Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Remarketing: veja quais são as suas vantagens e como ele funciona na prática

Com o remarketing, a sua estratégia de marketing ganha mais potência. Assim, torna-se mais fácil ter sucesso e vender os seus produtos ou serviços. Os clientes serão chamados de volta, com a chance de fazer a compra que não foi feita em um primeiro momento.

O que é remarketing?

Trata-se de uma estratégia muito útil para quem deseja anunciar seus produtos. Por exemplo, ao criar essas propagandas e usar esse método, sua marca aparece mais de uma vez para os usuários. Por isso, a intenção principal do uso dessa técnica é:

  • Gerar impacto de novo;
  • Convidar os clientes a voltarem e tomarem a decisão de compra.

As pessoas que mostram interesse em sua empresa, irão voltar com esses anúncios. Dessa forma, é possível usá-lo em várias ocasiões, por exemplo, com um e-mail. Assim, pode lembrar aos clientes de produtos que foram colocados sob algum nível de importância.

Uso do e-mail marketing na sua estratégia

Essa prática serve para conectar as empresas e o público de forma direta. Então, usa-se um canal de comunicação, muitas vezes, para enviar vários e-mails de uma vez. Encaixa-se nos planos por ajudar a nutrir leads e gerar vendas ao ter mais contato com os clientes.

Seu propósito é fazer com que o e-mail ideal chegue às pessoas certas. Mas, além disso, essa estratégia passa a mensagem na hora correta. Por isso, também serve para quem deseja cumprir algum objetivo dentro do seu plano de marketing.

homem usando um laptop e segurando um cartão de crédito. Na tela do computador há um ícone de carrinho de compras
Legenda: O remarketing convida seus clientes a voltarem para comprar seus produtos. Imagem: de rawpixel.com no Freepik.

Quais as vantagens do remarketing para o seu negócio?

Um de seus objetivos é aumentar as conversões, já que nem sempre um cliente faz uma compra de primeira. Assim, os seus dados são pegos com base em cookies, ou seja, as informações dos usuários. 

Graças a esse método, tem-se benefícios como:

  • O cliente tem um contato maior com a marca;
  • Visitantes lembram de suas ofertas;
  • Torna-se mais fácil convencer alguém a comprar.

Fazer com que um cliente se torne fiel é um pouco mais fácil do que conseguir novos. Dessa forma, chamar os consumidores para voltar ao seu site e comprar, é uma estratégia que não pode ser deixada de lado quando se quer lucrar. Isso sem contar que é uma bela maneira de fazer o público gostar da marca.

Versão digital do follow-up

O remarketing acaba por ser igual ao follow-up, mas com base no marketing digital. Esse é um processo ideal para que as vendas tenham um bom andamento. Significa acompanhar, ou seja, seguir os seus clientes em potencial para fechar um negócio.

Seja antes, durante ou depois da venda, ele é fundamental para a compra. Por exemplo, podem surgir dúvidas ou alguma incerteza diante de um produto em especial. Sua ideia é conversar com o cliente e estar atento às suas necessidades para atendê-las rápido.

Como fazer uma campanha de remarketing?

Antes de botar em prática, é preciso criar um plano bem detalhado para que se tenha resultado. Essa estratégia usa o sistema de listas para funcionar e elas dividem os visitantes. Mas, a campanha deve seguir alguns passos essenciais:

São apenas algumas etapas, no entanto, tornam-se o ponto alto para chegar no objetivo. Por exemplo, ao fazer suas listas, saiba qual o tipo de anúncio que deseja usar em cada uma. Depois, é preciso ver em quais pessoas os seus produtos não precisam chegar.

Diferentes estágios dos leads

Uma compra tem estágios a seguir. Portanto, o remarketing precisa ajudar a deixar esse mapeamento mais fácil. No entanto, seja qual for, ele é visto como uma grande oportunidade para o negócio.

Trata-se de um ponto essencial saber em qual estado está o lead dentro da jornada de compra. Assim, a abordagem se torna mais adequada e traz melhorias nos resultados finais. Então, conheça os interesses e as características para saber reconhecer o estágio de cada cliente.

Remarketing e Inbound Marketing

O inbound também é uma das estratégias para atrair mais clientes. Por isso, é capaz de juntar ambos os conceitos para que se consiga ter um maior alcance. Assim, a técnica se baseia em algumas características bem simples, como:

  • Atrair;
  • Converter;
  • Encantar.

A junção dos dois métodos é capaz de criar resultados mais poderosos. Por exemplo, enviar e-mails em disparos não é o limite, dá para começar a promover conteúdos. Então, faz com que os consumidores tenham mais chances de se tornarem bem interessados naquilo que você tem a oferecer.

Promova conteúdos atrativos para o seu público

Na união dessas estratégias é preciso pensar nas melhores formas de atrair seus clientes. Afinal, a ideia do remarketing é acelerar as vendas, então, as duas técnicas levam a mais oportunidades. Dessa forma, o conteúdo divulgado no processo precisa ser único para ser atraente.

Tem diversas maneiras de investir em algo que chama a atenção. Pode ser feito com imagens, vídeos e até mesmo usar a comédia para esse momento. O essencial é fazer com que o público se sinta atraído e mais próximo da marca, para que possam comprar dela.

Como esse tipo de marketing impulsiona o seu funil de vendas?

O objetivo do Inbound é se focar em SEO e outras estratégias para atrair clientes. Portanto, seu método se baseia em criar e compartilhar conteúdo com o público-alvo. Assim, tem a iniciativa para conversar com cada cliente e criar uma boa relação.

Dá para criar uma combinação com as técnicas de landing page. Dessa forma, torna-se ideal para capturar os seus usuários e gerar leads. Então, ao chamar os clientes de volta, é possível ajudá-los em todas as etapas de sua compra em seu avanço no funil.

Método para acelerar a decisão de compra

Esse funil é dividido em três etapas que precisam de total acompanhamento. Por isso, cada fase precisa ter seus próprios conteúdos para levar os clientes até o final do processo. Contudo, ao trazê-los de volta com o remarketing, o inbound precisa mantê-los com interesse.

Um exemplo em e-commerce é oferecer produtos relacionados ao que o cliente tem interesse. Dessa forma, a compra pode se acelerar ao oferecer versões mais práticas ou promoções. Além disso, faz o consumidor passar mais tempo dentro do seu site.

Crie uma necessidade de compra no seu cliente

A loja precisa mostrar o que tem a oferecer, com o uso de produtos e vantagens deles. Dessa forma, a criação de posts em redes sociais e e-mails é o que traz o interesse e até mesmo a urgência em adquirir algo da marca.

pessoa usando o laptop enquanto segura um cartão de crédito, parecendo estar fazendo alguma compra online
Legenda: Com o remarketing, as taxas de conversões tem um grande aumento. Imagem: de jannoon028 em Freepik.

Qual a diferença entre remarketing e retargeting?

São duas estratégias bem diferentes, mas possuem o mesmo objetivo, de atrair clientes de volta. Assim, o seu maior ponto de distinção está na forma em que ambos são praticados. Portanto, os métodos que os diferenciam está na maneira de atingir os consumidores:

  • O remarketing usa técnicas que envolvem e-mail;
  • Com o retargeting utiliza-se da mídia paga.

No momento em que se juntam, a solução que trazem às suas necessidades são mais completas. Então, ao fazer o uso de ambas, é preciso pegar os seus lados mais positivos. Dessa forma, o foco é criar uma marca mais forte, sem ter presença muito agressiva. 

Cada um tem sua maneira de dar certo, mas combinam mais quando estão juntos. Porque, enquanto um atrai de volta, o outro gera as chances de levar o cliente à compra. Não oferece incômodos aos consumidores e faz com que se lembrem da marca mais vezes.

Os benefícios em aliar o remarketing e o retargeting na sua estratégia

Saiba que o principal é engajar de maneira positiva os clientes e marcar sua presença online. Além disso, tal união é capaz de mensurar os dados e as campanhas são assertivas para a persona. Portanto, quanto mais segmentada, mais chances de aumentar a conversão.

Com o retargeting, o foco é bem maior do que uma campanha feita com o Google Ads. Dessa forma, tem-se direcionamento apenas para as pessoas que entraram em seu site. Por isso, sua maior vantagem é que a frequência para exibir esses anúncios é grande.

Potencialize suas conversões

Esse ponto é um dos lados mais positivos que a junção de retargeting e remarketing tem. Assim, os usuários avançam os passos necessários para que cheguem ao objetivo de comprar. Por isso, a taxa é maior do que nas campanhas de qualquer outro anúncio.

Um exemplo para que elas fiquem mais potentes é oferecer ao cliente uma linha nova de produtos. Dessa forma, ele tem mais uma chance para que possa fazer a sua aquisição. Então, com o seu retorno, as taxas de conversões aumentam como resultado.

Separe uma verba para anúncios

Tem mídia paga que serve para fazer esse trabalho e atrair os clientes. Então, ao fazer uma estratégia de longo prazo, é necessário arcar com os custos. Dessa forma, separar uma verba para esse objetivo é sempre importante.

pessoa segurando um celular com uma mão e um cartão de crédito com outra, dando a entender que está fazendo uma compra online
Legenda: O remarketing pode ter a ajuda de ferramentas para impulsionar as vendas. Imagem: de tirachardz no Freepik.

Quais as principais plataformas digitais de remarketing?

Com o marketing digital, é possível achar várias formas de fazer sua campanha. Assim, as ferramentas para usar nessa técnica são essenciais para se anunciar:

  • Google Ads;
  • Facebook Ads;
  • Adroll;
  • Criteo.

A estratégia costuma pegar dados que os clientes deixaram ao acessar sua página. Por isso, os anúncios e as promoções podem ser personalizados para atrair. Então, o ideal é usar plataformas que permitam fazer os ajustes necessários.

Google Ads

Uma opção para o remarketing é essa ferramenta, por permitir diferentes tipos de anúncios. Portanto, é possível fazer divulgações com textos, imagens ou vídeos. Assim, cria-se a oportunidade para interagir de novo com seus clientes com diferentes formas de atração.

Facebook Ads

Trata-se de um sistema com mídia paga que dá vários formatos de anúncios. Além disso, é ideal para que possa fazer sua campanha no Facebook e no Instagram. Os usuários que se mantêm conectados têm mais chances de acessar o seu conteúdo. 

Métodos para otimizar sua campanha de remarketing

Antes de pensar em como deixá-la melhor e mais prática, precisa entender sobre a taxa de conversão. Depois, pode procurar pelos clientes que fizeram alguma ação no seu site, como abandonar o carrinho. Em seguida, deve-se passar por essas etapas:

  • Escolher um prazo para tentar trazer o cliente de volta;
  • Manter a lista de produtos atualizados.

O melhor jeito de aplicar a sua estratégia é com campanhas para distribuir conteúdo. Mas, também envolve aproveitar o interesse que o cliente teve em seus produtos. Por fim, todos os dias devem ser usados para conseguir novos consumidores e criar campanhas.

Qual a importância de conhecer a sua persona?

No momento de criar a persona, deve-se pensar que essa é a representação do cliente ideal. Quando está feita, ela se torna útil para a criação de suas estratégias de marketing. Além disso, ela traz algumas vantagens em seu uso como:

  • Ajuda as empresas a conhecer seu público;
  • É mais fácil ter visão clara e objetiva dos usuários;
  • Torna as estratégias mais eficazes.

Importante lembrar que, para que um planejamento tenha sucesso, a comunicação com as pessoas que têm interesse em seus produtos deve ser eficaz. Portanto, ter uma persona bem definida é uma das melhores maneiras de obter resultados positivos.

Faça campanhas segmentadas para vender mais

O uso da segmentação define pontos essenciais como o conteúdo das peças. Assim como, também inclui os locais que a campanha será feita e o seu custo. Além disso, é capaz de atingir um público-alvo que seja relevante e por isso, as vendas são maiores.

Colha feedbacks para campanhas mais assertivas

Um dos pontos do remarketing é que ele precisa ser muito bem executado. Por isso, buscar opiniões para saber se sua técnica é boa, é essencial nesse processo. Dessa forma, nunca deixe de coletar feedbacks sobre suas estratégias.

mulher usando um tablet e, na tela,  há um ícone de carrinho e o nome shop
Legenda: Com o remarketing, os clientes que puseram compras em carrinhos podem voltar. Imagem: de rawpixel.com no Freepik.

Crie listas negativas para evitar gastos desnecessários na campanha

As listas servem para o momento de escolher a quem deseja atingir. Por exemplo, ao definir o alcance dos seus anúncios, verá que algumas pessoas não terão interesse nele. Dessa forma, olhar o lado negativo é uma opção que leva a:

  • Atrair só pessoas interessadas;
  • Não gera gastos;
  • Evita o incômodo de usuários.

Qualquer anúncio que não tenha a ver com um cliente, pode deixá-lo incomodado. Então, as chances de sua marca conquistá-lo em outro momento, com outro produto, são reduzidas. Portanto, o ideal é dar espaço e buscar apenas os consumidores interessados.

Focar nas técnicas para atrair os clientes, também gera a necessidade de não chamá-los de forma direta. Por isso, o melhor é manter a calma e criar consumidores fiéis com o tempo. Assim, a marca não vai receber avaliações negativas e nem perder futuros parceiros.

Remarketing, uma ferramenta para a sua estratégia de vendas

Sempre que planejar seus novos métodos de impulsionar os produtos, essa técnica é uma vantagem. Dessa forma, impedir que seus clientes desistam da compra é uma maneira de ter lucros. Por isso, os e-mails que pode enviar durante a execução dessa estratégia podem abordar temas como:

  • Abandono de carrinho;
  • Promoções.

Muitos consumidores usam o e-mail para saber as novidades de algumas marcas. Então, lembrá-lo da compra que ele pensou em fazer, torna-se um incentivo a continuar o processo. Contudo, o ideal é usar todas as ferramentas à disposição para que todo o seu plano de marketing seja eficaz.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes