Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Publicidade: saiba como aplicá-la em sua estratégia de marketing digital

A publicidade pode ser definida como uma prática de ações de marketing em uma mídia que visa atingir o público-alvo ideal de uma empresa. Além disso, ela também é uma área de conceitos e estudos relativos ao campo da comunicação como um todo.

É importante não limitar o termo ao simples fato de gerar interesse em alguma compra. Portanto, confira as principais características e detalhes da promoção de anúncios que tanto impactam o dia a dia do consumidor.

O que é publicidade?

Ela pode ser vista como uma ação profissional que trabalha com as propagandas e anúncios de uma empresa. Nesse sentido, tem-se o uso de estratégias da área de comunicação para divulgar um produto, serviço ou marca.

Vale dizer que o termo não se limita a isso e, portanto, também faz parte de todo o campo de conhecimento da Comunicação Social. Dessa forma, também visa enxergar as tendências populares e replicar os costumes em forma de arte.

Existe um grande debate acerca deste nicho, pois os mecanismos de persuasão que geram a compra podem ser considerados antiéticos. Então, trata-se de uma tarefa que também é acompanhada pelo estado e suas regulações.

História da publicidade

A história da publicidade começa desde o momento no qual o comércio se estruturou na sociedade. Afinal, as pessoas sempre tiveram a necessidade de divulgar os seus produtos e serviços. 

Estima-se que o início se deu na Antiguidade, porém, tudo era feito de forma prática sem teorias prévias. Com isso, só por volta de 1430 com as invenções de Gutenberg foi possível escrever sobre formas corretas de se fazer propaganda.

Uma prensa mecânica foi a principal criação que alavancou a reprodução de peças gráficas e surgiu no século XV. Assim, teve-se início os jornais impressos como meio de comunicação.

Qual a diferença entre propaganda e publicidade?

A diferença entre propaganda e publicidade é a questão do comércio e das técnicas usadas em ambas. Nesse sentido, a primeira tem um uso além do mercadológico, ou seja, pode ser usada para razões políticas, artísticas e divulgações sem lucro.

Já a segunda, por sua vez, tem um compromisso com o público-alvo de uma empresa. Então, ela precisa usar métodos de convencer, atrair e converter uma pessoa com base nos seus anúncios.

imagem de uma folha de jornal
Publicidade em jornais impressos é uma forma tradicional de fazer propaganda e anunciar produtos. Imagem de ChristopherPluta no Pixabay.

Principais tipos de publicidade

Os principais tipos de publicidade possuem características distintas e quem deseja aplicar bem em seu negócio precisa conhecê-los. Afinal, a marca tem que atingir o seu cliente de um jeito humano, coeso e forte.

É importante entender a área como um gênero textual que divulga um produto de uma marca. Assim, tem-se as peças publicitárias que são veiculadas em várias mídias diferentes de acordo com os detalhes do item.

Uma criação de anúncios, por exemplo, varia de formato caso ele vá ser publicado no Instagram ou anexado em um prédio de uma universidade. Então, cada situação demanda decisões diferentes ao se fazer um plano de marketing.

Produto

A estratégia de anúncios de um produto específico de uma empresa é um dos tipos de publicidade. Nesse sentido, trata-se da divulgação de uma mercadoria com o objetivo de ganhar espaço no mercado.

Use as principais características do item para fazer com que ele seja visto como algo distinto pela audiência. Por exemplo, coloque em evidência o preço acessível ou as funções que ele tem para agregar ao dia a dia do cliente, além das outras estratégias a seguir.

Estimule o “boca a boca”

Você precisa fazer com que o produto chegue aos seus clientes por meio de estratégias que criam laços culturais. Nesse aspecto, essa tática também se chama buzz marketing e visa posicionar a mercadoria na mente do público, a fim de ganhar autoridade. 

Um produto ou serviço que atinge as dores dos seus consumidores vai entrar no cotidiano dessas pessoas. Assim, o “boca a boca” é a garantia de que seus clientes fiéis vão espalhar a sua marca por você.

Eventos presenciais e virtuais

Faça eventos tanto presenciais quanto virtuais para divulgar o seu produto e a sua marca. Contudo, não se esqueça de que o objetivo é criar uma boa relação com os clientes, ou seja, o foco não pode ser apenas na venda.

Caso a sua empresa atue somente de forma digital, não descarte ações presenciais. Com isso, cria-se uma relação mais próxima com o seu público e permite uma interação que a internet não é capaz de executar.

Anúncios na Internet

Busque estudar a sua persona e faça anúncios na internet em mídias nas quais ela se encontra mais presente. Assim, você cria uma sensação de estar ativo em todos os lugares e garante maior autoridade na sua área de negócio.

Grande parte das redes sociais possuem mecanismos de anúncios pagos para aumentar o alcance de uma conta. Por exemplo, o Facebook Ads e o TikTok Ads que possuem milhões de acessos diários. 

Serviço

Caso o seu atrativo não seja um produto é preciso fazer uma publicidade de serviço. Com isso, busque as melhores estratégias relativas à divulgar e mostrar ao cliente as vantagens do seu negócio.

Uma equipe profissional em realizar a propaganda de um serviço é o mais recomendado. Afinal, eles vão garantir que as pessoas entendam a necessidade de contratar o seu trabalho e, além disso, irão fazer a manutenção desse discurso para os clientes.

Objetivos estratégicos do negócio

Lembre-se de que a publicidade é uma prática de marketing, então, é necessário definir objetivos estratégicos do negócio. Nesse sentido, tente planejar o que a sua marca quer passar e como ela quer fazer isso para se comunicar de forma efetiva com o cliente.

Ter um plano bem delimitado é a chave para iniciar tudo de uma forma assertiva. Afinal, quanto mais clara é a sua meta, menor será a chance de você ter que mudar questões relativas ao processo de marketing do seu serviço.

Público-alvo da ações de publicidade

Estude as principais características do seu público e defina uma persona efetiva para realizar a ação de forma correta. Para isso, compreenda as dores e os problemas dos seus leads, a fim de aparecer como a solução certa.

Saiba que é importante que a comunicação externa da publicidade seja direcionada a concretizar laços humanos com a sua audiência. Aliás, trata-se de não só ofertar um produto, mas conversar e mostrar que o seu negócio é o que falta na vida dessas pessoas.

Diferença entre público-alvo e persona

As personas são um perfil fictício de um cliente com informações detalhadas acerca de comportamento, humor, trabalho, entre outras questões. Por sua vez, o público-alvo é uma análise geral dos tipos de pessoas que consomem a sua marca.

Diferenciar os dois termos é algo importante, pois as abordagens em relação às categorias de público são divergentes. Assim, uma persona é algo muito mais específico e demanda maior análise de dados para a montagem de seu perfil ideal.

imagem de uma mesa com um tablet mostrando vários gráficos. Na mesa tem também vários relatórios em forma de folha de papel
A publicidade é uma ferramenta do marketing que trabalha com os dados gerados pelas equipes dessa área. Imagem de PhotoMIX-Company no Pixabay.

O que é publicidade de promoção?

Publicidade de promoção é um meio de garantir a atenção de clientes por meio de descontos e vantagens. Nesse sentido, trata-se de uma das táticas do marketing para aumentar as vendas ou disseminar o seu branding por ações como:

  • Queima de estoque com grandes descontos;
  • Combos de produtos e serviços inclusos na compra;
  • Brindes e promoções relâmpago em datas festivas;
  • Descontos por divulgação e compartilhamento.

O principal desafio desse tipo de prática é acertar na quantidade de vantagens ofertadas. Afinal, as pessoas não podem ficar mal acostumadas, pois elas vão se assustar e se indignar quando os preços voltarem ao padrão.

Busque o equilíbrio entre as promoções para garantir que o cliente entenda a proposta da sua marca. Além disso, o foco da estratégia pode ser tanto no produto quanto na empresa e na disseminação da marca em si.

Vale dizer que essa prática pode ser feita em formato físico ou digital. Portanto, as redes sociais são uma ótima forma de entender os anseios dos clientes e ofertar com base neles, além de interações diretas em uma loja física com perguntas e respostas, por exemplo.

Principais semelhanças entre publicidade e marketing

A publicidade é uma das estratégias de marketing, portanto, eles possuem grandes semelhanças. Nesse sentido, é importante entender que eles não possuem o mesmo conceito, embora seus objetivos sejam os mesmos.

Já este segundo possui uma série de características que se chamam os 4 Ps do marketing, que são o Preço, a Praça, o Produto e a Promoção. Assim, eles compõem o plano de divulgação e precisam ser pensados em conjunto para um bom resultado, pois:

  • Planejam os preços e o ROI;
  • Decidem os detalhes dos produtos;
  • Verificam as lojas e a distribuição;
  • Divulgam com base nas personas.

A publicidade entra no campo do quarto P (Promoção), pois se trata de uma das ações capazes de promover um produto. Nesse sentido, ela tenta impactar as personas com uma conversa persuasiva, interativa e criativa. 

O marketing precisa dos 4 Ps em harmonia, já que é isso que permite atingir o objetivo traçado pela empresa em questão. Dessa forma, as semelhanças entre a área e a sua ferramenta são baseadas nas tentativas de atrair, bem como, converter.

Uma prática publicitária não visa, necessariamente, as vendas e os lucros. Então, ela pode ser usada, por exemplo, para transformar a imagem de uma empresa.

Planejamento

Use as estratégias de marketing com base em um planejamento prévio e bem claro para todos os integrantes de sua equipe. Nesse aspecto, a publicidade precisa dos outros fatores que envolvem o produto em bom funcionamento. 

É fato que se uma mercadoria não possui uma boa política de preços, nem um ótimo local de venda e distribuição, não adianta fazer a promoção certa. Afinal, as pessoas terão conhecimento de um item que não conversa com as suas realidades.

Persona 

A persona é o perfil semi fictício de um cliente ideal e ela é a base de todo o processo de marketing de um produto. Nesse sentido, tudo é definido por meio do quanto ela está disposta a pagar, quais são as suas dores e como é o seu comportamento no mercado.

Uma persona bem detalhada é o que vai garantir à empresa uma boa chance de atingir o seu público. Portanto, ela tem que ser definida antes de qualquer outro planejamento em relação ao produto e a sua divulgação.

Análise

Tenha boas ferramentas de análise dos resultados da sua estratégia para garantir que ela está funcionando. Com isso, ter eficientes indicadores de desempenho vão permitir que a empresa consiga se adaptar aos problemas e diminuir erros que custam caro.

A promoção e a publicidade dentro de uma rede social, por exemplo, precisa de constante feedback. Afinal, as tendências estão sempre em movimento e a marca precisa acompanhar o ritmo de seus clientes por meio de análises, bem como, interações. 

imagem de uma cidade com carros e vários prédios
O anúncio de uma grande publicidade vai ser visto por muitas pessoas e não pode ser enganoso. Imagem de photosforyou no Pixabay.

Quais as diferenças entre publicidade e marketing?

Para que a sua empresa tenha sucesso nas estratégias é preciso saber diferenciar a publicidade do marketing. Então, as principais distinções entre eles é o que vai fazer com que você pratique-os da melhor forma possível em relação ao seu produto.

Um profissional publicitário também precisa se dedicar a métodos de criação de peças gráficas. Por exemplo, as seguintes ferramentas são as mais usadas no mercado hoje:

  • Photoshop;
  • CorelDraw;
  • Illustrator.

Eles também têm que se dedicar ao estudo de teorias de criação, como as características da gestalt e a teoria das cores. Além disso, precisam conhecer bastante sobre tipografia e a história da arte, bem como, as suas tendências. 

Já o marketing conta com um foco nos resultados e nas vendas por meio de estratégias, além de softwares de análise de dados. Com isso, a propaganda é uma das formas de se fazer um processo de divulgação dentro de uma empresa.

Existem profissionais capazes de executar e atuar dentro das duas áreas, como é o caso das agências full service. Dessa forma, os dois mundos estão sempre em diálogo e você precisa de todos funcionando para garantir uma boa disseminação do seu negócio.

Mensuração de resultados

O marketing precisa de uma mensuração de resultados com base em longos prazos devido à complexidade das suas ações que levam muito tempo. Por sua vez, a publicidade demanda análises de desempenho com maior constância.

As práticas da propaganda e dos anúncios são planejadas em um período mais curto. Assim, uma mensuração de resultados diária é bem-vinda no contexto dessa ferramenta, pois o seu objetivo é mais imediato. 

Foco no público externo

Uma estratégia de publicidade tem como foco, somente, o público externo em relação ao produto e a marca. Afinal, as suas práticas são feitas para atrair as pessoas e atingir as personas de um modo mais direto. 

No marketing, por outro lado, tudo acontece um pouco diferente, pois a comunicação com o público interno também se faz necessária. Então, ele se preocupa com as duas faces de um negócio.

As duas áreas atuam juntas, ou seja, para ter uma comunicação completa é interessante garantir os dois serviços. Nesse sentido, uma empresa precisa interagir bem com o público e os próprios funcionários.

Especializações e habilidades 

O profissional da publicidade possui uma visão restrita dos processos em torno de um produto. Com isso, o seu foco é inteiramente na difusão da mercadoria por meio de anúncios e propagandas. 

Ele precisa ter uma boa visão tanto dos meios presenciais de divulgação quanto das mídias e ambientes digitais. Afinal, o seu planejamento de comunicação objetiva uma conexão com os clientes.

O profissional do marketing, por sua vez, precisa de uma noção mais ampla de todo o processo. Assim, ele analisa o mercado como um todo por meio das ferramentas de estudo da concorrência e da persona. 

Publicidade e marketing podem andar juntos?

A publicidade e o marketing devem andar juntos para que a empresa perpetue seus produtos e serviços de uma forma efetiva. Com isso, as duas áreas são campos complementares e se conversam o tempo todo dentro de uma estratégia. 

Este segundo, por exemplo, deve trabalhar para que as propagandas e os anúncios sejam feitos de modo saudável. Assim, ele delimita objetivos e detalhes que a publicidade precisa seguir para realizar bons trabalhos. 

A visão macro de todo o processo mercadológico em torno de um produto ou serviço é feita pelo marketing. Então, as propagandas e os anúncios são de caráter micro e os publicitários entram nessa etapa para garantir que tudo seja feito de forma profissional.

Benefícios desta união

Um dos benefícios desta união é a interação entre a publicidade e o marketing para garantir a efetividade dos dois processos. Para isso, eles contam com uma série de pontos positivos, como:

  • Tornam o produto mais competitivo no mercado;
  • Analisam em curto e longo prazo o desempenho da estratégia;
  • Colocam diferentes setores da empresa em total alinhamento.

Os processos de divulgação de um produto ou serviço são complexos e temporais, ou seja, as tendências mudam muito rápido. Com isso, ter uma constante interação na união citada faz com que as análises de desempenho sejam mais efetivas e versáteis. 

imagem de um escritório moderno com várias mesas e pessoas trabalhando ao mesmo tempo
Existem agências de publicidade de vários tipos e com o foco em diferentes mercados dentro do marketing. Imagem de louisehoffmann83 no Pixabay.

Por que é preciso evitar publicidade abusiva e enganosa?

A publicidade enganosa é uma prática antiética que os publicitários devem evitar a todo o custo. Afinal, ela faz com que distorções em relação ao produto ou serviço sejam criadas e as consequências são severas, como:

  • Perda de autoridade no mercado;
  • Insatisfação dos clientes ao serem enganados;
  • Penalidades judiciais.

O Código de Defesa do Consumidor é uma ferramenta do Estado que determina qual publicidade é enganosa ou não. Assim, praticar atos que distorcem a natureza e as características de um item é um crime com graves penalizações. 

A publicidade e o marketing digital devem trabalhar em conjunto para garantir que não se espalhe mentiras acerca da mercadoria. Com isso, você garante a confiança do seu cliente e evita perder espaço no mercado por meio de boicotes ou até mesmo pela lei.

O mercado publicitário tem um conjunto de regras de ética acerca da sua profissão que se chama Código de Autorregulamentação Publicitária. Dessa forma, ele dita as regras do negócio e garante que todos entendam as boas e más práticas envolvidas. 

É muito importante que você tenha profissionais com noções de ética publicitária na sua empresa. Portanto, estimule esse conhecimento por meio de palestras e reuniões educativas dentro da corporação.

Publicidade infantil

A publicidade infantil é um tema em constante debate no estado e no próprio mercado. Afinal, a criança não pode ser coagida por ações persuasivas devido à sua imaturidade em diferenciar a realidade da fantasia. 

Existem pessoas que a defendem com cuidados relativos ao público infantil. Contudo, é preciso que essas práticas estejam em constante análise pelas leis de proteção à criança e pelo CONAR.

Uma das imposições do Estado em relação ao mercado publicitário é a proibição de propagandas e anúncios para menores de 12 anos. Por isso, é de extrema importância que a sua equipe tenha noções de ética infantil dentro da estratégia de marketing.

Como funciona uma agência de publicidade?

As agências de publicidade são empresas que realizam campanhas publicitárias para os seus clientes e elas funcionam tendo a criatividade como um de seus pilares. 

Nesse sentido, elas buscam entender o produto e a marca em sua totalidade para planejar as propagandas, bem como, os anúncios. Vale dizer que em muitas delas você vai encontrar muitos termos em inglês, como o brainstorming e o branding. 

Isso acontece já que os profissionais dessa área são, em geral, bem conectados com as tendências de mercado e as estratégias internacionais. Existem agências de pequeno, médio e grande porte, seja como for, é indicado que a sua empresa contrate esse serviço. 

Com isso, se garante uma divulgação profissional do seu produto e não corre riscos de errar a mão na comunicação, confira a seguir as bases da área.

Atendimento

Dentro de uma agência é necessário que tenha um atendente publicitário que faz a ponte entre cliente e empresa. Assim, ele garante que toda a interação entre as partes ocorra da forma mais clara possível. 

Ele precisa ser um profissional versátil e com uma excelente comunicação, pois precisa entender as demandas do contratante. Além disso, ele também tem que explicar etapas importantes do processo da estratégia para o consumidor que é mais leigo.

Planejamento

Após a realização do briefing por parte do cliente e do atendimento, tem-se a parte de planejamento publicitário. Nesse aspecto, cria-se a estratégia para alcançar o objetivo e as características da campanha a ser realizada. 

O processo demanda muita criatividade, logo, deve ser feito com base no público-alvo e nas personas do negócio do cliente. Por isso, o profissional que o realiza precisa ser muito volátil e pesquisar acerca de cada caso de forma individual.

Redação

A criação de textos e outros materiais escritos são feitos pela área de redação por parte do redator publicitário. Nesse sentido, ele precisa entender todo o briefing realizado e os detalhes do planejamento de campanha para começar a redigir.

É preciso que a escrita seja persuasiva e com o foco de atingir exatamente a persona em questão. Para isso, tem-se as técnicas de copywriting e ferramentas de otimização do conteúdo para cada veículo que ele se inserir.

Criação

A criação dentro da publicidade é a área que trabalha junto com o redator para dar vida ao texto com a adesão de imagens e peças gráficas. Assim, tem-se a figura do diretor de arte como o profissional que vai criar uma identidade para aquela comunicação.

É necessário ser muito criativo para se adequar a cada tipo de cliente dentro da agência. Além disso, é preciso que toda a equipe em todas as etapas esteja alinhada em termos de criação. 

imagem de um laptop em cima da mesa, com uma xícara de café e um caderno
Entre nos sites que produzem conteúdo sobre publicidade para se manter atualizado no mercado. Imagem de 27707 no Pixabay.

Mídia

As criações de uma campanha publicitária precisam ser veiculadas nas mídias que se adequam mais ao perfil do público do cliente. Por isso, o profissional dessa área é o responsável por negociar com os principais meios de divulgação.

É uma parte muito relevante do processo, pois é nela que acontece a maior parte do investimento da agência. Além disso, a escolha da mídia correta é a grande decisão final da campanha.

Outra áreas da agência de publicidade

A publicidade também comporta outras áreas importantes do seu negócio, como é o caso da pesquisa que estuda dados sobre seus clientes. Além disso, tem-se a produção de mídia audiovisual para a equipe de criação.

O tráfego também é de muita importância dentro de uma agência, pois ele determina se tudo será entregue no tempo correto. Por fim, ele faz uma organização geral das questões internas da empresa.

Web em agências de publicidade

A internet implicou grandes mudanças no mundo da publicidade e as agências precisam se adaptar. Nesse sentido, até uma empresa mais tradicional deve entender as ferramentas digitais e suas características, assim como os impactos na propaganda e nos anúncios.

Existem empresas digitais com foco exclusivo em estratégias online, como o SEO por exemplo. Além disso, outras se colocam no mercado como “full service”, termo que indica uma afinidade com marketing digital e outros processos da área virtual.

Publicitários nos anunciantes e veículos

As agências e os anunciantes contratam o publicitário para trabalhar dentro da área de marketing da empresa. Nesse aspecto, ele não se limita às atividades da publicidade e integra grande parte da estratégia das outras etapas. 

Um veículo de imprensa também pode contratar um publicitário, por exemplo, um jornal tanto impresso quanto digital. Dentro disso, ele é responsável pela relação da mídia com o anunciante e pela busca de novas oportunidades.

Sites de publicidade

Existem sites que produzem conteúdo constante e atualizado sobre publicidade e você precisa ir atrás deles. Afinal, estar por dentro das tendências do mercado é uma tarefa obrigatória para os profissionais de marketing de uma empresa. 

Alguns funcionam como blogs, outros como newsletter e todos têm como foco a produção de matérias sobre a área. Confira alguns dos principais portais para os publicitários:

  • Adweek;
  • Meio e Mensagem;
  • Adnews;
  • Plugcitários.

Todos esses domínios falam com grande frequência sobre criatividade, marketing, propaganda e anúncio. Além disso, eles são uma boa forma de analisar a concorrência e suas práticas dentro do mercado.

Você encontra sites com foco nos negócios nacionais e também internacionais, ou seja, é possível estudar diferentes nichos pelo mundo. Dessa forma, ficar bem informado garante maior sucesso nas ações relacionadas à publicidade.

O Adweek, por exemplo, possui conteúdos sobre comércio, criatividade, mídia, programação e agências. Além disso, ele noticia casos pelo mundo que fizeram sucesso e conquistaram o público. 

Vale a pena investir nesta ferramenta para o seu negócio?

A publicidade e propaganda são ferramentas do marketing essenciais para o seu negócio, então, invista nelas o quanto antes. Com elas, você terá uma série de benefícios no mercado, como:

  • Diálogo eficiente com o público ideal;
  • Marketing completo e bem alinhado com outros setores da empresa;
  • Comunicação externa e interna de sucesso;
  • Peças publicitárias difundidas nas mídias corretas.

É possível contratar um serviço publicitário para a produção de anúncios em revistas, jornais e redes sociais. Além disso, ele pode ser usado para a confecção de produtos como:

  • Banner;
  • Cartaz; 
  • Música ou jingle;
  • Filme;
  • Letreiro.

Invista em uma agência de publicidade para ter uma equipe profissional em decifrar a linguagem do seu cliente. Afinal, estreitar a comunicação entre a empresa e o consumidor é um dos principais meios de fazer crescer o seu negócio.

É importante que você não interprete essa ação como um gasto, mas sim como um investimento que terá retorno financeiro. Além disso, é necessário ter paciência e realizar constantes análises de desempenho.

Garanta a expansão da sua marca e do seu produto na mente dos seus clientes com produções de conteúdo publicitário de qualidade. Por fim, tenha estas peças gráficas publicadas nas mídias certas.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes