Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Dicas de como procurar emprego e garantir a tão sonhada vaga

Procurar emprego pode ser uma jornada desafiadora que requer planejamento, preparação e persistência, desde a elaboração de um currículo e carta de apresentação até a identificação de oportunidades de emprego.

Procurar emprego pode se tornar muito desgastante, principalmente se você não se preparou da melhor forma possível. Por isso, ao seguir algumas dicas, você pode aumentar as suas chances de conquistar aquela vaga de emprego ideal, que você tanto sonha.

Pessoa digitando em teclado de notebook para Procurar emprego
Procurar emprego pode ser difícil no começo – Foto do site Pixabay

Qual o melhor site para procurar emprego?

Para procurar emprego, usar apenas um site ou plataforma, não é o bastante. Entretanto, o LinkedIn tem se destacado como uma plataforma com ótimas ferramentas para quem quer se empregar.

Nesse sentido, ficar atento aos novos recursos no LinkedIn para empresas, pode te trazer vantagens. E com isso, se sobressair na plataforma. Além de ser mais visto por empresas que buscam por novos funcionários.

Além disso, procurar emprego em outras plataformas, vai aumentar suas chances de encontrar algo que te interesse. Portanto, o segredo para conseguir uma vaga, é explorar as diferentes opções de sites e tirar o melhor proveito de cada um.

Como procurar emprego por meio de networking?

Procurar emprego com a ajuda de indicações, torna tudo mais simples. Portanto, criar um bom networking na área em que quer atuar, é muito importante.

Fazer networking, é criar uma rede de contatos em que podem ser, ou não, da mesma área que você atua. E para construí-lo, você precisa manter boas relações com os profissionais com quem interage.

Para criar essa rede, você pode começar a ir em eventos da área que quer atuar. Podem ser palestras ou encontros. Contanto que pessoas com o mesmo interesse se reúnam.

Além disso, existem outras sugestões de como se portar nesses eventos e dar o primeiro passo para a criação de um bom networking. Cabe citar:

  • cumprimentar as pessoas ao seu redor;
  • como também, perguntar sobre as pessoas antes de falar sobre você;
  • dar atenção quando a pessoa falar sobre seus interesses.

Esses são conselhos que podem te ajudar a começar uma interação. Após isso, você poderá falar sobre sua jornada para procurar emprego. E não tem problema você ser uma pessoa tímida. Ainda é possível mandar e-mails após o evento acabar.

Curriculum Vitae de famosos representando tema Procurar emprego
Procurar emprego com um bom currículo fará a diferença – Foto do site Pixabay

O que colocar no currículo quando for procurar emprego?

Ao procurar emprego, é preciso informar todas as suas competências de forma clara. Portanto, ter um bom currículo, se torna um ponto chave para a sua aprovação na vaga que deseja. 

Além de citar de seus dados pessoais, seu currículo deve apresentar sua área de atuação, formação acadêmica, as atividades exercidas e cursos realizados. Tudo de forma simples e em ordem cronológica.

Contudo, existem outras dicas que você pode seguir, para tornar seu currículo mais atrativo para começar a procurar emprego. 

Mude seu currículo para se adaptar a cada vaga

O currículo sempre deve estar adaptado para vaga que vai aplicar. Um profissional pode ter experiência em diferentes áreas. Porém, um currículo precisa conter apenas o necessário para a vaga em questão.

Muitos dados podem deixar o documento confuso. E ainda, sem o destaque para as habilidades exigidas para o cargo. Um currículo mal adaptado pode se tornar um problema para conquistar a vaga que deseja.

Para profissionais que atuam com a internet, é possível criar um portfólio online. Já que é uma ótima ferramenta para demonstrar os trabalhos já realizados. 

Como descrever suas experiências no currículo?

A magia da linguagem está nas diferentes formas de narrar um mesmo fato. Contudo, entre tantas possibilidades, existem maneiras mais adequadas para alcançar a reação que quer.

A primeira dica, é usar a voz ativa e não a voz passiva. Segue um exemplo da mesma experiência descrita com as duas vozes verbais:

  • forma errada: eu liderei um grupo de vendas;
  • assim a forma correta será: um grupo de vendas foi liderado por mim.

Ao usar a voz ativa no primeiro tópico, o “liderar” se tornou mais marcante. Por outro lado, na voz passiva, esse verbo ganhou menos destaque.

Outra dica, é usar números e estatísticas para mostrar seus resultados. Com isso, você irá demonstrar ter um perfil mais técnico para o recrutador. Por exemplo:

  • liderei um grupo de vendas com 25 pessoas;
  • bem como, conseguimos aumentar o número de visitas do site em 12%.

Com essas dicas, você poderá exaltar suas conquistas, apenas ao mudar a voz verbal da sua oração. Além de adicionar ao conjunto, alguns números.

Devo colocar todas as experiências no currículo?

É importante frisar que, ao procurar emprego, além das experiências profissionais, outras vivências podem ser citadas. Nesse sentido, projetos pessoais, intercâmbios e trabalhos voluntários, podem ser valorizados pelo recrutador.

Mas fique claro. Essas vivências devem ter relação com o aprendizado de alguma habilidade, importante para a vaga que vai aplicar. 

Logo, não precisa colocar no currículo, seu intercâmbio para aprender yoga na Índia, se a vaga exige habilidade no processo de vendas. Entretanto, se a vaga for para ensinar yoga, citá-lo terá um grande valor.

Qual a melhor forma de mandar o currículo?

Para divulgar seu currículo, você precisa colocá-lo em sites. Dessa forma, potenciais contratantes podem te encontrar. Além do LinkedIn, existem outros sites que podem te ajudar nisso:

  • InfoJobs;
  • bemcomo, Vagas.com;
  • Indeed.com.br;
  • e por fim, Emprega Brasil.

Quanto mais sites você usar, maiores serão as chances de conseguir um emprego. Por isso, explore o máximo que puder de cada um deles.

Contudo, é importante frisar que, terá que ter uma atenção especial em relação às atualizações do currículo. É importante não esquecer de atualizar seus dados em cada site em que se registrou.

Como procurar emprego enquanto gera renda?

Procurar emprego quando se está desempregado, pode ser difícil. Porém, existem outras formas de gerar renda enquanto você não encontra uma vaga. Além disso, é possível encontrar outros modelos de trabalho além do formal.

Por isso, trabalhar em empregos temporários, pode te ajudar a manter as contas em dia. Pelo menos enquanto você busca por melhores oportunidades. Existem algumas opções que pode tentar:

Freelancer

Freelancer é uma forma de trabalho em que o funcionário exerce sua função sem vínculo de emprego e de forma autônoma. Além disso, trabalhar como freelancer traz algumas vantagens, como: 

  • flexibilidade de horário; 
  • bem como, menor despesas; 
  • potencial para altos rendimentos.

Mas, como tudo na vida, esse tipo de carreira também possui desvantagens. E é necessário que o profissional esteja preparado para lidar com elas. Como por exemplo:

  • instabilidade financeira;
  • e por fim, não ter direito a férias e a outros benefícios;

Com isso, se tornar freelancer pode te ajudar a se manter quando estiver na busca de um emprego. Por isso, essa é uma opção que não pode ser descartada para gerar renda.

Marketing de afiliados

O Marketing de Afiliados, se trata da atividade de divulgar um produto e, caso a compra seja feita, você ganha uma comissão. 

Dessa forma, para fazer esse tipo de atividade, você só precisa de um aparelho com acesso à internet e uma boa rede de contatos. Com isso em mãos, já pode começar.

Venda de infoprodutos

Esse trabalho consiste em você ganhar dinheiro com algum conhecimento que tenha. Pode ser por meio de escrever e-books, cursos, vídeo aulas, entre outros. Nesse sentido, é importante que tenha algo em que o público possa se interessar.

Em suma, podem ser dicas de viagem, como passar no vestibular, como ganhar dinheiro pela internet, entre outros. Contanto que seja uma forma de adaptar um conteúdo que tenha algum valor de mercado.

Como manter o foco ao procurar emprego?

Procurar emprego pode ser uma tarefa desgastante. Porém, técnicas de regulação emocional podem ajudar nisso. 

Lidar com muitos “nãos” ao procurar emprego, pode elevar seus níveis de estresse. E com isso, atrapalhar seu foco em buscar por melhores oportunidades. E o pior, o fazer desistir.

Contudo, existem formas de contornar isso. Ao utilizar algumas técnicas, você poderá diminuir seus níveis de estresse e restabelecer sua energia para o que é importante. Alcançar seu objetivo.

Foto de flechas atingindo centro de alvo de madeira com cores branco, preto, azul, vermelho e amarelo no meio
É necessário manter o foco ao procurar emprego – Foto do site Pixabay

Como fazer a regulação emocional?

Regulação emocional é uma série de estratégias usadas para lidar com as emoções de uma maneira saudável. Em contextos difíceis, ela auxilia na manutenção do humor. 

Entre os exemplos de regulação emocional, está a modificação cognitiva. Essa estratégia tem como objetivo, mudar a forma que uma situação é julgada. Ou seja, é ela que cria outras maneiras de avaliar um cenário ruim.

Além da regulação emocional, existem outras formas de conseguir lidar com eventos estressantes. Um outro exemplo é a resiliência.

O que é resiliência?

A resiliência é a capacidade de lidar com situações de adversidade e superá-las. Uma maior resiliência, fará você lidar melhor com frustrações.

Na medida em que os resultados não saem como esperado, é comum se sentir desmotivado. Entretanto, desenvolver mais resiliência, te ajudará a continuar sua jornada para procurar emprego.

Como desenvolver resiliência?

Essa é uma habilidade que se desenvolve ao longo da vida. Mas com psicoterapia, esse processo pode ser adiantado. Sendo assim, um simples guia pode ajudar aqueles que buscam por essa mudança.

Primeiramente, é preciso se capacitar para lidar com mudanças indesejadas. O exercício do autocontrole também se faz necessário em situações estressantes. Além disso, ser otimista ajuda a lidar com situações em que tudo parece estar perdido.

Como praticar a resiliência no dia a dia?

Para praticá-la, não precisa de momentos especiais. Toda forma de resiliência, pode ser aplicada diariamente. Dessa forma, treiná-la no dia a dia, te ajudará em momentos em que precisará dela.

Por fim, buscar um emprego possui muitos desafios. Mas, ao seguir essas dicas, suas chances de conquistá-lo aumentam. 

E como lembrete, use a estratégia de modificação cognitiva. Cada “não”, pode ser interpretado como uma oportunidade de melhoria para a próxima tentativa.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes