Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Link Baiting: 7 tipos de conteúdos para gerar mais links para o seu site

O Link Baiting é uma estratégia ou “isca” que visa auxiliar a estratégia SEO em relação aos backlinks. Portanto, é vital entender mais sobre isso, afinal, ter links de qualidade no conteúdo traz credibilidade para o texto. 

Isso acontece porque o seu conteúdo será mencionado de maneira espontânea por outros criadores, o que ajuda na visibilidade do seu domínio. Dessa maneira, o SEO é um dos muitos tópicos que podem ter pontos positivos com a aplicação dessa tática bait.

O que é link baiting?

Essa é uma junção de estratégias que visam atrair backlinks para os sites. Desse modo, é uma “isca de links” que faz com que o conteúdo obtenha de forma orgânica uma série de sites qualificados para um domínio. Desse modo, isso oferece a uma página:

  • Visibilidade;
  • Maior tráfego;
  • Backlinks qualificados;
  • Mais cliques no site;
  • Otimização do conteúdo;
  • Ser mencionado com mais frequência;
  • Bom rankeamento;
  • Credibilidade.

Caso queira ser o link baiting é preciso ter um texto de qualidade, além de bons backlinks para o conteúdo. Assim, por outro lado, caso insira um link no material porque acha útil, está mordendo a isca de quem usou esta tática.

Isso tudo acontece de modo gratuito, porque para gerar a isca na internet não é preciso pagar nada. Assim, o investimento fica apenas em aprender as estratégias, a fim de aplicá-las de forma assertiva para conseguir os melhores resultados possíveis.

Diferenças entre link baiting e link building

Há diferenças entre Link Baiting e Link Building. Apesar do objetivo final de ambos ser o de obter links, o primeiro é mais orgânico, já o segundo é ativo. Dessa maneira, o modo de agir é o que distingue uma estratégia da outra.

O Building, por exemplo, cria ações ativas para linkar. Por outro lado, a isca de links é construída pela afinidade dos criadores com os conteúdos disponíveis para referenciar. Outro ponto vital de saber é que essas podem se complementar, portanto, não se excluem.

Aplicar ambas estratégias junto com o SEO, pode impulsionar o tráfego do site. Assim, as diferenças, mesmo que poucas, entre link building e bait link são suficientes para melhorar ambas. Desse modo, ser criativo e jogar com todas as ferramentas é útil e vital na internet.

Como criar uma estratégia de link baiting?

A criação da estratégia de link baiting pode variar de acordo com o objetivo final do criador. Desse modo, há duas maneiras que alcançam metas específicas diferentes. Só que antes disso é preciso considerar o que mais deseja ao aplicar essa tática:

  • Viralidade: ligada a menção e compartilhamento nas redes sociais;
  • Autoridade: ser referência em um blog corporativo, por exemplo;
  • Visibilidade: número de cliques em uma página;
  • Rankeamento: ficar no topo das buscas do Google;
  • Desempenho geral: focar em vários objetivos juntos.

Uma dica valiosa é investir em conteúdos inéditos. Dessa forma, terá prioridade e exclusividade de menção, enquanto outros que não produzem bons materiais perdem espaço. Por fim, segue abaixo as ações sobre como aplicar o baiting para esses objetivos.

Análise estatística

Saiba que a análise estatística é vital para entender o mundo do marketing. Isso não é diferente com o link baiting. Essa etapa é crucial para a avaliação de palavras chaves. Além disso, ajuda a investigar o conteúdo dos concorrentes por meio do SEMRush.

É possível também ter a análise de dados da concorrência. Assim, é fácil ver o que publicam para tentar inovar ao máximo e passar a frente dela. Por fim, isso também pode ser tratado dentro do SEMRush, a fim de ajudar em sua posição no ranking do Google.

Definição de objetivo e formato

Entenda que definir o objetivo é vital para o desenvolver a tática. Assim, devido a grande gama de possibilidades para atingir com a publicação é normal que haja dúvidas para aqueles que não estão familiarizados com a isca. Segue, então, uma lista que pode ajudar:

  • Atrair;
  • Convencer;
  • Ensinar;
  • Persuadir;
  • Entreter;
  • Satisfazer uma necessidade;
  • Inspirar.

O segundo passo é decidir o formato. Portanto, é útil primeiro identificar as possíveis formas e depois elencar cada uma de acordo com o objetivo que deseja. Dessa maneira, há os textos pilares que são mais completos e profundos sobre o conteúdo.

Já um outro modelo é o de notícias e entrevistas. Desse modo, visam a publicação e grande compartilhamento nas redes sociais. Por fim, existem os tópicos de comparações ou debates. Por fim, esses focam em visibilidade e geram muitos backlinks, ótimo para se usar.

mulher trabalhando no laptop e usando um mouse
O link baiting é a estratégia certa para atrair mais cliques em suas páginas. Imagem de jcomp no Freepik.

7 estratégias de sucesso para link baiting

Para ideias mais claras, é possível ver sete estratégias de sucesso para as iscas da internet. É útil, então, seguir as regras já postas antes pela estratégia SEO. Além disso, é vital focar na criatividade, para colocar em prática e ter um link baiting matador:

  1. Conteúdo interativo;
  2. Pesquisa de mercado e enquetes;
  3. Matérias com novidades e notícias;
  4. Listas como recurso informativo;
  5. Ferramentas digitais;
  6. Mapas;
  7. Temas não semelhantes.

É preciso entender que nenhuma das estratégias têm taxa de conversões por si só, mas sim aumenta o acesso ao conteúdo e a permanência do leitor na página. Segue abaixo uma lista com exemplos para cada modo que traz pontos positivos para o plano de isca de links.

1 – Conteúdo interativo

O conteúdo interativo agrada a todos e faz com que se sintam parte da publicação. Assim, agrega valor à experiência do usuário. Desse modo, é útil para ter a atenção do leitor e para que esse o recomende a outras pessoas.

Isso torna a leitura interessante e mais clara nas informações, bem como, em seus objetivos finais. Portanto, é uma boa opção investir nesse modo e há muitas maneiras de aplicá-lo.

Infográficos

Os infográficos são um dos tipos de conteúdo interativo para o link baiting. Assim, esse conteúdo que reúne questões verbais e visuais sobre determinado assunto pode destacar a ação. Uma dica é focar no funil de vendas, caso o seu assunto seja marketing.

Ebooks

Criar ebooks é útil para textos que devem ser abordados da maneira mais profunda. Após o interesse inicial do usuário em um tópico, é útil ter um material com mais detalhes caso ele queira procurar saber mais.

Calculadoras

As calculadoras são grandes apostas para os criadores. Essas permitem que se faça as contas ali mesmo no site, sem precisar de aplicativo ou entender muito sobre o cálculo. Por fim, esse recurso interativo personalizado tem as seções para indicar os dados.

2 – Pesquisas de mercado e enquetes

Avaliar o mercado e seus dados é vital para entender informações relevantes. Assim, para o marketing uma boa pesquisa de mercado é sempre bem-vinda. Isso porque, a partir dela se recolhem os dados socioeconômicos e se percebe o comportamento do consumidor.

Os dois tópicos são úteis para traçar a estratégia final de seu negócio, com a maior precisão possível. Dessa maneira, é comum que marcas, empresas e pessoas definam seus objetivos após a elaboração desse relatório. Afinal, é essencial se adequar às demandas.

3 – Materiais com novidades e notícias

Para este modo de link baiting é preciso ser ágil e autêntico. Ter a notícia de primeira mão pode trazer muitos pontos positivos, já que novidades trazem muitos cliques. Por fim, caso seja a fonte da informação, será mencionado diversas vezes nos próximos textos. 

4 – Listas como recurso informativo

As listas informativas são um resumo de qualquer assunto ou passo a passo. Portanto, por natureza, elas já são chamativas e despertam a curiosidade do usuário. Desse modo, se adequa a qualquer tema, além de trazer dinâmica para o texto e facilitar a leitura.

Outro ponto importante é que é possível traçar a estratégia de marco zero do Google com as listas. Por fim, uma estratégia complementa a outra e com isso, o tráfego orgânico do site pode aumentar de maneira considerável. 

5 – Ferramentas digitais

As ferramentas digitais são muito utilizadas nos dias atuais e melhoram o link baiting. Isso porque, atraem mais tráfego para o site da web. Outro ponto útil é a grande visibilidade que esses recursos virtuais dão para o conteúdo. 

Um exemplo disso são as personas digitais. Portanto, essas ações de públicos-alvos ideais das marcas ajudam a marca e o cliente a entender porque os dois se encaixam e deveriam estabelecer uma relação. Assim, é uma tática útil do marketing.

6 – Mapas

Os mapas também são bons para ter backlinks no texto de modo natural. Desse modo, nessa estratégia há um foco nos dados centrais do assunto, com imagens de auxílio, mas que não são muito extensas. Por fim, são ideais para manter a atenção do leitor.

mulher sentada, usando o tablet
Mais do que atrair o usuário, é preciso reter a sua atenção na página. Imagem de freepik no Freepik

7 – Relacionar temas que não são semelhantes

Apesar de parecer errado, se bem feito é uma ótima estratégia pular de um assunto para o outro. Isso porque, otimiza a busca e o conteúdo atinge dois públicos que buscam por temas distintos ali tratados. Portanto, é um ótimo exemplo de link baiting.

O que é bait marketing?

Bait Marketing utiliza as estratégias das iscas de links para fins de marketing. Desse modo, é quando as empresas, marcas e criadores de conteúdo procuram engajamento nas publicações por meio de textos e imagens chamativas que impressionam o usuário.

É útil falar que nem sempre essa ação é correta. Isso porque, há frases sensacionalistas e fake news que usam a mesma ideia para atrair cliques com o link baiting. Portanto, muitas vezes há mentiras e a decepção do leitor que esperava por algo e não o obteve.

Clickbait

O Clickbait é uma tática da web usada para aumentar o tráfego de uma página. Em resumo, ele é uma isca de cliques. Desse modo, acontece por meio de uma manchete e textos enganosos. Assim, não preza pela qualidade e sim por como vai chamar atenção do leitor.

Como funciona Clickbait

O criador de conteúdo visa chamar atenção do maior número de pessoas possível. Assim, o caça cliques é usado para gerar visibilidade. Esse funciona com estratégias para persuadir de modo ágil e certeiro que os usuários cliquem no link em questão.

Como fazer Clickbait

Uma maneira válida de fazer Clickbait é seguir as regras e estratégias do link baiting. Além disso, é possível focar na qualidade e fazer um título chamativo, mas que esteja de acordo com o texto escrito. 

É útil saber que há os pontos negativos dessa estratégia. Por fim, ter cuidado com a aplicação é vital, para não estragar o seu desempenho ao invés de melhorar.

O que significa Clickbait na Internet

Na internet, o Clickbait segue a mesma lógica apresentada antes, mas também é provocativo, além de chamativo. Dessa maneira, convida as pessoas com as frases “compartilhe” ou “mande para seu amigo que irá gostar do conteúdo”.

Por que Clickbait é perigoso?

Muitas vezes, os clientes e usuários se sentem decepcionados por não suprir a expectativa que haviam criado com a informação na web. Dessa maneira, diferente do link baiting, o clickbait pode ser prejudicial para seu desempenho online. 

Outro ponto é que essa tática é usada por muitos produtores de conteúdo enganosos. Assim, a publicação pode ser prejudicada pela falta de credibilidade que o usuário dá a ação na web. Desse modo, representa até mesmo a perda de clientes.

Como as estratégias de link baiting aumentam os links para sua estratégia?

O link baiting atrai mais links para sua estratégia de forma simples e natural. Portanto, a prática aumenta a possibilidade de ser referenciado em mais conteúdos por meio de suas táticas de aparição. É útil, então, seguir os seguintes passos para aplicá-lo:

  • Estudar sobre o mercado que deseja entrar;
  • Definir objetivo e formato;
  • Focar na qualidade do conteúdo;
  • Aplicar estratégias de SEO;
  • Quando necessário, esquematizar as personas;
  • Entender o público-alvo;
  • Cuidar com o clickBait;
  • Fazer um conteúdo chamativo e inovador.

Ter backlinks de qualidade naturalmente se torna mais fácil com este guia. Por fim, foque na criatividade para aplicar as estratégias aos negócios. O mundo respira o marketing e a isca de links é um dos caminhos importantes nessa jornada.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes