Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Mapa conceitual: como criar e trabalhar com essa ferramenta?

Entenda como funciona o mapa conceitual e descubra porque esse é um recurso tão interessante para quem deseja organizar suas ideias de um modo dinâmico e criativo.

Saiba como criar um mapa conceitual de modo dinâmico, criativo e inteligente, ainda conheça os seus benefícios e entenda o motivo de adotar essa técnica, inclusive, como uma eficaz ferramenta de planejamento estratégico.

O que é o mapa conceitual?

A técnica do mapa conceitual é uma ferramenta de estudo conhecida desde a década de 1960. Seu objetivo é ajudar a memorização de temas, bem como tornar o estudo mais ativo, por meio do uso de gráficos e palavras-chave unidas por ordem estratégica e cronológica.

No entanto, além do uso educacional, a ferramenta auxilia, de modo bem criativo, as tarefas cotidianas de uma empresa. Passa por várias setores, em especial, o de comunicação e marketing, pois:

  • apoia a produção de conteúdo;
  • ajuda no desenvolvimento de produtos;
  • coopera com o desenvolvimento do planejamento estratégico;
  • contribui para o gerenciamento do negócio.

Todos esses benefícios, por sua vez, se apresentam com melhor visualização, graças a disposição da ferramenta. O brainstorming de muitas agências de comunicação, a saber, parte da elaboração desse mapa. A seguir, saiba como criá-lo.

Por que usar um mapa conceitual?

O mapa conceitual é uma ótima ferramenta para organizar e estruturar dados complexos. Isso porque, ajuda a entender como diferentes ideias, podem se conectar, além de achar lacunas entre elas, facilitar a memorização e a revisão de conceitos.

Mapa conceitual: como criar e trabalhar com essa ferramenta?
Aprenda a criar e usar um mapa conceitual. Imagem de fauxels em Pexels. 

Como é um conceito visual é mais fácil entender e transmitir a informação que se deseja. Por isso, é muito útil em várias situações como, por exemplo, as que estão listadas a seguir:

  • organizar o conteúdo de um curso ou palestra;
  • planejamento de estudos, projetos ou negócio;
  • gerenciar o conhecimento em uma equipe.

Para ser efetiva a ferramenta tem que possuir uma estrutura básica. Assim, a seguir estão alguns itens que não podem faltar ao longo da construção desse recurso, veja. 

Ideia central

Todo mapa conceitual tem que partir de uma ideia central que será fragmentada em pequenos pedaços. Dessa forma, o elemento central é o ponto de referência que contextualiza os demais conceitos presentes no mapa. 

Conceitos

Os conceitos são os itens que surgem a partir de onde a ideia central se dividiu. Por isso, surgem a partir de palavras-chave, eleitas por fazer uma grande diferença na compreensão do elemento central.

Hierarquia

Para usar a ferramenta ela precisa ter uma hierarquia entre as suas partes. Então, a proposta é que a análise ocorra a partir do mais importante para o que possui menor relevância. Além disso, é necessário conectá-los por meio de setas que deixem claras a relação.

Frases de ligação

Na conexão dos conceitos, as frases de ligação podem te ajudar a chegar no resultado desejado, já que precisam ser curtas e práticas. Isso porque, são elementos intermediários, que ficam nas linhas que conectam os diferentes níveis hierárquicos. 

Definições

Após dividir a ideia principal do mapa em várias partes, você tem que definir o que cada uma delas representa. Assim, é com poucas palavras que as funções e as necessidades ficam mais claras e fáceis de memorizar. 

Como elaborar um mapa conceitual dinâmico e criativo?

Para elaborar um mapa conceitual de forma dinâmica e criativa é preciso considerar um determinado passo a passo. O “marco zero”, no entanto, é ter em mãos post-its e canetas coloridas ou montar uma apresentação no laptop que permita a inclusão de caixinhas e fontes de diversas cores. 

Vale reforçar que cada etapa a ser apresentada a seguir não deve ser pulada ou antecipada, pois há o risco da ferramenta não atender o objetivo proposto. Antes, porém, veja alguns erros comuns na criação de mapas que são evitados a partir da correção de certos vícios.

Escolha o tema

Todo mapa tem seu ponto de partida com a escolha do tema que será trabalhado. Para tanto, é preciso ter bem delimitado o foco da ação, uma vez que é a partir dela que serão extraídas as ideias principais, assim como as secundárias e as terciárias.

A fim de evitar confusão no momento da divisão de ideias, a dica é fazer uma lista com todas elas e a partir daí, segmentar pelo grau de importância.

Reúna as informações necessárias

O segundo momento da confecção do mapa conceitual foca seu esforço na pesquisa e coleta de dados. Essas informações são importantes uma vez que servem como bússola para definir os principais conceitos do mapa.

Além disso, o momento de pesquisa já significa um processo de imersão do tema, em que todos os conhecimentos obtidos serão úteis.

Para tanto, faça buscas em livros, enciclopédias e outros sites confiáveis da internet. Ao buscar fontes seguras de informação, você assegura a veracidade e facilita o próximo passo da criação do mapa.

Organize e filtre as informações

Com as informações e dados em mãos, você inicia a 3ª etapa da criação do mapa. O momento agora é de filtrar o que foi coletado na etapa anterior, para manter no mapa apenas aquilo que é valioso para a sua ação.

É nesse ponto que o brainstorming de ideias acontece, a fim de destacar o que é essencial à pesquisa e dessa forma, trabalhar o poder de síntese de informação.

Organize e junte conceitos

Após as três primeiras etapas de trabalho, o mapa pode parecer um tanto confuso. E é nesse momento que você consegue fazer correlações de dados e informações, para unir o tem, de fato, proximidade.

O início desse processo é a seleção do título, pois é a partir dele que o mapa será destrinchado. Para organizar a distribuição dos termos secundários e terciários opte pela seleção em hierarquia, que destaca os itens mais importantes e por fim, a forma de conexão entre eles.

Mulheres conversando em escritório enquanto seguram folhas com relatórios
A revisão é a 5ª etapa do mapa conceitual e deve ser feita por alguém externo. Imagem de pch.vector no FreePik.

Revise com detalhes

Ao chegar na quinta e última etapa da elaboração do mapa, é necessário fazer uma revisão criteriosa. Isso é mais um processo de filtragem, a fim de observar possíveis lacunas ou mesmo, eliminar aquilo que por ventura, sobrou.

Essa revisão, normalmente, deve ser feita por alguém que não trabalhou com a ferramenta, pois o mapa deve ser compreensível para ela, de modo a destacar aquilo que tem a maior importância.

Quais são os programas para usar ao fazer um mapa conceitual?

Você pode usar uma lousa com post-its e canetas para elaborar um mapa conceitual físico. No entanto, a tecnologia oferece ferramentas que fazem o trabalho de organização, ou seja, de disposição visual por você. Aliás, é possível criar esses mapas até mesmo de um smartphone, uma vez que já existem bons aplicativos disponíveis para essa tarefa, conheça algumas opções a seguir.

SmartDraw

O SmartDraw é uma das opções mais versáteis e intuitivas para criar um mapa. Roda muito bem pareado com outras ferramentas, como, por exemplo, o Google Drive ou o Microsoft Office. Possui uma interface didática e a partir de um tema pré-definido, elabora de modo automático o esquema escolhido.

Creatly

A ferramenta Creatly é colaborativa, uma vez que permite trabalhar em equipe, de modo a liberar o acesso do mapa a vários convidados.

Sua operação é bem didática, possui vários modelos de escolha, assim como algumas opções que permitem a revisão do mapa, de modo a agilizar o processo de filtragem final das informações.

Xmind

Outra ferramenta que permite o trabalho em equipe e que além do mapa conceitual, ajuda na elaboração de mapas mentais e apresentações.

Conta com templates variados e é recomendado para uso em computadores ou notebooks. Seu download é gratuito e considerado muito seguro, ou seja, a prova de invasões ou fraudes.

Canva

O Canva é uma ferramenta popular e fácil de usar para criar diversos tipos de design, inclusive esse. Isso porque, o programa conta com uma interface intuitiva e uma ampla variedade de modelos e elementos gráficos, que permite criar elementos visuais bonitos. 

Miro

O Miro é uma plataforma versátil que permite criar produtos de forma colaborativa. Ou seja, possibilita que várias pessoas trabalhem ao mesmo tempo, em um mesmo mapa, com uma ampla gama de recursos.

LucidChart

Mais um programa profissional para criação de diagramas, fluxogramas e mapas conceituais é o LucidCharts. Isso porque, conta com várias ferramentas de edição e colaboração em tempo real, o que o torna uma escolha popular para profissionais que desejam alta qualidade.

Qual é a diferença entre mapa conceitual e mental?

O mapa conceitual tem uma estrutura com hierarquia que deve ficar clara na sua relação com a ideia principal, já o mental não. Dessa forma, o segundo tipo são mais livres e orgânicos, o que permite um fluxo de ideias mais intuitivo e original na hora de organizar o seu material.

Como trabalhar com o mapa conceitual de modo eficaz?

O mapa conceitual pode parecer trabalhosa no início, no entanto, a partir do desenvolvimento constante de mapas, a elaboração de um novo esquema vai parecer cada vez mais rápida e intuitiva, isso porque trabalha algumas habilidades cognitivas, a saber:

  • criatividade;
  • poder de síntese;
  • pensamento estratégico;
  • capacidade de organização.

Falar de habilidades cognitivas abre espaço para falar de metacognição, ou seja, da teoria da mente e o seu poder de potencializar as capacidades.

Por fim, ao terminar um mapa você vai, com certeza, ter maior domínio do tema escolhido. E, por consequência, mais facilidade para apresentar ou vender sua ação para alguém.

Comece, treine e desenvolva essa ferramenta a partir das dicas aqui expostas. Ao longo do tempo você vai dominar qualquer tema com um esquema visual mais atrativo e de performance.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Seu feedback é importante, comente!

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes