Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Fidelizar clientes com e-mail marketing é o caminho para aumentar as receitas?

Fidelizar clientes com e-mail marketing é uma forma prática e com baixo custo para manter o relacionamento e atingir vendas recorrentes, a fim de manter o faturamento

Fidelizar clientes com e-mail marketing é essencial para não desperdiçar todo o esforço no marketing digital para atrair público para o negócio. Por isso, é importante conhecer os passos para colocar em prática essa estratégia.

Por que fidelizar clientes com e-mail marketing?

Buscar fidelizar clientes com e-mail marketing é uma das formas de manter uma recorrência nas vendas. Isso porque, ao estabelecer um bom relacionamento é mais provável que voltem a comprar com a empresa.

Com isso é possível aumentar o lifetime value, ou seja, o retorno financeiro que um cliente dá ao negócio durante o tempo. Essa é uma métrica importante no setor de vendas, que impacta sobre outros indicadores, tais como:

  • CAC, ou custo de aquisição de clientes;
  • ROI, que é o retorno sobre investimentos.

Diante disso, é inegável que a retenção dos clientes atuais é um passo importante para manter as receitas positivas. Assim, à medida que mais pessoas chegam até a empresa por meio das estratégias de marketing, o negócio consegue crescer e se expandir.

Tela de aparelho mostrando ícones do Google, e-mail e telefone
Fidelizar clientes com e-mail marketing é uma forma de reduzir o custo de aquisição de cada lead. Imagem de Torsten Dettlaff no Pexels

Como fidelizar clientes com e-mail marketing?

Para fidelizar clientes com e-mail marketing é essencial montar um planejamento, bem como, saber criar um fluxo organizado de envio. A seguir veja algumas dicas para ter sucesso nessa estratégia e estreitar os laços com os consumidores.

Envie atualizações 

Uma boa forma de manter a relação com os clientes é enviar por e-mail as novidades, tais como o lançamento de uma nova coleção. Além disso, é possível aproveitar para oferecer uma condição especial, como por exemplo:

  • abertura antecipada das vendas;
  • desconto exclusivo;
  • condições facilitadas de pagamento.

Esse tipo de ação faz com que o cliente se sinta valorizado, uma vez que ativa o gatilho da reciprocidade. Com isso, fica mais fácil alcançar a fidelização do público e levá-lo a voltar a comprar.

O e-mail marketing também é um bom canal para enviar as atualizações de postagens do blog da empresa, por exemplo. Assim, é uma chance de fazer com que ele volte a acessar os conteúdos e se mantenha em contato com a marca.

Não envie spam

Mesmo que manter contato seja importante para fidelizar clientes com e-mail marketing, não se deve exagerar no volume de envios. Do contrário, esse tipo de ação pode ser identificado como spam pelo servidor de mensagens que passa a bloquear novos envios. 

Ainda que isso não ocorra de modo automático, se a quantidade de e-mails recebidos se tornar inconveniente, o próprio cliente pode pedir para se descadastrar. Com isso, o efeito pode ser o inverso do esperado, ao desperdiçar um lead potencial.

Faça uma pesquisa de satisfação

Outra forma de fidelizar clientes com e-mail marketing é enviar uma mensagem após a compra e pedir um feedback do atendimento. Essa medida simples gera um impacto positivo porque demonstra que a opinião do público é valorizada. 

Fora isso, essa também é uma ótima oportunidade para identificar pontos de melhoria no processo. A partir daí é possível aprimorar o atendimento a fim de atingir um bom nível de satisfação e assim reter mais clientes.

Segmente o envio conforme o perfil de cliente

Um ponto importante é saber segmentar campanhas de e-mail para direcionar o tipo de mensagem para o perfil correto. Essa técnica garante uma aproximação maior com a audiência, porque demonstra que a empresa conhece suas características.

Enviar uma campanha especial do dia da mulher para o público feminino, por exemplo, é uma das formas de fazer isso. De modo similar, pode-se aproveitar dados sobre hábitos de consumo para enviar sugestões de produtos que complementam a experiência.

Pessoa sentada com mãos cruzadas sobre teclado de notebook que está em cima de mesa de madeira pequena com objetos ao redor
Para fidelizar clientes com e-mail marketing foque em proporcionar uma boa experiência ao usuário. Imagem de Burst no Pexels

Fidelizar clientes com e-mail marketing é mais barato?

 A estratégia de fidelizar clientes com e-mail marketing tem um custo menor porque permite a automatização, além de ser uma forma de aproveitar melhor o investimento em marketing de atração.

Logo, não é preciso ter uma equipe muito grande para colocar esse tipo de ação em prática, uma vez que o maior esforço está em planejar e criar os conteúdos. 

Mesmo assim, o retorno que pode gerar é bem maior do que o investimento inicial para colocar em prática. Afinal, ter clientes fiéis não representa apenas um acréscimo nas vendas, como também melhora a imagem da empresa. 

Outro reflexo positivo disso é que pode trazer novos consumidores, vindos de indicações de quem já comprou os produtos e teve uma boa experiência.

Quais ferramentas usar para fidelizar clientes com e-mail marketing?

Para começar a fidelizar clientes com e-mail marketing é preciso primeiro contar com uma ferramenta de envio automatizado das mensagens. Isso garante mais agilidade no processo, uma vez que basta seguir um passo a passo básico:

  • cadastrar ou fazer o upload da lista de destinatários;
  • criar os modelos de mensagem e os textos;
  • segmentar os envios de acordo com os perfis desejados;
  • programar os disparos;
  • acompanhar os resultados.

No mercado existem muitas opções de programas para esse tipo de envio, como por exemplo o MailChimp e RdStation. Conforme o tipo de plano escolhido, elas permitem até mesmo criar públicos diferentes com base nas listas cadastradas.

Ao escolher o serviço, é preciso verificar quais as funções oferecidas, bem como, o volume de envios mensais permitidos. Assim, é possível verificar se atendem ao número de leads que constam em sua base.

É essencial ter uma plataforma de CRM?

Um CRM é um sistema de gestão de leads e clientes, que permite incluir dados de contato, além das atualizações sobre vendas e interações com o cliente. Logo, esse tipo de registro é muito útil na hora de montar uma estratégia para fidelizar clientes com e-mail marketing.

As principais plataformas de envio de e-mails possuem esse tipo de recurso integrado, o que otimiza o processo pois não é preciso migrar informações. Desse modo, tudo fica reunido em um único sistema, o que torna a operação mais ágil.

Quando começar a fidelizar clientes com e-mail marketing?

O processo de fidelizar clientes com e-mail marketing começa antes mesmo da primeira compra, quando a pessoa ainda é um lead. Mas deve ser intensificado a partir do momento em que se consegue converter a venda. 

Nesse contexto, é essencial saber dividir os clientes de acordo com o seu perfil e momento. Com isso, é possível atingir uma maior eficácia nos resultados desse tipo de campanha.

Essa ainda é uma excelente oportunidade para identificar aquelas pessoas que já não compram há algum tempo e tentar reativar esses clientes. Afinal, o esforço para angariar novos clientes é grande para que seja desperdiçado.

Como planejar um plano de fidelização?

O primeiro passo para passar a fidelizar clientes com e-mail marketing é ter um diagnóstico da empresa para ver o que precisa ser melhorado. Assim, avalie qual tem sido a taxa de recorrência do seu negócio. 

Isso vai trazer uma perspectiva do cenário atual, bem como, fornecer métricas para fazer um comparativo dos resultados. Dessa forma, será possível verificar no futuro se a estratégia teve um retorno positivo. 

A partir desse estudo, você pode dividir a base de leads entre os clientes entrantes, ou seja, aqueles recém chegados, além daqueles que já consomem há algum tempo. Por fim, vale incluir aqueles que não retornaram após a primeira compra para tentar um novo contato. 

O ideal, então, é usar uma abordagem diferente para cada um desses tipos de clientes, uma vez que ainda é preciso amadurecer o vínculo com os novos, por exemplo. Já para os mais antigos, tem-se mais informações sobre seus hábitos, o que torna o processo mais fácil.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes