Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Comunicação visual: o que é e quais são as suas principais formas de uso no marketing?

A comunicação visual é a chave para a transmissão de mensagens no marketing com o uso de cores, imagens, fotos, gráficos, vídeos e outros elementos visuais. Então, quando se escolhe um design, posição de elementos e outros pontos do projeto não é aleatório.

Tudo que é visual remete à comunicação e fazer a escolha correta desses itens em uma peça de marketing impacta o público de maneiras diferentes. Por isso, esse elemento não pode faltar na estratégia das marcas. Saiba mais sobre o conceito e como aplicar.

O que é a comunicação visual?

A comunicação visual é um meio de transmitir e receber mensagens com o uso de elementos visuais. Assim, esse recurso é combinado com textos ou sons para se tornar mais completo. Então, os elementos visuais são cores, imagens, formas e outros símbolos da linguagem visual que são organizados de modo hierárquico e está presente em tudo, como por exemplo, os sinais de trânsito e as faixas de pedestres.

Nenhum dos dois possui nenhum tipo de texto, somente o uso de imagens. E todo mundo sabe de modo exato o que fazer quando estão em contato com eles. Nesse sentido, ela está presente também na forma que as pessoas decoram um ambiente, afinal, os itens escolhidos falam muito da personalidade da pessoa. Sejam quadros, móveis, ou até mesmo a desorganização do ambiente em si. Nem tudo que é visual pode ser feito com palavras.

Quais são os elementos básicos da comunicação visual?

A comunicação visual para ocorrer de fato, tem uma série de elementos que combinados resultam na transmissão ou recepção da mensagem, como:

  • Ponto;
  • Linha;
  • Forma;
  • Direção;
  • Tom;
  • Cor;
  • Textura;
  • Escala;
  • Movimento.

Os pontos se ligam e dirigem o nosso olhar nas imagens. Já a linha, apesar da liberdade e flexibilidade, tem um propósito de direção. No entanto, existem 3 formas básicas nas imagens que são o quadrado, o círculo e o triângulo equilátero. As direções são horizontal, vertical, diagonal e curva. Na comunicação visual há também o tom, que pode ser claro ou escuro de acordo com a luz do ambiente. Então, as cores possuem 3 dimensões e signos.

A textura interfere tanto na visão, quanto no tato. Enquanto a escala determina o tamanho e proporção dos elementos visuais. Por fim, a ilusão do movimento se dá devido ao uso da perspectiva de luz e sombra intensificados.

O que é análise de imagem?

Interpretar uma imagem é um ato subjetivo na comunicação visual. Isso porque, depende de quem vê e de quem transmite esse recurso visual. Nesse sentido, esse processo requer uma análise multilateral, por isso, uma mesma imagem pode ser vista por meio de diversas perspectivas como as 6 grandes categorias que você verá em seguida:

  • Pessoal;
  • Histórica;
  • Técnica;
  • Ética;
  • Cultura;
  • Crítica.

Análise pessoal como perspectiva da comunicação visual

Essa análise é feita com base em pensamentos próprios, experiências, vivências e crenças. Por isso, é difícil mudar a perspectiva dessa pessoa com relação ao que ela vê, já que está limitada na comunicação visual.

Como se dá a perspectiva histórica na comunicação visual?

De modo geral, se dá por meio do uso histórico de uma determinada mídia. Ou seja, o ato de editar uma imagem no Photoshop, por exemplo, é diferente das que são feitas a mão. Nesse sentido, o fator histórico de como essa edição foi feita afeta na perspectiva de quem avalia a imagem.

Perspectiva técnica na comunicação visual

Acontece pela forma técnica como a imagem é apresentada na comunicação visual. Como por exemplo, o uso correto da luz, posição e disposição. De modo geral, ela se apresenta de modo melhor que a realidade.

O que é a perspectiva ética?

Nesse modelo, quem cria a imagem deve ser ética e moralmente responsável por ela, assim como, pela mensagem que ela pretende transmitir.

pessoa dentro de um carro apontando para um mapa
Os mapas são exemplos de comunicação visual muito usados pela humanidade. Imagem de Drigo Diniz no Pexels

Análise cultural como perspectiva da comunicação visual

O simbolismo se faz presente nesse tipo de perspectiva de análise da imagem. Isso porque, envolve identidade, uso de palavras relacionadas, heróis e outros fatores que têm ligação à cultura de quem criou o recurso para comunicação visual. Nesse sentido, a perspectiva cultural também pode ser chamada de semiótica.

Como se dá a perspectiva crítica na comunicação visual?

Ela ocorre com a crítica, positiva ou negativa, de uma determinada imagem. No entanto, diferente da perspectiva pessoal, a crítica deve ser feita em conjunto com os interesses da sociedade.

Qual é a função da comunicação visual?

O uso da comunicação visual sempre existiu. Isso desde as primeiras imagens feitas nas cavernas pelo homem a fim de representar animais, plantas, rituais, caças e até mesmo abstrações. No entanto, nem todas foram decifradas, mas remetem aos valores, informações e crenças da época. Porém, tudo mudou com a criação do cinema e da fotografia, e ficou mais intenso no século XX. Afinal, essas criações iniciaram os registros.

Ambientes, costumes e acontecimentos agora podiam ser gravados e passados para as gerações futuras. Além disso, essa comunicação visual servia também como entretenimento. Assim, como a distribuição desse material se tornou veloz e escalável, a forma como as pessoas se relacionam com imagens também mudou. Então, foi nesse momento que o jornalismo e a publicidade fizeram esse modo de comunicar a peça-chave.

A comunicação visual deixou de ser apenas a transmissão de elementos visuais para passar a ser uma influência no comportamento das pessoas. Ou seja, surgiu a comunicação social. E com a internet, esse alcance se multiplicou, bem como, essa influência. Agora, todo mundo consegue tirar uma foto ou fazer um vídeo com o seu próprio aparelho celular e distribuir em seus perfis de redes sociais, por exemplo.

Imersão em referências de imagens com a comunicação visual

O modo como a comunicação visual se dá nos dias de hoje pode ajudar a elaborar um vasto banco de referências de imagens e divertir ou encantar quem as consome. Assim como, distribuir uma ilusão como as que vemos no Instagram, por exemplo, onde as pessoas costumam publicar uma vida perfeita quando não acontece de verdade. Nesse sentido, essa comunicação interfere nos sentimentos, emoções e percepção do mundo.

Qual é a relação entre comunicação visual e marketing?

Essa comunicação é essencial para o setor de marketing para distribuir informações e transmitir a imagem da empresa com o objetivo de fazer a conexão com o seu público-alvo. Portanto, as imagens estão presentes em materiais muito usados como:

  • Sites;
  • Folders;
  • Redes sociais;
  • Brindes;
  • Cartões de visita;
  • Vitrines;
  • Anúncios.

Para cada tipo de trabalho há um objetivo na comunicação visual. A cor de uma logo, por exemplo, não está ali de modo aleatório, ela também quer transmitir algum tipo de informação para a audiência. Tanto de forma objetiva, ou de modo subjetivo do branding que visa notar como a empresa é percebida pelos que a usam. Então, quando somadas a elementos como textos e sons, acabam por potencializar o sentido da mensagem.

As pessoas costumam optar pela comunicação com imagens por ser mais fácil de ser entendida e consumida. Ainda mais nos dias atuais onde as pessoas buscam velocidade em todas as ações do cotidiano. Além disso, é um modo simples e fácil de se criar a conexão com a emoção das pessoas e isso é perceptível entre as marcas no mercado.

Qual a importância da comunicação visual no marketing?

Essa comunicação é vital para o setor de marketing e traz uma série de benefícios para as marcas que optam pelo seu uso. Veja em seguida, uma lista desses benefícios que a comunicação visual proporciona e uma explicação breve de como eles funcionam:

  • Engajar e trazer encanto para a audiência;
  • Difundir o branding;
  • Informar rapidamente.

Engajar e trazer encanto para a audiência com a comunicação visual

Um texto pode encantar uma pessoa, assim como um som. Mas, as imagens têm o poder de potencializar esse encanto. Por isso, ela não pode ficar fora do plano de marketing das empresas. Isso porque, as imagens comunicam os sentimentos das pessoas de modo diferente. Ou seja, a comunicação visual se conecta com as crenças e valores da audiência e contribui para gerar laços e uma relação com a marca.

lupa sobre uma folha cheia de gráficos
Usar gráficos para facilitar a análise de dados com o uso da comunicação visual é uma excelente ferramenta de produtividade. Imagem de RODNAE Productions no Pexels

Como a comunicação visual ajuda a difundir o branding?

O branding é algo subjetivo, ou seja, a personalidade da marca, seus princípios e valores. Nesse sentido, é muito mais fácil transmitir essa percepção com o uso de imagens, que também são subjetivas e se conectam com os sentimentos e sensações das pessoas. Então, a comunicação visual e a identidade da marca são aplicadas em anúncios, embalagens e até mesmo nas Redes Sociais e esse é absorvido pelo público.

Por que a comunicação visual informa rapidamente?

A tecnologia, a agilidade e o tempo fazem com que a população se comunique de modo mais rápido. Por isso, a comunicação com o uso de imagens tem muita força nos dias atuais. Isso porque, os recursos visuais contribuem para que a informação circule de forma veloz. Segundo pesquisas de neurocientistas do MIT, a comunicação visual se dá em apenas 13 milissegundos, esse é o tempo que o cérebro leva para processar uma imagem.

O que é comunicação visual exemplos?

No marketing há diversos elementos visuais usados em peças publicitárias, Redes Sociais e qualquer tipo de mensagem que a organização deseja transmitir. Confira em seguida, uma lista com os mais comuns e como são usados pelas empresas.

1- Identidade visual

Essa é a identidade da marca na comunicação visual. Então, ela reúne tudo que representa a personalidade da marca como cores, texturas, fontes, ícones etc. Por isso, elas devem estar presentes nas embalagens, produtos, anúncios, perfis sociais e tudo que a empresa se propõe a fazer no mercado. Portanto, esse é o meio usado para fixar a sua presença na vida do seu público. E para manter a essência é preciso um manual de marca.

2- UX Design

A experiência do usuário tem foco em aplicativos e sites. Assim, tem por objetivo proporcionar ao usuário uma melhor interação com essas ferramentas e faz o uso da comunicação visual. Por isso, o time responsável deve trabalhar para que os visitantes consigam encontrar todas as informações que precisam no website ou app de forma rápida e fácil, o que resulta em mais tráfego e conversão para a organização.

3- Infográficos

É a maneira mais fácil de transformar informações complexas em simples, mas de forma visual. Dessa forma, eles misturam textos, números e imagens de modo interessante e atrativo, o que torna a comunicação visual muito mais fluida que um texto denso.

4- Mídia Display

Nada mais são que display de anúncios muito usados no marketing digital em sites, redes sociais e blogs com o uso de animações e banners. Então, ele é repleto de recursos gráficos e imagens com o objetivo de despertar o interesse do visitante e isso acontece de modo mais eficiente do que quando há o uso de anúncios em texto.

5- Data visualization

A comunicação visual se dá também no campo da Ciência de Dados. Ou seja, a Data visualization ou visualização de dados, quando traduzido para o português, foca em transformar dados de modo gráfico e relatórios com o uso de imagens, o que os torna muito mais interessantes e compreensíveis. Já com o objetivo de facilitar a análise de quem os usa.

6- Vitrines

Vitrines podem ser tanto físicas, quanto virtuais e são um clássico exemplo do uso da comunicação visual. Isso porque, elas têm que fisgar o olhar dos visitantes e é claro, fazer com que eles concretizem a compra. Então, elas também são peças-chave na estrutura de marketing e vendas de quem precisa oferecer os seus produtos no mercado.

Como trabalhar a comunicação visual de uma empresa?

Essa comunicação deve ser prioridade em qualquer plano de marketing implementado pelas empresas. Então, veja em seguida dicas de como você pode usar a estratégia da comunicação visual no seu negócio:

  • Conhecer a sua persona;
  • Entender o poder da semiótica das cores;
  • Simplificar e hierarquizar informações;
  • Usar padrões visuais na web;
  • Investir no storytelling visual;
  • Ter uma área dedicada.
banners de publicidade em uma cidade
Os anúncios usam a comunicação visual como forma de chamar a atenção do público e converter em vendas. Imagem de Marcus Herzberg no Pexels

Como usar a comunicação visual com a sua persona?

O primeiro passo para uma comunicação visual assertiva é saber para quem você quer enviar a sua mensagem. Nesse sentido, é importante que você conheça a persona da sua empresa para atingi-la da melhor forma, afinal, ela é a receptora principal da sua comunicação. Logo, você precisa estudar os seus interesses, comportamento, quais recursos visuais funcionam melhor com ela, o que cria uma conexão com a marca.

Por que é vital entender a semiótica das cores na comunicação visual?

Psicologia das cores, semiótica das cores e outros termos acadêmicos são muito comuns para quem estuda ou estudou na área de design gráfico ou comunicação. Mas, não é crucial ter nenhum tipo de formação para entender como funcionam na comunicação visual. Isso porque, as cores carregam sentidos e basta que você aprenda sobre elas para aplicar na sua marca e atrair um público que tenha interesse na sua mensagem visual.

Como simplificar e hierarquizar informações com a comunicação visual?

A principal inimiga da comunicação com o uso de imagens é a poluição visual. Então, se o seu objetivo não é transmitir uma sensação proposital, adote a máxima que menos é mais na comunicação visual. Nesse sentido, simplifique as informações que deseja transmitir e faça a organização dos recursos por ordem hierárquica. Assim, você consegue distribuir dados relevantes de forma simples, rápida e para quem precisa.

Por que usar os padrões visuais na web para a comunicação visual?

O padrão web tem por objetivo fazer com que o usuário não precise pensar, ou seja, que ele tome atitudes e ações automáticas ao consumir o conteúdo. Por isso, algumas medidas são usadas na comunicação visual para melhorar a UX. Exemplos disso são os chamados “menu hambúrguer” muito usados nos dispositivos mobile, assim como, mudar a cor de links no decorrer do texto. Não é necessário descrição e todo mundo sabe como usar.

Como investir no storytelling na comunicação visual?

Contar histórias com o uso de imagens é cada vez mais comum nas mídias digitais, essa é a chamada história visual. Óbvio que isso não é novo nos meios de comunicação visual, mas vêm se aprimorando com o passar do tempo. No marketing, o ato de contar histórias é essencial para engajar o público e aliado às imagens potencializa os resultados, principalmente em plataformas como o YouTube.

Por que ter um setor dedicado à comunicação visual é importante?

Para ter sucesso na comunicação com o uso de imagens a sua empresa deve ter um time de peritos dedicados a essa tarefa. Isso porque, por meio de estudos, eles são capazes de direcionar o uso da comunicação visual de forma assertiva no seu plano de marketing. Você pode também terceirizar esse serviço com agências com especialização. Afinal, você deve transmitir confiança e credibilidade e não é qualquer pessoa que consegue.

Vale a pena investir em comunicação visual no seu negócio?

A comunicação com o uso de imagens não pode ser vista como perfumaria em uma estratégia de marketing. Afinal, ela é a essência desta comunicação e é o que mais funciona com a audiência. Por isso, nos dias atuais, a comunicação visual é vital para provocar sentimentos, percepções e sensações e as marcas devem aprender a explorar isso de forma positiva para fazer o negócio crescer e ter muito mais alcance.

Você deve combinar recursos como marketing de conteúdo, inbound marketing e outras ferramentas no seu plano de marketing para ter uma estratégia completa e certeira para o seu público. Até porque, a comunicação que se limita às produções textuais está ultrapassada e não funciona mais com os clientes de hoje. Estude, se mantenha informado e focado em ampliar uma comunicação com alvo e objetivo.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes