Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Por que incluir o vídeo case em sua estratégia de marketing?

Apresentar um vídeo case ao público reforça a prova social de uma marca, assim, esse recurso é cada vez mais utilizado, a fim de estreitar laços entre leads e empresa.

Utilizar o vídeo case como estratégia de marketing e dessa forma, arrebatar de vez o coração do lead para a sua marca é uma ação cada vez mais comum. No entanto, se você está inseguro para fazer isso na sua empresa, prossiga a leitura e saiba como obter êxito.

O que é o vídeo case?

Vídeo case é o nome da ação que apresenta um caso de sucesso em formato audiovisual. Isso implica em uma narrativa que conta toda a trajetória de um cliente com a empresa e claro, foca energia no final feliz e na continuação dessa parceria.

O primeiro passo para produzir um é, com certeza, a autorização do uso da imagem por parte do comprador. Na sequência, por sua vez, é criar uma história que apresenta o lead, sua dor e além disso:

  • como o cliente descobriu a sua marca;
  • como se estabeleceu o contato;
  • como a dor foi sanada;
  • por fim, como o relacionamento foi construído e dura até hoje.

Esse tipo de ação, de modo geral, não se cria do zero, mas sim aproveita uma narrativa já existente, ao passo que é complementada pelos recursos audiovisuais disponíveis.

Por que transformar casos de sucesso em vídeo case?

Porque o consumo do vídeo case é mais atrativo e com maior potencial de conversão. Ou seja, a atração dos potenciais clientes, que têm preferência por conteúdos dinâmicos para páginas de call to action, como a landing page.

Essa informação é comprovada pela pesquisa “State of Video 2017”, da Vidyard, uma vez que indica que 70% dos clientes do B2B preferem pesquisar soluções ou tomar referências por conteúdo em vídeo.

Outro dado relevante vem da área do neuromarketing e aponta que 85% do público que opta pela visualização de vídeos, está mais propenso a fechar uma compra ou contratar um serviço.

Mais comunicação humana

A realidade dos dias atuais é resumida na constante falta de tempo. O vídeo case, por sua vez, reúne muitas informações que estariam concentradas em um texto, porém, em um formato atrativo e que pode também ser ágil. 

Sem contar no efeito de proximidade que o audiovisual gera nas pessoas. Fatores como a locução, as imagens, assim como a trilha sonora, podem expandir os sentidos e formar uma conexão mais tangível entre marca e cliente.

Vídeos “valem mais que mil palavras”

Como efeito do tópico anterior, o vídeo case consegue reter a atenção das pessoas. E dessa forma, a busca por mais informações daquilo que está na tela acontece de modo natural.

O fato de envolver os leads no conteúdo visto tem prova científica. Um minuto de audiovisual indica um texto de quase 2000 mil palavras. Ou seja, investir nessa ação e nas estratégias para promover vídeos, implica em conferir dinâmica e contato com o público.

Video case: A imagem mostra uma reportagem sendo gravada, o foco da imagem é a câmera de gravação
Investir em vídeo case pressupõe o uso de casos de sucesso em formato audiovisual. Imagem de FreePik.

Mais didática

Com o recurso do vídeo, uma ação reúne o que palavras e imagens sozinhas não alcançam. A junção entre todos os recursos da cognição humana deixa o conteúdo mais didático e então, mais fácil de ser compreendido.

Um detalhe que soma ao potencial didático de um vídeo case é a música. Um jingle quando emplaca em um vídeo cativa a atenção. E então, logo que esse som aparece para o lead, este logo se lembra da sua marca.

Mais emoção

Para fechar a lista dos benefícios, tem-se o bom efeito de um vídeo na cabeça do lead que é a emoção. Ele desperta a empatia, assim como a curiosidade. É assim, por meio de um conteúdo interativo, que a conexão entre marca e leads é criada. 

Mais do que isso, a realidade que o vídeo apresenta provoca a reflexão no cliente, de modo que ele se enxerga na história que acompanha. Agora que você conhece os benefícios, saiba a seguir, como produzir um vídeo case.

Como produzir um vídeo case?

A produção de um vídeo case demanda investimento na área de audiovisual. Ou seja, a aquisição de um bom computador, um bom editor de vídeos e por fim, um profissional qualificado e criativo para comandar as operações.

Com as ferramentas em mãos, basta seguir uma ordem simples, mas que permite muita troca de ideias, a fim de produzir algo que atraia o olhar do lead na direção da sua marca. Logo, essa ordem se apresenta assim:

  • foque em boas histórias e para isso, invista em técnicas de brainstorming;
  • seja realista;
  • não poupe esforços para produzir um material de qualidade.

Esses são os princípios básicos para produzir um conteúdo rico e que, com certeza, contribuirá para o alcance dos objetivos de marketing da sua marca. Na sequência, veja em detalhes cada um deles.

Storytelling

A ação de contar boas histórias no mundo do marketing tem nome. O storytelling trata da narrativa apresentada como em uma linha do tempo. Ou seja, começa ao apresentar o cliente e termina com um final feliz, a criação do relacionamento entre marca e lead.

Construir uma história guiada desperta a ansiedade no espectador, pois ele deseja saber os próximos passos. Invista na criatividade para produzir boas narrativas e fazer um vídeo case arrebatador.

Seja verídico

De nada adianta criar uma boa história, se ela não passar de um episódio criativo. A criatividade, por sua vez, serve para enaltecer um fato real. Evento esse que tem a versão da empresa, bem como do cliente.

A versão do lead é mais importante e deve ganhar mais espaço no vídeo case. Use também números e argumentos que qualificam a fala do cliente. Isso gera o efeito de validação para o público.

Vide case: A imagem representa uma pessoa usando um smartphone onde estão algumas edições de vídeo
O vídeo case expõe o conteúdo de forma didática ao reunir imagem, som, áudio e texto. Imagem de FreePik.

Invista na qualidade

Com uma boa história real e uma parcela de criatividade, a sua marca já tem 50% de chance de agradar. A outra metade do objetivo vem por meio da qualidade que o seu conteúdo oferece, a começar pelo download, caso esse recurso esteja disponível.

Para isso, não meça esforço e nem investimento, a fim de deixar o vídeo case o mais bonito e atrativo possível. E a beleza, por sua vez, começa desde o roteiro da história, passa por uma boa trilha sonora, assim como takes de imagens perfeitos.

Inclua também no checklist algumas pequenas dicas de edição de vídeo que podem ser o start para explorar todo o potencial do material captado.

Como incluir o vídeo case na estratégia de marketing?

Usar o vídeo case como estratégia de marketing tem ligação com a prova social que a marca deve oferecer ao público. Isso significa que ele deve comprovar os efeitos e soluções que a marca apresenta em sua publicidade ou conteúdos pagos.

Trata-se de tornar real a experiência ao público. O material audiovisual é uma prova incontestável de algo que gera bons resultados para quem compra. E para isso, você pode contar com todas as funções do YouTube, para ter um canal oficial com esses conteúdos.

A sua marca pode começar a investir nessa ação agora mesmo. Basta procurar relatos já criados ou captar, por meio das interações via redes sociais, site ou SAC, histórias que podem gerar bons vídeos.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes