Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Otimize o design de blog com 7 dicas incríveis

Investir no design de blog é trabalhar para aumentar as conversões da página da sua marca, assim cores, fontes e imagens são alguns dos itens que ajudam nessa tarefa.

O design de blog pode determinar o sucesso de uma marca, bem como definir sua reputação no mercado. Afinal, o conteúdo agradável aos olhos chama a atenção, a saber, antes mesmo do que os textos. Saiba como otimizar essa ação a partir de 7 dicas.

O que é o design de blog?

Por design de blog entende-se o layout de uma página de conteúdo. Isso significa suas cores, fontes, formatos, navegação, entre outros fatores.

A ideia de uma marca ter um blog de sucesso não é recente, no entanto a novidade fica por conta da necessidade de aprimorar o que é oferecido, a fim de tornar aquele local atrativo para olhos tanto no visual, quanto nos textos.

Uma boa estratégia de marketing contempla o uso do blog para entregar conteúdo e informação de qualidade aos clientes e potenciais leads. No entanto, vale reforçar que um bom conteúdo não se vende sem um bom contexto de impacto visual.

Mãos femininas segurando lápis e desenhando em grande folha de papel que representa um layout de landing page
Para otimizar o design de blog é preciso pensar além do layout. Imagem de rawpixel.com no FreePik.

Como otimizar o design de blog?

Para otimizar o design do blog é preciso fazer um estudo que leva em consideração os aspectos visuais. No entanto, não apenas as imagens e cores, mas sim outros detalhes que interferem na experiência de navegação do lead.

O projeto de criação ou de upgrade de um blog envolve planejamento e estratégia, uma vez que é preciso pensar sobre a importância de conteúdos para blog, como algo atrativo por todas as pontas. Ou seja, ir além da produção de um bom texto.

Até mesmo porque, o primeiro impacto do lead diante da página é o visual, como por exemplo, as cores e a disposição das imagens. Porém, a revolução digital implica em simples avanços, que quando não considerados, tornam a página não atraente, a saber:

  • o design responsivo;
  • a velocidade de carregamento das páginas;
  • a direção para as call to actions (CTAs).

Esse mix de fatores contempla 7 boas ações de otimização do blog. A seguir, vamos detalhar cada uma delas, para que você adote-as sem complicações.

Use a psicologia das cores

A psicologia das cores é uma das responsáveis por atrair a atenção dos leads. Logo, saber usar a cartela de nuances de maneira estratégica rende bons resultados ao otimizar o design de blog.

Operar com as cores da marca é uma estratégia comum, a fim de associar de que o cliente associe determinada paleta com a empresa. No entanto, a sua marca pode ir além para potencializar resultados.

Um exemplo está no release de um lançamento de um produto. Opte pelo uso de cores vibrantes, que chamam a atenção, assim como passa uma boa sensação. Brinque, neste exemplo, com cores complementares quente e fria, como o laranja e o azul.

Notebook cinza sobre poltrona ao lado de mala de viagem com mockups de blogs em sua tela
O excesso de cores e imagens prejudicam a otimização do design de blog. Imagem de rawpixel.com no FreePik.

Seja prudente com a quantidade de cores e fontes

A segunda boa ação para otimizar o design de blog conversa bem com o ditado popular que diz que “menos é mais”. Nesse sentido, ter bom senso para determinar cores e fontes influencia de forma direta nos resultados da página.

Para a paleta de cores, o ideal é que sejam no mínimo 4 e no máximo, 6 tons. Em ações pontuais a paleta pode ser ampliada, desde que na mesma nuance.

A regra é quase a mesma para as fontes, mas 4 é o limite aceitável de tipos de letra diferentes. O padrão de escrita ajuda na organização visual do leitor e isso implica, o que ele vai compreender como destaque ou complemento de informação.

Poluir de forma visual o site não é, de forma alguma, atrativo. Gera confusão e por fim, a informação valiosa que a sua marca deseja oferecer ao público, pode passar em branco, sem nenhuma importância.

Apresente os posts de forma bem escaneável

Um conteúdo escaneável implica em uma leitura fácil e acessível. Para tanto, a dica aqui é quebrar o seu texto em partes menores, a fim de proporcionar uma experiência fluída ao lead.

Incluir vários subtítulos, assim como imagens e suas descrições, e bullets durante o texto cooperam com a escaneabilidade do post. Por fim, divida parágrafos, para que fiquem menores e assim, sejam lidos de forma mais ágil. 

Lembre que o leitor da internet costuma realizar uma leitura dinâmica do conteúdo. Se nesse momento, o texto parecer interessante, ele volta ao topo e lê tudo. 

Ou seja, trabalhar para apresentar conteúdos bem escaneáveis colabora com o design do blog, ao passo que cativa a impressão do leitor. E você realizar essa ação ao incluir o trabalho do SEO Writing.

Dê um upgrade no carregamento das páginas

Imagine que a sua marca trabalha para oferecer conteúdos de primeira e além disso, possui uma perfeita otimização do design do blog. No entanto, a experiência de navegação do lead é péssima, devido à velocidade do carregamento da página.

Esse ponto é um dos “pecados mortais de um blog”, ou seja, compromete toda a estratégia de marketing, ou seja, o pensar fora da caixa. Já que a partir do momento que o usuário perde a paciência com a demora, logo, ele deixa a página.

Para evitar esse erro, existem ferramentas para blogs como por exemplo, o PageSpeed Insights, que fazem uma varredura na página. Assim, apontam o que deixa a página lerda e compromete a acessibilidade.

Pessoa segurando tablet branco e clicando na tela em botão Sign Up
A otimização do design de blog deve contar com CTAs atrativas para o clique. Imagem de rawpixel.com no FreePik.

Chame a atenção para os CTAs

A ideia do blog, além de oferecer conteúdos, é levar o lead a começar uma jornada. Seja para exploração de informações adicionais, bem como para uma possível compra. Dessa forma, os CTAs devem ser sobressalentes aos olhos do leitor.

Para otimizar essa ação, trabalhe com o design de blog de forma a destacar o CTA. Se a página for extensa, por exemplo, garanta que ele vai rodar a página, para que o leitor tenha sempre contato com a chamada.

No entanto, se a página for menor retome a dica da psicologia das cores e dentro da cartela da marca, busque nuances que evidenciem o CTA e assim, proporcionem o clique.

Use técnicas de CRO

O CRO (Conversion Rate Optimization) são as ações de pesquisa, testes, assim como modificações na estrutura de uma página a fim de aumentar suas conversões.

Para aplicar o CRO no blog, use testes do formato A/B tanto na segmentação do blog, como do próprio conteúdo. Isso pode acontecer por meio das CTAs, das cores, imagens, assim como das janelas de pop-ups.

Vale reforçar que, para usar o CRO, foque nas páginas que contemplam as estratégias do seu blog, como por exemplo nas landing pages, bem como as páginas de post.

Aprimore a usabilidade

O conceito de usabilidade é semelhante ao design. Alguns profissionais, por sua vez, indicam o design como um dos responsáveis por melhorar a usabilidade de um blog.

Ao trabalhar esse ponto, a sua marca deve criar estratégias que facilitem a experiência do usuário, bem como prolonguem o seu tempo de navegação, como por exemplo:

  • destacar os links, para facilitar a visualização;
  • usar o design responsivo;
  • diminuir a quantidade de pop-ups.

Outros pontos que cooperam com essa ação, estão no próprio layout, que deve ser harmônico ao passo que atraente. Isso torna a página bonita, a fim de que também seja funcional.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes