Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

O remarketing no e-commerce direciona uma ação para cada segmento de clientes

O remarketing no e-commerce compreende ações que vão desde o uso de gatilhos mentais que incentivem a primeira compra, até táticas para reconquistar os leads.

O remarketing no e-commerce inclui o uso de um conjunto de ações táticas e de ferramentas para aumentar as vendas e reduzir também o abandono dos carrinhos nas lojas virtuais. Da mesma forma, são aplicadas métricas para analisar os resultados. 

O que é o remarketing no e-commerce?

A estratégia de remarketing no e-commerce pode ser feita por meio de anúncios e também por e-mails. Então, o Marketing Digital mobiliza dados que permitem ações assertivas e para cada segmento de usuários, conforme fatores como: 

  • o que o usuário pesquisou; 
  • qual é o seu perfil de compra; 
  • a sua posição no funil de vendas
  • em qual etapa da compra ele parou.

O remarketing no e-commerce amplia as suas vendas ao estimular que o usuário siga uma jornada do cliente para concluir a compra, composta pelas seguintes etapas: 

  • o aprendizado quanto a um desejo, necessidade ou problema; 
  • uma descoberta de possíveis soluções; 
  • a consideração das possibilidades descobertas; 
  • uma decisão de compra;
  • a fidelização.

Portanto, o remarketing no comércio eletrônico é uma ação com o objetivo de que o usuário caminhe na jornada até, no mínimo, a efetivação da compra.  

Quais são as vantagens do remarketing no e-commerce?

O remarketing no e-commerce possui como o seu benefício mais expressivo o crescimento das vendas, já que o consumidor recebe diversas vezes o impacto do produto que ele demonstrou interesse. 

Dessa forma, o anúncio é ótimo para manter a marca viva na mente do consumidor, estimular o seu desejo de comprar e, assim, fechar a venda. Além disso, há um aumento na taxa de recompra e fácil aplicação das técnicas de up selling e cross selling. 

Diminuição do CAC

O Custo de Aquisição de Clientes, ou CAC, é uma métrica que mostra quanto a empresa gastou para conquistar cada cliente, então, quanto menor for o índice, melhor será.  

Otimização do LTV

O Lifetime Value (LTV) corresponde ao valor do ciclo de vida do cliente, assim, todo o montante que o cliente gasta na sua loja virtual ao longo de uma relação com a sua marca entra nessa conta. 

Redução dos abandonos de carrinho

O remarketing visa recuperar a venda de um carrinho que foi abandonado pelo consumidor. Portanto, mediante novas abordagens táticas, é possível convencê-lo a fazer o checkout.

Como aumentar as vendas com remarketing no e-commerce?

O remarketing no e-commerce, antes de mais nada, precisa de tecnologias especializadas para aumentar as vendas. Afinal, você saberá sobre o acesso do consumidor apenas com as soluções de rastreamento, como os cookies. 

O Google Analytics e o Google Ads fornecem essas informações, por isso é essencial entender esses mecanismos para melhorar as vendas.  

Crie listas por segmentos

Um cliente que entrou na sua loja e já finalizou a compra na primeira visita não precisa ser impactado outra vez com o mesmo produto, pois isso seria desperdiçar dinheiro.

Desse modo, o conteúdo que você envia para uma pessoa que apenas entrou na página inicial da loja deve ser diferente daquele para quem incluiu itens no carrinho, ou seja, faça listas que separe, por exemplo: 

  • aquele que visitou a loja virtual; 
  • quem visitou algum item de uma categoria; 
  • aquele que visitou uma página para ver um produto; 
  • quem incluiu alguns itens em seu carrinho.

Com certeza, é muito melhor segmentar as suas listas para agrupar as pessoas com interesses próximos e, assim, potencializar as suas vendas. 

Mulher com calça de pijama xadrez segurando caneca de café com leite com mão esquerda e tablet com a mão direita
O remarketing no e-commerce precisa de um plano ordenado e conciso. Imagem de justynafaliszek no Pixabay.

Aplique táticas de up selling e cross selling  

O up selling é uma técnica que consiste em levar o cliente a trocar um produto por outro mais completo e, na maioria das vezes, mais caro. Contudo, o cross selling consiste na venda cruzada, com o objetivo de vender itens que completam o adquirido de início.

Estimule a recompra 

Alguns produtos têm um tempo útil e, após o “vencimento”, será preciso comprar outro, logo, é crucial entender o ciclo de uso das suas mercadorias para sugerir reposições. Dessa forma, será possível abordar o consumidor no melhor momento para alcançar a venda.

Corrija as falhas 

Infelizmente, não é sempre que a alta taxa de rejeições poderá se reverter com campanhas de remarketing. Ou seja, se o abandono for pela falta de segurança no site, checkout complicado ou carregamento lento, entre outros, o problema está na experiência do cliente.

Por isso, nesses casos, não adianta tentar impacta-lo de novo, mas investir em meios para compreender melhor como o usuário se comporta no seu e-commerce. Portanto, ao visualizar o problema e sanar as falhas você conquista o cliente e vende mais.

Invista no e-mail marketing em seu remarketing no e-commerce

O e-mail marketing é um aliado crucial aqui porque trata-se de um canal na sua comunicação com os seus clientes. Então, você pode oferecer alguns cupons de desconto como um estímulo para o checkout e benefícios nas datas especiais.

Disparar envios para o usuário recuperar o carrinho e investir em ações de pós-venda, entre outras, são também formas de alcançar êxito, porém lembre-se de personalizar as mensagens

Ofereça um bom atendimento ao cliente

Nenhum remarketing pode fazer milagres se a experiência do consumidor for ruim com o atendimento da sua empresa. Desse modo, seja impecável, inclusive no serviço de Reclame AQUI, pois, antes da decisão de compra, os clientes verificam a sua reputação.  

Use gatilhos mentais como tática em seu remarketing no e-commerce

Se um usuário está na dúvida em fechar uma compra, ao ver a chamada “Corra! Restam poucas unidades”, por exemplo, ele será levado a aproveitar a chance em razão dos estímulos cerebrais dos dizeres que aceleraram a sua decisão.  

A RA Trustvox pode engajar a sua base de clientes

Use a RA Trustvox, uma plataforma que coleta, audita e publica reviews verificados e verdadeiros, outra forma de gatilho mental para conversões. Em resumo, essa ferramenta permite que você acesse todo o histórico do cliente, como: 

  • e-mail; 
  • os produtos que ele comprou;
  • nota dada aos produtos;
  • ticket médio; 
  • frequência das suas compras; 
  • nota dada para a empresa.

Por meio dessas informações será possível identificar o melhor momento e disparar envios que engajem a audiência de uma forma efetiva. 

Assim, se um cliente que costuma comprar um determinado produto todos os meses passar dois meses sem realizar uma compra nova, você pode entrar em contato com ele para incentivar a recompra.

Fotografia de foco em teclado preto de computador com tecla azul com nome e símbolo de newsletter no local do Enter
Na sua ação de remarketing no e-commerce, a newsletter é uma tática importante para aproximar o público e a sua marca. Imagem de Tumisu no Pixabay.

Busque mais informações sobre os leads perdidos

A sua direção comercial precisa apostar na coleta e análise de dados sempre, pois é nas informações sobre o seu público que se encontram as respostas para os seus problemas. Contudo, o ideal é mapear antes os pontos com maiores incidências de rejeição.  

A partir desses dados, você conseguirá aplicar as soluções corretas nas campanhas de remarketing, assim como usa-las para aprimorar a experiência do seu cliente.

Faça uma investigação sobre o abandono dos carrinhos

Um abandono de carrinho é, com certeza, um ponto que leva à perda do lead, porque significa que um consumidor em potencial que teve interesse na sua marca e gostou do preço, mesmo após decidir pela compra, não concluiu o checkout.

Por isso, o remarketing dedica a esses leads uma atenção especial e analisa a razão do abandono, pois isso permitirá que você argumente para reconquistá-los.

Ofereça condições especiais  

Compense o que fez seu lead desistir com um incentivo para fazê-lo mudar de ideia, pois, muitas vezes, ele desistiu por um motivo bobo. Então, ofereça condições especiais e descontos como o estímulo para que haja uma decisão a seu favor e chegue à fidelização.  

Use Inbound Marketing como apoio em seu remarketing no e-commerce

Uma razão comum das desistências de compra é a falta de informações sobre o processo ou um produto, além disso, no e-commerce, a melhor ação é educar o seu lead.

O Inbound Marketing informa ao mesmo tempo que atrai o consumidor para a sua marca. Desse modo, é possível aproveitar uma campanha que já existe para produzir algum material especial para abordar os pontos que levam ao abandono na sua loja.  

Quais são as ferramentas do remarketing no e-commerce?

Uma das ferramentas do remarketing no e-commerce é o Google Adwords que torna possível o uso da rede display e de pesquisas. Então, na primeira opção, os anúncios são exibidos em sites parceiros.

No entanto, na rede de pesquisas, o anúncio aparece apenas se o usuário procurar no Google algo relacionado aos produtos e/ou serviços que a sua marca oferece. 

Facebook Ads, AdRoll e Perfect Audience

Para criar uma campanha de remarketing no Facebook, você pode usar o próprio Facebook Ads, o AdRoll ou o Perfect Audience. O AdRoll é um parceiro oficial da rede social  que permite segmentar os seus anúncios. 

Porém, o Perfect Audience realiza o remarketing por preços mais em conta, o que é ideal se o seu negócio for pequeno e você está no início dos ações para aumentar as vendas.

Chango

A sua especialidade é o remarketing de pesquisa e permite que você crie anúncios a partir das buscas realizadas no Google, Bing ou Yahoo, com ou sem visitas no seu site. Contudo, o seu alto custo pode não ser vantajoso para iniciantes.

ReTargeter

Uma grande vantagem aqui é poder contar com o auxílio de um account manager, não importa o valor que você tenha investido. Ao mesmo tempo, isso pode resultar em um custo um pouco mais alto em relação a outras ferramentas disponíveis para o remarketing.

Lupa diante do tela de computador com foco no nome Google enquanto acessa tela inicial de pesquisa do site citado
O remarketing no e-commerce usa ferramentas de rede de pesquisas em buscadores como o Google. Imagem de Hebi B. no Pixabay.

Quais são as métricas para o remarketing no e-commerce?

O remarketing no e-commerce precisa de algumas métricas para analisar os resultados conquistados, ou seja, você deve ter meios para calcular e conhecer melhor o desempenho da sua tática.

A Taxa de cliques (CTR) mede qual é a proporção dos usuários que clicaram no seu anúncio em relação ao número de vezes que o anúncio foi exibido. No entanto, o Custo por clique (CPC) calcula o investimento que você fez dividido pelo número de cliques.

Por fim, o ROI, ou Retorno sobre Investimento, parte do lucro do investimento menos o custo do investimento e divide o valor pelo custo do investimento para chegar ao resultado.

Leia mais: artigos e notícias relacionados

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes