Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Geomarketing: o que é e como usar para potencializar suas vendas?

O geomarketing otimiza os resultados das suas ações de marketing com o uso da inteligência para alcançar pessoas nos momentos e locais certos para vender mais.

O geomarketing é uma técnica que ajuda os profissionais desta área a realizar campanhas com foco na localização dos clientes. Ou seja, é um meio de comunicar um anúncio ou conteúdo no local e horário certos para otimizar os seus resultados. Veja como funciona.

O que é geomarketing?

O geomarketing é uma estratégia muito usada pelo setor de marketing, a fim de segmentar o público por meio da sua localização. Dessa forma, um IP de um computador ou o GPS de um celular, por exemplo, fornecem informações valiosas.

Com base nesses dados, o time responsável pela criação de campanhas consegue fazê-las com muito mais eficiência e assertividade. Isso porque, eles indicam os comportamentos, interesses e perfil dos consumidores da sua marca.

Um bom exemplo deste método é quando uma pessoa visita muito o mesmo lugar, como um pub no final de semana à noite. O GPS registra os dias e horários que ela costuma frequentar o local e logo deduz que ela gosta de sair à noite para o seu lazer.

Isso indica às marcas onde você costuma ir, o que gosta de fazer, assim como, os seus hábitos. Nesse sentido, pode ser uma boa forma de determinar um ponto físico para criar ou ampliar o seu negócio. Mas, o conceito também se aplica ao marketing digital.

Qual a relação do geomarketing com o marketing digital?

Como qualquer outra estratégia de marketing, o geomarketing tem o objetivo de atingir o seu público-alvo no local e horário certos. O que antes se restringia aos pontos de venda físicos, hoje também se aplica no meio digital.

O uso dos smartphones, que acompanham a movimentação das pessoas, ajudou muito neste sentido. A inteligência sobre localização só fez se aprimorar e ajudar a otimizar campanhas, além de ações de marketing que se tornaram cada vez mais assertivas.

Para que tudo funcione como o esperado no geomarketing, o suporte do big data é muito importante no processo. Afinal, eles fornecem toda a matéria-prima sobre os usuários para a criação dessas tarefas.

Qual a importância do geomarketing?

O geomarketing é importante para otimizar campanhas em formato de mensagens, anúncios, e-mails, notificações ou posts. Isso porque, te fornece dados vitais sobre a localização atual dos usuários ou locais que eles visitam com recorrência.

Basta ter um celular que o GPS capta essas informações e fornece para quem busca métricas sobre o seu público. Mesmo que os consumidores não percebam, a geolocalização está em um check-in na rede social, ou marcação de um lugar em uma foto.

Com base nesses dados é possível entregar aos clientes o que, de fato, é relevante em suas vidas e rotinas. E não um conteúdo raso que tenha foco somente na venda em si, sem trazer nenhum valor agregado a sua audiência.

Mulher na calçada de avenida com tablet na mão ampliando tela do mesmo em aplicativo do Google Maps
O geomarketing é um conceito do marketing que ajuda a potencializar vendas por meio da localização dos usuários. Imagem de Pixabay no Pexels

Quem usa o geomarketing?

O geomarketing é cada vez mais útil, principalmente para empresas. Então, é comum o seu uso em estratégias para que os negócios tenham mais resultados. Confira em seguida, uma lista com os principais tipos de marketing com esse foco:

  • geotargeting;
  • site personalizado;
  • geofencing;
  • check-ins;
  • geotagging;
  • geofiltros.

O que é geotargeting?

Geotargeting é a forma mais comum do uso do geomarketing, ou seja, por meio da segmentação das pessoas de acordo com a sua localização. Dessa forma, uma campanha pode ser segmentada para um determinado país, cidade ou bairro.

Vale ressaltar que não é somente a localização que vai determinar a efetividade da ação de marketing. Nesse sentido, é importante avaliar outras variáveis somadas à estratégia para que os objetivos sejam alcançados.

Como aplicar o Geotargeting?

Várias plataformas de mídia paga oferecem esse tipo de segmentação, como o Facebook Ads ou Google Ads, por exemplo. Afinal, eles coletam os dados dos IPs das máquinas conectadas à internet.

Elas costumam ser tão completas que oferecem também a segmentação por raio de distância, bairro, CEP e até mesmo o alcance que você terá para cada tipo de seleção. Basta escolher onde e quando deseja atuar.

De que forma o site personalizado usa o geomarketing?

Os sites costumam pedir, assim que você os visita, a informação da sua localização. Esse é um método usado para que seja enviado para o seu consumo apenas conteúdos relacionados à sua região no momento do acesso.

Um site brasileiro acessado na Espanha, por exemplo, tende a mostrar uma versão do conteúdo em espanhol. Assim como, se o site identifica que você está no Rio de Janeiro, irá apresentar anúncios de lojas físicas deste estado. 

A disposição e apresentação de um e-commerce também costumam seguir essas regras, a fim de indicar os produtos do modo mais personalizado possível. 

Como fazer geomarketing com o site personalizado?

Não é garantido que você consiga a localização do usuário, já que informá-la é um processo opcional quando acessa o site. Afinal, ele pode configurar o navegador para nunca mostrar onde ele se encontra para evitar pop-ups ou conteúdos que não são do seu interesse.

Com isso, a informação da localização não é garantida. Deve-se saber que trata-se apenas de uma estimativa de onde e quando está o seu público-alvo. O envio desse tipo de notificação ao usuário é obrigatório por conta do sigilo dos seus dados.

O conhecimento sobre API de Geolocalização e programação, aliás, vão te colocar à frente da concorrência e fazer com que você consiga mais dados para a sua base.

Mãos de pessoa com casaco verde de frio segurando case e smartphone em mãos e traçando rota com uso do Google Maps
O GPS do celular dos usuários é um meio muito usado pelas marcas para saber os hábitos de consumo da sua audiência, a fim de criar novos serviços e produtos. Imagem de Ingo Joseph no Pexels

Você conhece o Geofencing?

É um modelo de geomarketing para oferecer materiais em tempo real de acordo com a movimentação do usuário no GPS. Assim, a empresa consegue apresentar conteúdos via SMS, e-mail ou celular sobre os locais onde a pessoa está se movimentando.

Como o Geofencing é feito?

O Google usa muito este tipo de estratégia e envia para os usuários do sistema Android dados sobre o trânsito local ou sobre um restaurante no qual a pessoa está visitando naquele exato momento. Nesse sentido, é uma maneira de beneficiar os negócios locais.

Como funcionam os check-ins para o geomarketing?

Os check-ins são muito usados em redes sociais como forma de engajamento dos consumidores. Os negócios locais também costumam investir nesta prática. Ou seja, quando o usuário visita um estabelecimento, ele pode fazer o check-in em troca de algo.

O que você pode oferecer em troca dos check-ins?

Em troca dos check-ins, então, você pode oferecer aos seus clientes:

  • brinde;
  • desconto;
  • oferta;
  • produto exclusivo.

O Foursquare se popularizou no período do seu lançamento com o uso deste modelo. Hoje em dia, os estabelecimentos costumam usar para disponibilizar internet gratuita, por exemplo.

O que é Geotagging?

Geotagging é um modelo de divulgação espontânea que o usuário coloca na sua publicação. Esse recurso é muito comum em redes sociais como:

  • Facebook;
  • Instagram.

Ele é muito usado por usuários que fazem turismo em outra cidade, por exemplo, para mostrar onde se encontram no momento em que a foto foi tirada ou a publicação foi feita. Esses dados agregam informações sobre o local e o divulgam para a sua rede.

Os estabelecimentos podem usar esse modelo como uma espécie de feedback. Basta acompanhar a sua publicação nas plataformas e consultar o que o público está falando sobre o seu negócio e assim, aproveitar para fazer os devidos ajustes.

Como fazer o Geotagging?

Do mesmo modo que o check-in, o Geotagging deve ser incentivado. Seja criativo e use promoções e ofertas para quem fez a marcação, o que vai facilitar a localização do seu negócio para outros usuários.

Não esqueça de manter os dados do estabelecimento atualizados, crie uma página no Facebook na categoria negócios locais para facilitar o processo. Fazer eventos por meio desta rede social oferece o check-in como meio de comprovar a presença.

De que forma se dá o uso dos geofiltros no geomarketing?

Os geofiltros foram introduzidos pelo Snapchat nas redes sociais. Afinal, o uso desse recurso é a sua principal ferramenta. Esses filtros ficam disponíveis de acordo com a localização do usuário no GPS e são carregados automaticamente.

As marcas também podem criá-lo como um meio de divulgar o seu nome e sua identidade quando os usuários estiverem no seu estabelecimento ou participarem de um evento organizado por você.

Tablet preto ao lado de smartphone sobre mesa com tela inicial da pesquisa Google aberta no mesmo
O Google usa o geomarketing para aprimorar a experiência do usuário de acordo com a sua localização. Imagem de PhotoMIX Company no Pexels

Como fazer um geofiltro?

Em 2016, o Snapchat liberou a criação de filtros sob demanda no Brasil. Dessa forma, qualquer negócio consegue criar e publicar filtros por um custo a partir de US$ 5. O mais básico cobre 19 mil m² e pode ser usado por 1 hora.

Vale a pena usar o geomarketing na sua estratégia?

O geomarketing é um método que traz uma série de benefícios para o seu negócio, logo, o seu uso pode potencializar os seus resultados. Veja em seguida, uma lista com os principais benefícios dele:

  • engajamento e relacionamento com a marca;
  • expansão, fechamento ou abertura de novas unidades da empresa;
  • precificar produtos;
  • analisar o mercado e os pontos de distribuição;
  • definir o melhor território de vendas.

Agora é aplicar esse conceito e checar qual é o melhor modelo para o seu negócio, a fim de otimizar as campanhas, vendas e por fim, ampliar a sua base de clientes.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes