Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Gerenciamento de imagem: saiba como fazer a gestão da sua marca e o que evitar

O gerenciamento de imagem é essencial para que a empresa se mantenha relevante no mercado, bem como seja vista de modo positivo pelo público interno e externo.

Gerenciamento de imagem é uma ação crucial para que o negócio seja visto e lembrado pelo público de forma positiva. Então, entenda como fazer isso e quais são os principais erros para evitar.

O que é gerenciamento de imagem?

O gerenciamento de imagem é o processo constante de planejar, controlar e avaliar como uma empresa é vista por seus públicos principais. Fazer tudo isso é essencial para uma marca, pois é o que define a sua identidade no mercado.

A gestão de marca consiste em definir qual é a personalidade da empresa e trabalhar para que o público a enxergue da forma que você escolheu. Aumentar o reconhecimento de marca é um dos objetivos de realizar esse trabalho.

A internet se tornou um espaço crucial para a imagem de qualquer empresa, já que é provável que os seus clientes estejam lá. Nesse sentido, ela pode ser uma aliada ou inimiga do seu negócio se você não se preocupar com a gestão.

Por que é importante fazer um bom gerenciamento de imagem?

O branding é uma estratégia que deve ser planejada desde o início da marca, já que ela causará impressões mesmo sem ter uma identidade definida. Em síntese, ignorar esse planejamento atrapalha:

  • confiança do público na marca;
  • fidelização de clientes;
  • presença na mente do consumidor.

Por esses motivos, fazer um bom gerenciamento de imagem está ligado aos resultados da sua empresa. Então, veja quais os principais passos para fazer isso.

Como fazer um bom gerenciamento de imagem da sua marca?

Para fazer um gerenciamento de imagem, é preciso planejar a sua imagem e comunicação, além de planejar suas estratégias

O fato é que não há uma fórmula exata para cada marca, as melhores escolhas variam de acordo com o seu setor de atuação, objetivos e orçamento. Mas é possível seguir alguns passos básicos para criar uma imagem forte.

1-  Padronize sua imagem e comunicação

A comunicação visual é apenas uma parte dessa gestão, mas ela é crucial para que as pessoas reconheçam a sua marca em qualquer lugar. Portanto, o ideal é que defina os seguintes aspectos:

  • paleta de cores;
  • logotipos;
  • símbolos;
  • fontes.

Use esses padrões em todas as comunicações da sua marca, seja em espaços físicos ou digitais. Assim, as pessoas poderão memorizar e identificar sua empresa de forma rápida.

A importância da linguagem

Outro ponto crucial é a linguagem usada para se comunicar com seus diversos públicos em e-mails, mensagens, posts ou ebooks. Em resumo, todas as interações devem seguir o mesmo padrão de voz.

Quando isso não ocorre, a identidade da empresa fica prejudicada, além de confundir as pessoas caso varie a forma de se comunicar de um canal para outro.

2- Planeje as suas estratégias de marketing

Essa é uma etapa crucial para a sua marca, a qual deve definir como manter a sua essência ao mesmo tempo em que se adapta às novidades do mercado. Então, alguns pontos que se deve considerar são:

  • economia;
  • tecnologia;
  • forças competitivas;
  • tendências de mercado.

A teoria das 5 forças de Porter pode ajudar nessa análise, na qual como fazer um bom gerenciamento de imagem deve ser uma das preocupações.

3- Conheça as forças e fraquezas o seu negócio

A análise SWOT é uma ferramenta importante para fazer esse estudo estratégico para a sua marca. Então, a partir do que você encontrar com ela, é possível definir:

  • estratégias de marketing;
  • como aproveitar forças e oportunidades;
  • superar fraquezas e ameaças;
  • melhorar a comunicação com o público.

Com isso, a sua equipe consegue um panorama interno da empresa e pode trabalhar de acordo com os objetivos do negócio.

4- Pense nas consequências de longo prazo no seu gerenciamento de imagem

Outro ponto importante ao planejar o gerenciamento de imagem é analisar quais os possíveis impactos de uma escolha para o futuro. Isso porque posicionamentos políticos e ideológicos do passado, por exemplo, afetam empresas no presente.

Apoiar algumas causas que geram polêmica hoje pode ser positivo para a empresa, mas a visão sobre elas pode mudar no futuro e afetar a imagem da sua marca. 

Não há como prever uma mudança, mas é possível analisar se uma causa ou outra se alinham aos valores do seu negócio e se vale a pena apoiá-la.

5- Monitore os aspectos importantes

A gestão da imagem do seu negócio também precisa acompanhar pontos cruciais para que ela se mantenha relevante no mercado. Assim, os principais aspectos para monitorar são:

  • mudanças no comportamento do consumidor;
  • estratégia de vendas;
  • marketing;
  • atendimento ao público.

Tudo isso favorece a atualização de estratégias da empresa a fim de atender o seu público, criar produtos e definir os objetivos de marketing e vendas.

Mulher com roupa social em escritório usando notebook sobre mesa com copo de vidro à sua esquerda e janela grande de vidro em edifício ao fundo
Analise o que as pessoas falam da marca durante o gerenciamento de imagem – Imagem de Andrea Piacquadio em Pexels

6- Aplique o marketing de conteúdo

Investir em conteúdo é uma ação que pode trazer ótimos resultados a longo prazo. Isso porque é possível se conectar com seu público e se tornar relevante para ele. Aliás, oferecer materiais de qualidade contribui para a autoridade da marca. 

Como monitorar os resultados do gerenciamento de imagem?

O gerenciamento de imagem deve levar em conta a atração, avaliação e fidelização de clientes. Em síntese, é preciso entender o que as pessoas pensam sobre a sua marca e como elas se comportam diante dela, para avaliar isso considere:

  • avaliações dos clientes;
  • taxa de retorno dos visitantes;
  • pesquisas pela marca nos buscadores;
  • número de visitas para o site da marca.

Os comentários em seu site, redes sociais e o que as pessoas pesquisam sobre a empresa são fontes valiosas. Portanto, preste atenção a tudo isso e busque realizar os ajustes necessários.

ROI

O ROI, nesse caso, deve considerar os investimentos em marketing e relações públicas da sua empresa. Com isso, é possível saber quais são os resultados reais do gerenciamento de imagem.

Reputação da marca

A reputação da marca em relação aos pilares estratégicos também deve ser analisada. Eles são importantes para posicionar a empresa diante do público interno e externo.

Quais são os principais erros de gerenciamento de imagem?

Os principais erros do gerenciamento de imagem são não oferecer conteúdo relevante e não priorizar o relacionamento com clientes

A imagem da marca pode ser afetada por diversos fatores, tanto em suas relações internas quanto externas. Não valorizar seus colaboradores e fornecedores, bem como os seus clientes contribuem para uma reputação negativa. 

Não oferecer um bom atendimento

Em primeiro lugar, não saber como fazer um bom atendimento é um dos principais erros de muitas empresas. Isso vale tanto para as interações na sua loja física quanto no espaço virtual.

Hoje qualquer falha pode se tornar péssima para a sua imagem, já que as redes sociais compartilham tudo de forma mais ágil. Então, treine suas equipes para responder os clientes em todos os canais de contato de forma atenciosa e empática.

SAC 2.0

O SAC 2.0 é um conceito atual sobre o atendimento ao cliente por meio de redes sociais, chats e outros canais de forma ágil. Ele surgiu para atender as demandas de um consumidor que busca mais informações e está conectado.

Não saber lidar com as críticas

Os perfis da sua empresa em blogs, Instagram ou Facebook podem sofrer críticas em comentários e mensagens diretas. Assim, algumas delas podem ser construtivas e outras apenas desprezam os produtos ou serviços da sua marca.

O que não se deve fazer é começar a discutir com as pessoas que criticam seu negócio, já que isso vai deixar a sua imagem muito negativa. O ideal é responder apenas as que de fato são construtivas e buscar melhorar seus serviços por elas.

Mulher com ar de confusa sentada diante de mesa de madeira usando notebook ao lado de celular
Discussões virtuais ou na sua loja física com o cliente afetam o gerenciamento de imagem – Imagem de Yan Krukau em Pexels

Reduzir sua comunicação à oferta de produtos

Ao criar perfis em diversos canais, é preciso que eles sirvam para interagir com o público, oferecer conteúdos diversos e apresentar seus produtos. O erro ocorre quando apenas a última opção é realizada.

Com isso, a sua audiência perde o interesse em seus posts, e-mails ou mensagens porque já espera a oferta de um produto que ele ainda não deseja comprar. Portanto, estude a jornada do cliente, crie um funil de vendas e comece a fazer ofertas no momento ideal.

Fazer promessas falsas

As promessas de um serviço ou produto servem para atrair clientes, enfatizar um diferencial e quebrar alguma objeção de venda. Mas elas precisam ser reais, caso contrário, o seu negócio irá sofrer não apenas com trocas e devoluções, mas também com:

  • muitas reclamações;
  • descrédito;
  • imagem negativa no mundo real e virtual.

Antes de comprar qualquer produto hoje, as pessoas costumam pesquisar bastante online. Assim, se a sua empresa faz promessas falsas, as primeiras avaliações que o usuário vai encontrar são ruins, logo, sua oferta deixará de ser uma opção.

Pagar por opiniões positivas sobre seus produtos

O gerenciamento de imagem pode usar as parcerias como recurso para aumentar a visibilidade de sua empresa. Mas é preciso que o público saiba quando se trata da opinião sincera do influencer ou quando é um conteúdo publicitário.

Essa é uma tática que não gera resultados porque, caso haja uma falha ou promessas falsas, outros milhares de usuários podem tornar isso público. Afinal, as redes sociais, como você já viu, vão agilizar esse processo.

Quando a tática for descoberta, pode ser ainda pior para a imagem do seu negócio. Aliás, vale lembrar que pagar para falar mal dos seus concorrentes também é ruim para a marca, além de poder gerar processos judiciais.

Mulher com mãos no rosto preocupada sentada diante de notebook sobre escrivaninha branca
Não planejar um bom gerenciamento de imagem pode tirar a credibilidade da empresa – Imagem de Andrea Piacquadio em Pexels

Comece a fazer o gerenciamento de imagem 

Manter uma boa reputação é essencial para atrair e reter clientes, bem como se destacar no mercado. Portanto, fique atento ao cenário interno e externo do seu negócio a fim de saber como gerenciar a imagem dele de forma assertiva.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes