Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Bing: saiba o que é essa ferramenta e como usar

Usar o Bing vai muito além das pesquisas na internet, já que este buscador é o segundo mais popular no mundo e tem muitos recursos. Então, continue sua leitura neste artigo para saber o que é essa ferramenta e como usar no seu plano de marketing.

O que é o Bing?

É uma das ferramentas de pesquisas na internet e pertence à empresa Microsoft, de modo que é um dos principais buscadores. Contudo, é o segundo em domínio no mercado, sendo o Google o primeiro no qual é preterido por uma grande parte dos usuários. Mas, esse mecanismo não fica atrás dos seus concorrentes, afinal, ele também procura por resultados em diversos aspectos como na:

  • Web;
  • Imagens;
  • Vídeos;
  • Notícias;
  • Recursos de mapas.

Tudo isso para fornecer uma experiência completa e agradável para quem usar a ferramenta. Além disso, segundo a própria Microsoft, mais de 160 milhões de pessoas usam o Bing para fazer suas pesquisas e demais buscas. Esse mecanismo foi criado em 2009 para substituir outros buscadores da empresa, eram eles o:

  • MSN Search;
  • Windows Live Search;
  • Live Search. 

Logo nos primeiros meses em que essa ferramenta de pesquisa passou a funcionar, ela cresceu de tal forma que surpreendeu muito. Com isso, surgiu uma parceria com o Yahoo, que até então era a segunda no mercado, assim, também passou a exibir os seus resultados. 

Quem usa o Bing?

Esse buscador é padrão em diversos tipos de aparelhos eletrônicos, desse modo, quem possuí-los irão utilizar o Bing para fazer pesquisas. Alguns desses equipamentos são os da Microsoft, bem como o Amazon Kindle e a Siri, da Apple, que aumenta a participação da ferramenta no mercado.

Vale ressaltar que os países onde há uma maior relevância desse mecanismo são os Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. Todavia, em outros lugares do mundo, o buscador não faz muito sucesso, ou seja, o Google segue com o domínio em muitas federações ao redor do globo.

As vantagens que o Bing oferece

Esse mecanismo de busca oferece alguns recursos que o seu principal concorrente não tem. Nesse sentido, uma das vantagens é o verificador de notícias, afinal, nos dias de hoje as fake news são um grande problema. Por isso, o buscador verifica as informações dos conteúdos e indica quais são verdadeiros.

Outro grande benefício é que os usuários podem salvar os resultados das suas pesquisas, sejam eles, imagens, vídeos ou notícias para usar quando quiser. Contudo, quem optar por essa ferramenta de busca em dispositivos móveis, terá recursos que mostram onde há lugares próximos, como posto de gasolina e restaurantes. 

O Bing permite a verificação de notícias?

A verificação de notícias é um dos grandes diferenciais do Bing para que os seus usuários tenham uma experiência na internet com informações verdadeiras. Desse modo, quando alguém usa esse buscador, ele indica quais os conteúdos contém dados com fatos comprovados e reais, bem como os que não são. Assim, as pessoas terão maior confiança no que estão lendo pela ferramenta.

Bing salva os resultados de busca

Com o Bing, tudo o que procurar na internet, poderá salvar os resultados de pesquisa para que possa usar em outras ocasiões. De modo que não importa se sejam imagens, notícias ou vídeos, a ferramenta oferece esse recurso para que seus usuários tenham ainda mais funcionalidades.

Quais as diferenças entre o Bing e o Google?

Uma das grandes diferenças entre esses dois mecanismos de pesquisas são os layouts de suas interfaces, visto que elas apresentam aspectos parecidos. Todavia, o Bing aposta em detalhes para compor esse aspecto com imagens de belas paisagens, como florestas, montanhas, cachoeiras, rios e mares. 

Já o Google tem uma proposta mais minimalista, visto que essa bigtech tem o intuito de fazer com que os usuários foquem na sua pesquisa. Contudo, veja nos tópicos a seguir outras diferenças entre esses dois buscadores que destacam mais atributos a respeito de cada um. 

pessoa pesquisando online usando o laptop
O Bing é uma ferramenta de pesquisas na internet que foi criada em 2009. Imagem de Teona Swift no Pexels.

Bing

A qualidade dos resultados do Google e desse buscador não tem muita diferença. Mas, quando o assunto é em relação ao tempo de uma busca feita pelos usuários, esse mecanismo de pesquisas fica um pouco atrás. Ou seja, quando alguém procura por algo e quer que apareça os mais recentes, a ferramenta não mostrará necessariamente o que é novo ou relevante.

Google

Com o Google, os resultados de buscas têm como prioridade as avaliações que os bots da ferramenta fazem nos conteúdos. Assim, para falar de um modo mais resumido, tudo o que irá aparecer nas páginas de pesquisas são por ordem de relevância. Contudo, uma das grandes diferenças que vale citar também, além do número de usuários entre as duas, são as plataformas de anúncios que elas têm.

O que é o Microsoft Advertising?

É uma plataforma de gestão de campanhas online, muito similar ao Google Ads, no qual visa aprimorar as estratégias de marketing dos usuários. Dessa forma, quem planeja entrar no mundo digital, pode usá-lo. A intenção do Microsoft Advertising é auxiliar com os anúncios, afinal, ele oferece muitas formas de segmentação que é o seu diferencial, por exemplo:

  • Local;
  • Idioma;
  • Horário.

Entre outras maneiras, além da palavra-chave, é claro e com isso poderá obter melhores resultados. Contudo, os recursos não param por aí, há muitos outros que irão dar mais qualidade e deixar suas campanhas ainda mais eficientes.

A extensão de links é outra delas, visto que a sua função é levar os clientes para uma página mais específica e fazer uma compra. Vale citar também que você pode colocar uma imagem do lado de um anúncio, assim, terá muito mais chances de chamar atenção. Com isso, as pesquisas dos usuários serão acrescidas de informações adicionais para atraí-los.

O Microsoft Advertising oferece um maior controle dos gastos aos anunciantes. Ou seja, as suas campanhas terão o orçamento que você definir de forma detalhada, diferente do Google Ads, que trabalha com custos diários.

Diferenças entre o Microsoft Advertising e o Google Ads?

Uma das maiores diferenças entre essas plataformas é o CPC, ou custo por clique, cujo os da Advertising são mais baratos. No entanto, uma forma interessante de usá-lo seria como complemento de suas estratégias, visto que o seu alcance não é tão poderoso quanto o concorrente. Já o foco de quem usa o Google Ads é aproveitar o grande fluxo diário de pesquisas que as pessoas fazem dentro da plataforma 

Segundo a Microsoft, os anúncios em sua plataforma podem chegar a 161 milhões de usuários. Mas, vale lembrar que a empresa não apresenta essa ferramenta como uma opositora no mercado, mas como uma opção para otimizar as estratégias de marketing. Por isso, a interface do Advertising é muito similar ao do Google Ads, para tornar o trabalho dos profissionais mais fácil. Contudo, veja nos tópicos a seguir mais diferenças entres elas.

Google Ads

O Google tem um fluxo diário de pesquisas muito maior em relação ao Advertising, por isso, muitos preferem usar o seu Ads. No entanto, a Microsoft não encara a bigtech como uma concorrente e sim um complemento. Ou seja, para quem trabalha com anúncios online é uma ótima maneira de otimizar estratégias.

Vale destacar também as formas de agendar uma campanha, visto que as duas plataformas permitem a escolha do dia e horário da publicação. Mas, o Google Ads fundamenta esses aspectos com o fuso em que você definiu a sua conta. 

Essa ferramenta também conta com parceiros credenciados, que são portais com bom alcance de público para que os anunciantes exibam suas campanhas. Contudo, esse é um jeito inteligente de dar visualizações para que as publicidades não se limitem a aparecer apenas nas páginas de propriedade desse buscador.

Microsoft Advertising

O Advertising é um gerenciador de campanhas para quem faz anúncios online no Bing. Contudo, essa ferramenta tem como objetivo principal ser um complemento para quem trabalha com estratégia de marketing, visto que o Google Ads é o principal. Dessa forma, você poderá impactar um público novo e diferente para ter um resultado mais satisfatório e com pouco orçamento.

Essa plataforma da Microsoft oferece vários recursos para quem atua no digital que destaca, por exemplo, o controle de gastos. De modo que você terá custos com ela de forma mensal. Assim, suas campanhas no Bing poderão ter um grande alcance, se feito de maneira trabalhada. 

Outro grande aspecto do Advertising é em relação ao agendamento dos anúncios, ao passo que você escolhe o dia e hora dos posts, sendo eles de acordo com o fuso da localização da sua audiência.

pessoa trabalhando em seu laptop
O Bing permite a verificação de notícias para evitar a propagação de fake news. Imagem de Christina Morillo no Pexels

Vale a pena usar o Bing hoje em dia?

Usar o Bing pode ser muito vantajoso tanto para fazer pesquisas quanto para otimizar as suas estratégias de marketing digital pelo Microsoft Advertising. Porque, ele conta com muitos recursos para que você tenha uma boa experiência, como:

  • Verificação de notícias;
  • Salva os resultados de pesquisa;
  • Baixo custo por clique (CPC);
  • Ferramentas para otimizar anúncios.

Entre outras tantas vantagens que os usuários terão ao usar essa plataforma de buscas na internet e aproveitar todo o seu potencial. Por fim, usar esse buscador pode ser uma boa opção para que a sua marca alcance um público ainda maior e tenha destaque no mercado.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes