Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

O que é volatilidade no marketing?

A volatilidade no marketing afeta não só as campanhas de publicidade de uma empresa, mas também as áreas subsequentes que dependem de suas estratégias.

A volatilidade no marketing é algo comum no mercado, mas requer atenção, pois pode afetar as estratégias. Esse é um conceito amplo, que traz muitas questões importantes; por isso, é essencial entender seus impactos e como se preparar.

O que significa volatilidade no marketing?

A volatilidade no marketing se refere às mudanças que ocorrem em uma empresa devido uma série de fatores internos ou externos que causam instabilidade, por exemplo:

  • os gostos de clientes podem mudar com o tempo;
  • novas tecnologias podem surgir;
  • melhoria da concorrência com ideias e inovação disruptiva;
  • estratégias que não funcionam mais.

São muitos pontos que podem gerar uma certa flutuação nas ações de marketing de um negócio, o que irá afetar a sua eficácia. Ou seja, por ser imprevisível, a empresa tende a sofrer com os seus impactos.

Em um ambiente volátil, tudo pode mudar de uma forma muito rápida, o que atinge todos os setores do empreendimento, como as vendas. Assim, põe em risco não só as chances de captar clientes, mas o seu lucro.

A área de marketing é vital para o sucesso de qualquer negócio, por isso, é crucial que a equipe saiba se adaptar a tais mudanças. Uma vez que, mesmo em meio à instabilidade, pode haver uma forma de sair na frente das empresas que sofrem mais impacto.

Volatilidade: saiba o que esse conceito representa no mundo do marketing
A volatilidade no marketing pode afetar não só esse setor, mas a empresa como um todo. Imagem de Vlada Karpovich no Pexels.

Como enfrentar a volatilidade?

O setor de marketing de uma empresa precisa criar estratégias flexíveis para que tais mudanças no mercado não a atinjam de forma brusca. Ou seja, é preciso planejar as ações, mas pensar em pequenos ajustes de acordo com a recepção do público.

Isso vai permitir que a equipe possa mudar algo sempre que for necessário e manter a eficácia das suas abordagens e sofrer menos. Além disso, é vital acompanhar todas as tendências de mercado para sempre saber o que há de novo no seu nicho.

Investir em inovação também é uma forma não só de otimizar os processos internos do seu negócio, mas se preparar para um ambiente volátil. Desse modo, ajuda a sua equipe de marketing a se adaptar a tais mudanças. 

Quais fatores contribuem para a volatilidade no marketing?

Muitos fatores influenciam a volatilidade no marketing, como a mudança de gosto do cliente. Em suma, isso é algo até comum, visto que as preferências pessoais evoluem conforme o tempo, por isso, a empresa deve acompanhar o processo. 

O impacto que isso gera não só na forma de abordar o consumidor, mas nas receitas do negócio são muito grandes. Afinal, tudo é uma cadeia de processos que, de todo modo, irá afetar um ao outro, contudo, há outros fatores que se deve conhecer.

Uma delas é a concorrência, isso por si só já é algo que você não pode ignorar, principalmente quando se fala em marketing. Em síntese, em um nicho de mercado onde há muita disputa por espaço, as estratégias tendem a mudar de uma forma mais rápida.

Cada empresa vai buscar conquistar o seu cliente com o seu método mais eficaz, o que exigirá muito de sua equipe de marketing. Ou seja, os times irão buscar novas formas de abordar o seu público, usar tecnologias, ferramentas e outros elementos que o ajudarão.

A situação econômica

Um ponto que vale o destaque é a situação econômica do consumidor, no qual é afetada por muitos fatores, como recessões e crises. Em síntese, isso impacta na sua forma de compra, o que obriga as empresas a mudar a sua estratégia de marketing

Isso gera incerteza sobre como o cliente se comporta no mercado, o que requer um estudo maior sobre o público-alvo. A princípio, é importante que o líder ou gestor tenha em mente que as mudanças irão ocorrer e é vital se adaptar a elas.

Volatilidade: saiba o que esse conceito representa no mundo do marketing
Na volatilidade do marketing, uma das influências é a situação financeira do consumidor. Imagem de Nataliya Vaitkevich no Pexels.

Quais estratégias adotar para se adaptar à volatilidade no marketing?

Para se adaptar à volatilidade no marketing, é vital que a empresa faça uma avaliação contínua do seu ambiente, a fim de:

  • identificar tendências emergentes para adotar;
  • novas oportunidades;
  • saber quais são as mudanças na concorrência.

Isso vai permitir que a sua equipe tenha uma ação rápida para prevenir a empresa. Ou seja, não só reduzir os impactos das incertezas, mas se moldar às mudanças que irão ocorrer e se manter competitiva.

Para tanto, uma boa forma de coletar tais dados é com o uso de ferramentas de análises de dados, bem como monitorar as mídias sociais. A princípio, isso dará informações precisas para o seu time de marketing criar novas estratégias.

Criar estratégias flexíveis

É vital que a sua equipe de marketing crie estratégias que sejam flexíveis, ou seja, fáceis de ajustar conforme a necessidade. A ideia é otimizar suas campanhas com mais eficiência sempre que algo novo surgir, como:

  • novas tendências;
  • ações da sua concorrência;
  • feedback dos seus clientes;
  • entre outros pontos.

Não basta ser de qualidade, cada movimento que o seu time realizar precisa ser algo ágil e que se adapte às mudanças voláteis. Em suma, há muitos aspectos que podem ser úteis, como investir em big data e análise preditiva para se antecipar ao mercado.

Outro ponto vital para qualquer negócio é o uso de tecnologias que a empresa deve adotar com parte da sua inovação. Então, sempre fique atento a isso para ajudar a equipe a ter as melhores condições de trabalho e se adaptar às exigências de marketing. 

Abordagem omnichannel

Ter uma presença omnichannel, ou multi canais permite que responder os clientes de uma forma ágil, o que gera um diferencial competitivo. Uma vez que, mesmo em tempos voláteis no marketing, a relação com o seu público deve ser a mais clara e objetiva possível.

Volatilidade: saiba o que esse conceito representa no mundo do marketing
Para se adaptar a volatilidade no marketing, ter um canal omnichannel é muito importante. Imagem de Ivan Samkov no Pexels.

Como avaliar a volatilidade no marketing?

Avaliar a volatilidade no marketing requer o monitoramento do consumidor para saber o que ele prefere e como ele se comporta. Em suma, isso inclui coleta de feedback, pesquisa e análise de dados de vendas, além disso, outras métricas podem ajudar, como: 

  • monitorar as métricas de marketing;
  • analisar os concorrentes;
  • observar as tendências do nicho;
  • acompanhar as mídias sociais;
  • usar ferramentas para monitorar as tendências;
  • coletar feedback em tempo real dos clientes.

Cada um desses pontos são vitais na avaliação precisa sobre o quão volátil é o marketing do nicho em que sua empresa atua. Por fim, com tais dados, será possível se antecipar a tais mudanças e se adaptar a elas sem sofrer muito impacto.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Seu feedback é importante, comente!