Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

O que é Googlebot e como funciona o robô do maior buscador do mundo?

Googlebot é um crawler que afeta de forma direta os fatores de rankeamento do Google. Por isso, saber como ele funciona, bem como, o que consegue rastrear é essencial para quem gerencia um site. A seguir, então, entenda como usá-lo a seu favor.

O que é o Googlebot?

É o rastreador Web do Google, um importante agente na verificação de milhões de páginas que aparecem entre os resultados de pesquisa. Dessa forma, a sua função principal é visitar um site e cada blog encontrados nele, das quais ele identifica:

  • URL;
  • Título;
  • Conteúdo do texto;
  • Links;
  • Vídeos;
  • Imagens;
  • Documentos.

Vale destacar que ele rastreia tudo que estiver disponível em páginas públicas da web. Mas, isso não significa que são todas que passam pela verificação. Aliás, é possível bloquear alguns arquivos do seu site para esse robô. 

Robô do Google

Outros buscadores têm os seus próprios rastreadores. Então, quando se fala no robô do Google, refere-se ao crawler específico da empresa. Ainda que funcionem de modos parecidos, eles podem usar critérios de avaliação distintos.

homem sentado usando seu tablet. Ao seu lado na mes há uma xícara de café e, à sua frente, um livro
Legenda: O Googlebot analisa todo o conteúdo do site, exceto os restritos por senha ou bloqueados. Imagem: Karolina Grabowska no Pixabay.

Como funciona o Googlebot?

Antes de tudo, ele simula a ação de um usuário humano no seu site. Por isso, conta com dois tipos, um para dispositivos móveis e outro para computadores. Eles funcionam de forma simultânea em várias máquinas, a fim de acompanhar o crescimento da web.

Para realizar o processo de busca, o robô do Google usa a lista de URLs rastreada antes como base. Desse modo, visita o site novamente e adiciona as novas URLs encontradas para verificar também.

Search Console

É uma ferramenta que permite acompanhar o desempenho das suas páginas diante do robô indexador do Google. Assim, é um recurso que ajuda a otimizar o site, bem como, solicitar sua indexação de forma mais rápida.

Como o robô do Google impacta no seu site?

O Googlebot é quem indexa uma página, ou seja, visita e armazena os dados de cada uma. Então, elas ficam no índice do buscador, logo, podem aparecer nos resultados de pesquisa. Em síntese, esse crawler pode afetar o seu domínio nos seguintes aspectos:

  • Indexar página no Google;
  • Posição na SERP;
  • Tráfego.

Como o robô simula um usuário humano ao visitar seu site, ele avalia qual seria a experiência de uso e de conteúdo. Portanto, a seleção de palavras-chaves, o tempo de carregamento e a otimização para mobile, por exemplo, são importantes nesse processo.

Indexação de páginas

Depois de rastrear, o robô indexador do Google envia as informações processadas para o seu próprio banco de dados. Assim, há uma nova análise que leva em conta o texto, títulos e tags, além de questões ligadas ao SEO.

O Googlebot consegue rastrear o seu site?

Para rastrear uma página, antes de tudo, é preciso que ela seja de acesso público. Isso porque, o crawler não consegue encontrar as que estão bloqueadas por senha. Então, é possível saber o número de visitas e outros dados por meio do Search Console.

Robots.txt

É um arquivo que deve estar na raíz do seu site para indicar aos robôs dos diversos buscadores quais páginas podem ser rastreadas ou bloqueadas. Assim, você garante que os endereços eletrônicos e arquivos em fase de teste, por exemplo, não sejam exibidos.

Quais são as ferramentas para webmasters do Google?

Há muitas funções úteis para quem gerencia um domínio próprio ou de terceiros. Mas, alguns recursos de destaque e que tem a ver com a avaliação do Googlebot nas suas páginas são:

  • Search Appearance: saiba como seu site aparece;
  • Google Index: veja as páginas que estão indexadas;
  • Blocked Resources: páginas bloqueadas pelo Robots.txt;
  • Crawl Errors: relatório de erros ao rastrear uma página;
  • Sitemaps: arquivo que informa a organização interna do seu site.

Com isso, cada função permite não apenas conhecer, mas também editar preferências e corrigir erros. Assim, a ferramenta serve como um guia para melhorar a otimização do site tanto para o usuário quanto para o Google.

Google Webmasters

É o atual Google Search Console, uma ferramenta que analisa e propõe soluções para os problemas do seu site. Além disso, é um serviço gratuito e que exige apenas ter uma conta no maior buscador para criar um cadastro e usar suas funções.

Como bloquear o acesso do Googlebot ao seu site?

Antes de tudo, é preciso configurar o Robots.txt. Mas, há outras ações que se pode realizar, a fim de remover um conteúdo ou restringir o seu acesso. Portanto, confira as principais a seguir.

Principais formas

Os motivos para ocultar um conteúdo podem ser para manter a privacidade dos dados de alguém ou para não mostrar o que não é importante para sua audiência. Então, as principais maneiras de fazer isso são:

  • Remover o conteúdo;
  • Usar uma senha;
  • Retirar a imagem;
  • Noindex;
  • Metatag nosnippet;
  • Não autorizar serviços específicos do Google.

Pode-se bloquear algumas páginas do Google Notícias, por exemplo. Já as diretivas Noindex e metatag nosnippet devem ser aplicadas no Robots.txt do seu site. Dessa forma, os conteúdos que não são importantes para o usuário não serão exibidos.

homem sentado e, na mesa, há dois laptops e um monitor
Legenda: Criar e editar o Robots.txt do seu site é essencial para bloquear o Googlebot em algumas páginas. Imagem de olia danilevich no Pexels.

Como otimizar seu site para facilitar o trabalho do robô do Google?

O rastreador Web do Google leva em conta vários critérios para indexar os conteúdos do seu site. Portanto, é essencial aplicar todos ou a maioria dos métodos disponíveis, a fim de melhorar a experiência do usuário e a posição da sua página.

Métodos

Para otimizar o site, é preciso usar recursos para organizá-lo e deixá-lo mais rápido. Além disso, conhecer o SEO On Page também agiliza a análise de cada página. Em síntese, aplique estes métodos:

  • Criar um sitemap;
  • Definir o Robots.txt;
  • Simplificar os códigos;
  • Investir nas boas práticas de SEO;
  • Usar links internos.

Os links internos auxiliam o robô a identificar outros conteúdos do seu site e adicioná-lo à próxima lista de URLs para visitar. De fato, o sitemap e o Robots.txt são dois arquivos essenciais para otimizar seu domínio, já que organizam e funcionam como guia para o bot.

Use o Googlebot a seu favor

Com o acesso ao Search Console, por exemplo, você pode monitorar o desempenho das suas páginas para o Googlebot. Assim, aproveite as sugestões e melhore o seu site tanto para o robô quanto para seu público.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes