máximo até 100 KB. Dessa forma, é preciso prestar muita atenção na hora de criar um anúncio para a sua empresa, pois ele pode ser barrado se não seguir o padrão.

Vale dizer que quase todas as redes sociais possuem essas definições, embora os números variem de acordo com cada uma. Afinal, é preciso uma padronização bem definida em relação ao layout que a empresa desenvolveu para aquele meio de comunicação. 

Imagem de perfil para mobile

A imagem de perfil também pode ser reduzida em 160 x 160 pixels no desktop e 50 x 50 para o mobile. Com isso, é importante perceber que tudo varia de acordo com o equipamento que você acessa o Facebook.

Foto de capa e na linha do tempo

Uma foto de capa possui um tamanho mínimo de 504 x 283, já a linha do tempo não tem um valor próprio para isso. Além disso, a timeline possui para a exibição uma largura máxima de 504 pixels.

Link na linha do tempo e no feed de notícias

O link na linha do tempo tem um tamanho recomendado de 1200 x 630 pixels e o mínimo de 600 x 315. Nesse sentido, ele não especifica quais são os formatos aceitáveis para o uso na timeline.

Já o feed de notícias acompanha os mesmos valores da linha do tempo, porém, aceita apenas os formatos JPG e PNG. Por fim, possui uma largura máxima de 470 pixels. 

Feed de notícias

A parte do feed de notícias do Facebook permite que o usuário compartilhe fotos, vídeos, links e outros tipos de conteúdos. Nesse sentido, é a forma mais efetiva de mostrar aos seus amigos e familiares o que você fez ou algo que te interessa. 

O que é Facebook Ads?

Facebook Ads é uma forma que a plataforma do Zuckerberg possibilita de criar campanhas publicitárias e de marketing. Dessa forma, a ferramenta usa as estatísticas do site para ajudar o anunciante a entender o seu público e o conteúdo que ele consome. 

É um jeito que as empresas têm de se aproximarem dos seus clientes com materiais planejados com base em dados demográficos. Assim, você pode investir em anúncios com vários objetivos, como:

  • Aumentar a visibilidade do negócio dentro do nicho;
  • Garantir autoridade em relação ao produto ou serviço que oferece;
  • Realizar mais vendas e acessos às outras mídias da empresa.

Vale dizer que o Facebook fica com uma parte do faturamento que se gera por parte dos anúncios em sua plataforma. Afinal, ele te oferece uma série de informações que ajudam na criação das campanhas e na difusão da marca para as pessoas certas. 

Os Ads aparecem, geralmente, entre um post e outro durante o contato do usuário com a linha do tempo. Nesse aspecto, ele usa das dinâmicas dos grupos e dos marketplaces para levar a propaganda ao público correto.

laptop mostrando a tela de login do facebook
Acompanhe as métricas de desempenho dos seus anúncios no Facebook para saber quais são os mais efetivos. Imagem de Kenny Eliason no Unsplash

Como funciona o Facebook Ads

A plataforma de Ads funciona por meio de escolhas relativas ao público-alvo das postagens, as datas nas quais serão realizadas e quanto será investido. Nesse aspecto, a empresa precisa contar com bons profissionais de marketing para realizar as decisões apropriadas.

Uma boa segmentação da persona alinhado ao objetivo da campanha é o que vai garantir o seu sucesso. Portanto, entenda o Ads como um investimento, não como um gasto, que terá retorno caso tudo seja feito da forma correta.

Os conteúdos postados podem ser tanto vídeos quanto fotos com objetivos de gerar mais vendas ou expandir a visibilidade da marca. Dessa forma, é importante planejar cada post em relação aos fatores de decisão que a própria plataforma oferece ao anunciante.

Confira algumas dicas para usá-lo

Use os dados demográficos ao seu favor e entenda qual é o seu público-alvo antes de aplicar o investimento na ferramenta. Afinal, você não quer que o seu conteúdo seja espalhado para aqueles que não tem o interesse na sua marca ou no seu produto.

Verifique questões como idade, gênero e grau de escolaridade. Além disso, faça links com outros canais da sua marca para que o usuário se sinta integrado à cultura da sua empresa o mais rápido possível. 

Como usar a rede social no marketing digital?

Para usar a melhor rede social de todas em seu plano de marketing digital é preciso ter uma equipe com o foco em canais digitais de interação. Nesse aspecto, o uso dessa plataforma é essencial por se tratar da maior com esse intuito.  

Ela permite que a sua empresa seja vista por muitas pessoas e proporciona interações benéficas para as campanhas de publicidade. Assim, confira as principais dicas de como garantir um bom marketing dentro do Facebook.

1- Planejamento

Os anúncios que você vai criar na plataforma precisam de um planejamento claro e eficaz. Para isso, pergunte-se sobre como a sua marca deseja se comunicar com o público e como ela faz com que essas pessoas interajam com o seu conteúdo.

2- Tenha uma boa equipe

É preciso que você tenha uma boa equipe que seja especializada na rede social em questão. Afinal, a estratégia de marketing precisa ser alinhada aos parâmetros do Facebook e eles são diferentes de outras mídias de comunicação. 

Uma Fan Page, por exemplo, consegue ser acessada por múltiplos administradores. Portanto, todo o time pode trabalhar de modo simultâneo na página e acompanhar os resultados.

3- Escolha o tom de voz

A linguagem e o tom de voz usados na campanha devem ser definidos com base na persona e suas características. Com isso, aproxime o seu público para dialogar e usar os termos que eles mais gostam, além de humanizar a interação entre empresa e cliente.

4- Conheça o seu público-alvo

Tenha uma persona com os dados que o Facebook fornece e outras métricas de marketing digital que a sua equipe apurar. Nesse sentido, entender quem é o seu cliente ideal faz com que a estratégia fique mais fácil de ser planejada. 

5- Faça um plano e defina a verba

O plano é o que determina quantos anúncios serão enviados e como eles serão difundidos. Então, as escolhas da sua campanha vão definir, também, a verba aplicada no processo e as estimativas de retorno do investimento.

6- Invista em um conteúdo de valor

Uma das principais dicas para a produção de posts é o foco em conteúdo de valor para o seu público. Para isso, não fique preso no produto ou serviço ofertado e faça postagens interessantes, interativas e que atinjam os gostos da sua persona. 

7- Seja constante

Determine a quantidade de posts e a frequência deles para ser constante no Facebook. Afinal, parar de postar o conteúdo vai fazer com que o engajamento da sua audiência caia gradativamente. 

Garanta que todo o seu material esteja planejado com data, hora e dia de acordo com a sua persona. Nesse sentido, o comportamento do seu público vai guiar essas escolhas por parte da sua equipe de marketing.

pessoa acessando o facebook no celular
O marketing digital no Facebook demanda profissionais qualificados para a rede social e suas propagandas. Imagem de Erik Mclean no Unsplash

8- Meça os resultados

Acompanhe as métricas relativas ao número de curtidas, visualizações e demais interações com o seu post. Dessa forma, você entende quais conteúdos possuem maior engajamento com o seu público. 

9- Interaja com a audiência e não deixe os comentários sem resposta

Não deixe de usar a função de comentários das suas publicações e interaja com os usuários. Com isso, você garante a impressão de que a sua empresa se importa com o cliente.

Vale a pena usar o Facebook na sua estratégia de marketing digital?

O Facebook é a maior mídia de comunicação e interação entre amigos e familiares do mundo todo. Dessa forma, a sua empresa precisa se posicionar dentro dessa quantidade massiva de usuários para ter uma boa estratégia de marketing digital que garanta:

  • A difusão da imagem da empresa no nicho do seu negócio;
  • O aumento de número de vendas por meio de anúncios;
  • A criação de uma autoridade dentro do mercado.

Entender as funções dessa plataforma de interação social permitirá que a sua marca expanda a sua cultura. Além disso, você pode focar tanto em conversões de venda diretas quanto em nutrição de leads e outros objetivos que se adequam ao seu negócio.

Use os grupos da ferramenta para entender o comportamento do público que consome conteúdos relativos ao ramo da sua empresa. Após isso, crie posts que façam sentido para essas pessoas e ganhe mais curtidas.

O Facebook também é um local perfeito para que qualquer negócio consiga analisar a sua concorrência direta. Dessa forma, verifica o que está em falta em seus domínios e assim, trabalha em cima dessas lacunas que o mercado deixa dentro do mundo digital.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes