Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Planogramas: porque essa ferramenta é tão importante para as empresas

Não importa se você é responsável por uma ou loja ou supermercado, pois para ambos, os planogramas são uma ótima ferramenta para aumentar as suas vendas.

Os planogramas são essenciais no que diz respeito à disposição de produtos em lojas e supermercados, no entanto, poucos conhecem essa importante ferramenta. Por esse motivo, é indispensável saber o que é, quais as suas vantagens e como aplicá-lo.  

planogramas
Os planogramas promovem a organização estratégica de produtos. Imagem de Franki Chamaki no Unsplash.  

O que são planogramas?

Pode-se dizer que os planogramas se referem a uma ferramenta que visa direcionar a organização de produtos dentro de uma loja. Estes, também são conhecidos como plano de gôndola, tal qual, considera diversos fatores na hora de organizar um item, são esses:  

  • posição nas prateleiras;
  • categoria do produto;
  • marcas;
  • aromas.

Acerca desses dos critérios avaliados, estes são apenas alguns exemplos, visto que, os fatores variam de acordo com o tipo de empresa e objetivos. A cada dia que passa, o uso do planograma aumenta por ser capaz de influenciar no processo de decisão de compra.

Em suma, eles são cruciais para conseguir dispor produtos de modo estratégico no ponto de venda e também para ajudar a criar táticas visuais de merchandising.   

Para que serve esta ferramenta?

Pode-se afirmar que, a principal função dessa ferramenta é viabilizar a organização de produtos de forma estratégica, com o propósito de gerar mais vendas. Mas, também serve para estabelecer o número de itens que serão expostos e separá-los por tipo. 

Além disso, é muito útil no que toca a definir a ordem que cada produto deve ocupar e indicar como se deve arrumar as vitrines. 

Quais as vantagens dos planogramas?

Sem dúvidas, os planogramas contam com vários benefícios, entre eles, o principal é o aumento das vendas. Apesar de, este já ser um ótimo motivo para investir na ferramenta, esta não é sua única vantagem, para somar, se pode citar os seguintes:

  • torna mais fácil o processo de repor produtos;
  • auxilia a estratégia do ponto de venda
  • ajuda a organizar e aproveitar melhor o espaço físico.

Aliás, outro ponto positivo do uso do plano de gôndola é ele ser capaz de criar uma relação entre a empresa e o cliente. 

Isso ocorre em razão de que, ao organizar uma loja com planograma, esta se torna mais agradável ao cliente, uma vez que, com os produtos dispostos em locais adequados, fica mais fácil para o mesmo encontrar o que busca. 

Em relação a uma estratégia bem estruturada, a ferramenta vai ser eficaz, inclusive, no controle de estoque e na criação de layouts mais efetivos. Assim como, favorece novas transações comerciais e, entre os indicadores de desempenho, ele é uma ótima opção. 

Estratégia mais eficaz para o seu ponto de venda

É possível dizer que, essa é a estratégia ideal para o seu ponto de venda, pois, ela se baseia no comportamento do cliente. Logo, ele considera todos os fatores para organizar os produtos, de modo que, estes estimulem o indivíduo a comprar por impulso.   

Enfim, é super eficaz pois promove inúmeros benefícios ao considerar todo o trajeto do indivíduo dentro de uma loja para dispor os itens conforme a necessidade do seu público.  

Pontos negativos do plano de gôndola 

Não que seja uma desvantagem, mas é possível que, muitos considerem a demanda de tempo, a necessidade de dedicação, avaliação e estudos como fatores negativos. Ao ter isso em mente, os malefícios vão variar de acordo com a perspectiva de cada um. 

Os planogramas ajudam a aumentar a venda de produtos?

Como já dito acima, os planogramas possuem o grande benefício de aumentar a venda de produtos

Tal fato ocorre em efeito ao melhor manejo e controle dos produtos, portanto, colabora para uma melhor experiência do cliente, por consequência, ocorrem mais vendas. Além do mais, a ferramenta favorece a aplicação de mudanças estratégicas.

Essas alterações, quando feita de modo assertivo, promove a venda cruzada de itens, o que resulta em, consumidores satisfeitos e maior lucro para a empresa. 

Como a ferramenta se compara a outras estratégias de merchandising?

Antes de mais nada, é essencial compreender que merchandising é uma estratégia da área de marketing, por isso, visa a venda de produtos. Por sua vez, foca em fazer a mercadoria de uma empresa girar, e assim, diminuir custos com produtos parados no estoque. 

planogramas
Os planogramas ajudam as empresas a efetuar mais vendas. Imagem de Steve Buissinne no Pixabay.

Ainda que o cross merchandising ajude a reduzir os gastos de uma unidade, o seu objetivo principal é gerar interesse de compra no cliente. 

Em função disso, é viável comparar as duas ferramentas que, no geral, buscam fazer com que as empresas realizem mais vendas. Ao analisar ambos, é válido afirmar que a junção das duas estratégias é uma ótima opção para atrair clientes, reter e converter em vendas. 

Como o planograma ajuda a empresa a se adaptar às mudanças do comportamento do consumidor?

A partir do momento que a unidade precisa estudar o comportamento do cliente para aplicar a estratégia, ele consegue captar insights importantes que vão fazê-la se encaixar às novas necessidades do consumidor.  

Em vista disso, fica simples compreender que, o processo de adaptação ocorre em paralelo às análises feitas sobre as práticas de compra do público alvo da empresa. 

Ferramentas e softwares para criar o plano de gôndola 

Hoje em dia, a demanda por softwares é enorme, em especial, por aqueles que ajudam a facilitar processos e que melhorem a rotina de gestão. Dessa maneira, há uma lista enorme de alternativas de softwares no mercado para você escolher.

Dentre essas opções, as mais indicadas para produzir e monitorar o plano de gôndola, são: Leafio, Spaceman Software, SG Sistemas, VR Software, Maxima Tech, Dotactiv, Relex Solutions e Symphony Retailai. 

Como utilizar os planogramas para criar uma boa experiência de compra para o cliente?

De início, para que os planogramas gerem uma boa vivência ao usuário, o ideal é que a empresa estude o comportamento de compra dos mesmos. Só então, após conhecer as suas carências e desejos, é que será possível gerar a melhor experiência.

De maneira resumida, essa ferramenta torna a jornada de compra mais prazerosa para o cliente e, isso implica em uma melhor relação entre empresa e consumidor. Logo, ao a unidade conseguir oferecer mais soluções, está se sobressai como uma ótima experiência. 

Exemplos práticos do uso da ferramenta

Com intuito de, entender como o planograma na prática, responda a pergunta abaixo. 

Imagina você ir ao supermercado comprar leite, ao chegar na seção está tudo desorganizado, então, é preciso se esforçar para escolher a melhor opção, dito isso, quais as chances de você voltar até esse estabelecimento?

Certamente você respondeu que não irá voltar, é exatamente isso que a estratégia busca evitar, pelo contrário, a intenção é facilitar esse momento de compra. 

Como implementar os planogramas na sua empresa?

Para conseguir implementar os planogramas na sua unidade, é vital seguir alguns passos. Vale destacar que, o objetivo da estratégia é vender o produto, dessa forma, as expectativas e carências do cliente são a sua base, diante disso, se deve considerar:

  • analisar o ponto de venda (PDV);
  • definir os critérios de organização dos produtos; 
  • calcular o espaço físico que cada produto ocupa;
  • estudar o comportamento de compra do consumidor;
  • conferir os resultados da estratégia.

Embora essa ferramenta seja feita sob os mesmos critérios em todos setores, é importante saber que, supermercados e farmácias precisam de uma atenção especial. Em outras palavras, estes dois possuem atributos diferentes dos demais e necessitam de cuidados.  

planogramas
Os planogramas facilitam o processo de compra do cliente. Imagem de Viki Mohamad no Unsplash.

Defina uma equipe e evidencie os produtos mais rentáveis

O primeiro passo ao decidir implementar a ferramenta em sua empresa, é definir uma equipe para colocar o projeto em prática. Desse modo, fica mais fácil alinhar todos os envolvidos, traçar ações e estabelecer os deveres de cada um. 

Em seguida, é preciso definir os produtos com maior ROI e colocá-los nos locais mais visíveis, feito isto, você consegue aumentar a venda desse item. Bem como, esse ato ajuda tanto a melhorar a experiência do cliente, quanto como, ajuda a empresa a vender mais. 

Posição estratégica dos itens mais populares

Sem dúvidas, posicionar bem os produtos é essencial quando o assunto é o planograma, dado que, este objetiva influenciar no processo de decisão de compra. Logo, nesse método a ideia é organizar os produtos que mais saem no final da loja. 

Por meio dessa forma de organização, os clientes são “obrigados” a passar por mais setores, então, as chances de consumir um item, além do que, aquele que ele foi em busca de comprar, são maiores.

Invista nas promoções  

Seja como for, independente do segmento em que a empresa atua, fazer promoção é uma estratégia de vendas que sempre traz bons resultados. Porém, neste caso ela precisa ser bem elaborada e ser colocada em pontos táticos, com a intenção de, da vida a um setor x. 

Ou seja, o ideal é montar stands com essas promoções na área do seu comércio que recebe menos visitas, assim, ao visitar o expositor, o cliente acaba por prestar maior atenção naquela parte “apagada” da sua loja.  

Para criar essas ofertas, lembre-se de considerar a época do ano, os produtos que estão em alta, as tendências, para então, conseguir efetuar mais vendas.

Acompanhe todos os processos

Por fim, para garantir a melhor execução e resultado ao aplicar essa estratégia, a unidade deve definir um responsável para acompanhar todas as etapas. E, conforme isso, ouvir o feedback de clientes e funcionários, a fim de, criar táticas para aperfeiçoar o planograma.

Nessa perspectiva, o repositor é o funcionário ideal para essa função, desde que, bem orientado sobre como deve funcionar todas as etapas do processo. Enfim, ao decidir colocar essa ferramenta em prática, dedique tempo para mantê-la sempre atualizada.  

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Seu feedback é importante, comente!

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes