Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

TikTok deve ser banido, diz comissário da FCC dos EUA

O TikTok teve proposta de proibição por parte da Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC). A mesma citou preocupações de segurança nacional como justificativa para tal posicionamento frente à rede social.

Proposta de proibição do TikTok

A rede social de compartilhamento de vídeos pode estar enfrentando uma proibição nos Estados Unidos depois que um comissário da Comissão Federal de Comunicações (FCC) levantou preocupações sobre a segurança nacional.

A crescente popularidade do aplicativo nos EUA é preocupante porque a ByteDance, uma empresa chinesa, é proprietária dele. Isso significa que há potencial para que dados sobre cidadãos dos EUA sejam coletados na China.

Com 200 milhões de downloads apenas nos EUA, a FCC relata ainda que existe o risco de um agente estatal usar o TikTok para influenciar os cidadãos americanos.

Em fala oficial, um dos cinco comissários da Comissão, Brendan Carr, disse à Axios:

“Não acredito que haja um caminho a seguir para nada além de uma proibição”.

Carr não acredita que seja possível proteger suficientemente os dados do usuário de forma a garantir que eles não caiam em mãos erradas. Então, os criadores do TikTok podem ficar sem uma plataforma se os legisladores dos EUA ecoarem as preocupações da FCC.

Veja mais sobre a situação e o que pode acontecer devido à proibição proposta a seguir.

Imagem mostra montagem com fundo escuro e na frente símbolo do TikTok
TikTok pode receber banimento em território norte-americano. Imagem de Alexander Shatov em Unsplash

O TikTok será banido nos EUA?

A resposta curta é – ainda não se sabe ao certo. Isso porque a FCC não tem autoridade para regular o TikTok, embora exerça uma influência considerável sobre aqueles que o fazem. Por exemplo, o Congresso agiu anteriormente sobre as preocupações de Carr sobre as empresas de telecomunicações chinesas, o que resultou na proibição da Huawei.

Ainda não se sabe como e se os legisladores vão agir desta vez. Os políticos dos EUA têm opiniões divergentes sobre o TikTok, com alguns usando-o como uma plataforma para alcançar os eleitores e outros o condenando completamente .

O TikTok está atualmente negociando um caminho a seguir com o Council on Foreign Investment in the US (CFIUS), onde a empresa propõe alienar parte de seus negócios para uma empresa americana.

Carr tem pouca fé nas partes concordando, no entanto. O mesmo disse à CNN em uma entrevista:

“Talvez o acordo que o CFIUS acabe fechando seja um acordo incrível e hermético, mas neste momento eu tenho muita dificuldade em olhar para a conduta do TikTok pensando que vamos cortar uma construção técnica que eles não vão encontrar um caminho de volta.”

O que o TikTok tem a dizer sobre isso?

Um porta-voz do TikTok disse à CNN que a empresa está confiante de que chegará a um acordo com o governo dos EUA. Então, veja a seguir fala oficial de representante da marca:

“O comissário Carr não tem nenhum papel ou conhecimento direto das discussões confidenciais com o governo dos EUA relacionadas ao TikTok e não está em posição de discutir o que essas negociações envolvem. Estamos confiantes de que estamos no caminho para chegar a um acordo com o governo dos EUA que satisfará todas as preocupações razoáveis ​​de segurança nacional”.

Por enquanto, ainda é normal para o TikTok nos EUA, embora possa ser uma boa ideia que os criadores tenham um plano de backup em caso de proibição.

Uma dica é o YouTube Shorts, que é sempre uma opção e também paga melhor.

Fonte: SearchEngineJournal.com

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes