Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Notificações push: o que são e como usá-las no seu site

Com certeza você já recebeu notificações push na tela do seu celular. Afinal, essa é uma estratégia de Marketing muito usada, mas algumas vezes não é bem executada. Por isso, veja a seguir como aplicar essa técnica da forma certa e obter bons resultados.

O que são notificações push?

São mensagens e alertas que um usuário recebe na tela inicial de seu aparelho, como uma notificação. Essas por sinal, tem como propósito engajar e causar cliques no aplicativo ou no site. Aliás, vale destacar que existe a via web e mobile.

De qualquer forma, as duas são estratégias que se enquadram no Marketing de permissão. Então, essa técnica pode melhorar a relação do cliente que aceitou o contato. Inclusive, o conteúdo do alerta pode ser:

  • Cupons;
  • Descontos;
  • Compras;
  • Atividades.

O termo em inglês push, significa empurrar. Ou seja, é o que o app faz quando envia uma notificação desse tipo, ele empurra o conteúdo ao cliente. Por isso, é preciso ter um estudo profundo antes de começar a praticar para que seja efetivo.

Como funcionam as notificações push

Um exemplo desse alerta é quando há uma promoção em uma loja, logo, ela envia um alerta sobre isso. Por exemplo, um conteúdo novo em uma rede social, site ou blog. Assim, aparece na tela do usuário.

imagem de uma pessoa usando o laptop e, na tela, há uma ilustração remetendo a uma página de e-mails
Foto: As notificações push podem ser via web ou via mobile. Imagem de rawpixel.com no Freepik.

Como as notificações push podem ajudar seu negócio?

Esse é mais um canal de fala que um negócio pode usar para se beneficiar e entrar em contato com o cliente. Então, os benefícios são diversos e com certeza irão alavancar a sua empresa. A seguir, veja os motivos para fazer a notificação push.

  • Ajuda a conhecer melhor o público-alvo;
  • Melhora a relação entre os clientes fiéis e os novos;
  • Trabalha a autoridade e reputação;
  • Aumenta o tráfego.

Com essa estratégia pode-se oferecer descontos e ofertas personalizadas, Além disso, ao usar um bom copywriting nas mensagens, o cliente acaba por ter uma ação, que no geral é a de clicar no alerta e entrar na página.

Aumentar o engajamento com o uso das notificações

O engajamento no Marketing é quando um usuário faz uma ação de forma ativa em uma rede social, blog ou site. Por exemplo, a Netflix sempre envia alertas para os seus assinantes de forma individual, sobre o que mais combina com seus gostos.

Com essa técnica, os clientes irão manter uma relação com a marca, visto que há um interesse por parte deles em consumir algum conteúdo. Dessa forma, a plataforma fica sempre ativa, com milhões de usuários engajados.

Como otimizar as notificações push?

As notificações push não podem ser algo simples ou sem objetivo. Na verdade, elas precisam ser muito bem pensadas para que não virem um incômodo para o usuário. Nesse sentido, é preciso segmentá-las e analisar uma série de coisas, como:

  • Persona;
  • Melhores horários;
  • Frequência de disparo.

Vale destacar que esse tipo de conteúdo por ser mal usado por muitas empresas acaba por até mesmo irritar os clientes. Mas, quando bem planejadas, são divertidas, interessantes e até necessárias para quem as aceita.

Use as notificações push de forma estratégica

Esse tipo de mensagem não serve só como aviso ou lembretes da marca. Isso porque, quando usada de forma pensada, gera mais vendas, autoridade e faz com que os clientes se tornem fiéis a sua empresa.

1 – Como usar a técnica de copywriting em notificações push?

O copywriting é a arte de escrever textos, frases e estruturas que fazem com que o leitor tenha uma ação, que é a de comprar ou assinar um serviço. Ou seja, é indispensável na hora de produzir uma notificação push.

Passos indispensáveis para a copy da sua notificação

Conheça, então, quem é o seu público-alvo, defina um tom adequado para tratar com ele e crie uma conexão. Além disso, use conteúdos atrativos e que as pessoas possam se identificar. Afinal, a copy é o texto que converte em vendas e precisa estar nos alertas.

2 – Teste o horário de envio das suas notificações

A hora escolhida também é muito importante. Isso porque, ela é decisiva para o desempenho da mensagem, afinal, caso o usuário não tenha interesse naquele momento, ele pode cancelar os alertas. Um conteúdo em horário comercial não é bom, por exemplo. 

Planeje o envio das suas notificações

Teste horas diferentes e planeje quando serão os disparos de notificações. Assim, com esses experimentos você conhecerá mais a base que tem. Além disso, será possível definir qual o período mais apropriado para fazer os envios.

homem de terno usando o celular no meio da rua
Foto: É importante verificar a hora da notificação push para que não seja um incômodo. Imagem de Katemangostar.com em Freepik.

3 – Use a segmentação e personalize suas notificações push

Quando a empresa se preocupa em enviar uma mensagem exclusiva para os seus clientes tudo fica mais fácil. Isso porque, ao mandar algo que atende aos gostos do usuário, a mensagem será melhor aceita por ele.

Crie vínculos com os destinatários das notificações

Quando essa prática é feita, um vínculo é criado com a sua persona, visto que ela entende o alerta recebido. Aliás, quando isso é feito dá para filtrar quais os melhores conteúdos a serem abordados.

Como medir o resultado da sua estratégia de notificações?

São vários os tipos de métricas que existem para que seja possível medir o quanto a sua estratégia rendeu. Por exemplo, a taxa de cliques, em que é avaliado quantas pessoas clicam em uma notificação.

Métrica de vaidade na estratégia de notificação

As métricas de vaidade são os números que não representam o quanto a empresa está perto de suas metas. Ou seja, são as numerações que não geram nenhum resultado concreto nas redes sociais.

Como implementar a estratégia de notificações push no seu negócio

Agora que você sabe tudo sobre as notificações push, aprenda como aplicar essa técnica. A princípio, é preciso destacar que ela serve como alertas que informam sobre promoções, conteúdos novos ou descontos. Então, lembre-se de:

  • Criar segmentos dentro das mensagens;
  • Ter uma relação com o público;
  • Enviar alertas curtos e objetivos.

Tome como exemplo algumas empresas de sucesso, como o Ifood. Afinal, todos que possuem esse app no celular sabem como são os seus alertas. Afinal, a marca aderiu uma linguagem mais jovem e dinâmica que deu muito certo.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes