Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Schema Markup: o que é e como pode impulsionar o SEO da sua estratégia de marketing?

O Schema Markup impulsiona os conteúdos na plataforma do Google para um melhor e  maior alcance aos leitores interessados nos assuntos. Desse modo, para trabalhar com textos na internet nos dias de hoje é vital usar tal instrumento otimizador.

Quanto mais dados estruturados, mais benefícios para o desempenho. Assim, torna-se possível que o buscador entenda o seu material. A partir disso, amplia a visibilidade de um website, o que é importante para qualquer plano de marketing.

O que é Schema Markup?

É um otimizador que dá destaque aos conteúdos postados. Dessa forma, é um código que se insere no HTML e a partir dele é possível aumentar a presença do site no Google.

As páginas da internet que são usadas com essa programação ficam melhor posicionadas. Isso porque, o algoritmo da plataforma de buscas dá prioridade para que essas sejam mais vistas. Assim, eles ficam em boas posições no ranking de pesquisa.

Qual o impacto do Schema Markup nos resultados?

Essa marcação está cada vez mais útil para ditar como é a ordem dos sites nas páginas do Google. De fato, ainda não há certezas quanto a validade da ferramenta no ranking final, mas é certo que há influência na sua formação.

Para os profissionais de marketing, estar na primeira página da plataforma é o foco. Isso porque, dá mais chances de acessos no website. Contudo, o tráfego de visitas e cliques nos domínios já são impactados pelo Schema Markup que ajuda quem o utiliza.

Fatores de rankeamento do Google

É vital falar que entre os fatores de rankeamento do Google estão também a qualidade e originalidade do conteúdo. Então, capriche em seus textos e seja o mais coerente possível. Além disso, o bom uso de palavras-chaves e tags também ajudam nesse ranking.

Como funciona o Schema Markup?

O Schema Markup é um código que descreve melhor o conteúdo de um domínio na web. Com isso, buscadores como o Google, entendem do que se trata o material de uma determinada página.

Essa programação constrói uma comunicação com os itens de pesquisa. Portanto, funciona como uma conexão com um site de busca por meio de um grupo de palavras e termos que se referem ao tema principal do texto. Logo, um forte aliado do marketing.

Quais as formas de uso do Schema Markup?

O código inserido no HTML é usado de diversos jeitos. Além disso, é útil para diferentes domínios na web. Dessa forma, é possível aplicar o otimizador em conteúdos de setores distintos como os listados abaixo:

  • Pessoais;
  • Empresas;
  • Marcas;
  • Lojas;
  • Estabelecimentos;
  • Condições médicas;
  • Artigos de redação;
  • Receitas;
  • Agências.

Os códigos são diferentes para cada tipo de segmento. Dessa forma, você pode incluir dados adicionais, já que há infinitas possibilidades de adequar e colocar os temas desejados no Schema Markup. 

Um outro ponto útil é que essa forma de estruturar os dados é especial para cada modelo que o criador de conteúdo deseja. Assim, é vital escolher a categoria certa para sua ação. Desse modo, a estratégia irá funcionar e melhorar o tópico.

Como gerar código

Diferente do que muitos pensam, não é preciso ser especialista ou contratar um para formar o código que será posto no endereço eletrônico. Isso porque, o item pode ser gerado no site schema.org. Assim, a marcação certa traz os pontos positivos citados.

É preciso, então, destacar as ideias desejadas e marcar elas da forma certa. A partir disso terá os dados que devem ser escritos. Por exemplo, no caso de um evento, terá como incluir data e local. Por fim, é só clicar na opção de criar HTML e colar no link do site.

mulher usando computador, com a tela mostrando o nome marketing
O Schema Markup tem um sistema intuitivo e automático. Imagem de rawpixel.com no Freepik.

De que forma o Schema Markup beneficia diferentes contextos do SEO?

A inclusão deste código na criação de conteúdo gera os pontos positivos já citados antes. Além disso, ele traz outros pontos que ajudam na colocação, pois dão muitos detalhes já na meta description. Assim, as vantagens têm as características de:

  • Agilidade;
  • Projeção;
  • Destaque;
  • Organização;
  • Desempenho;
  • Posicionamento;
  • Competitividade.

Já as principais influências no contexto SEO são aquelas que encontram o objetivo dessa estratégia e a auxiliam por meio da otimização. Desse modo, o Schema Markup é uma ajuda poderosa para a criação de conteúdo online. Por fim, é vital para o sucesso.

Conquista de posições

O Markup pode sim influenciar seu conteúdo a conquistar posições estratégicas na busca do Google. Assim, é bom para o criador estar atento aos formatos, linguagens de programação e outros tópicos aqui citados.

É importante também falar que há riscos para aqueles que não usam tal método. Portanto, há ideias de que uma publicação que não tem as devidas marcações é deixada para trás. Isso porque, os algoritmos do Google, por exemplo, não a encontram.

Inclusão de featured snippets 

Featured snippets são as caixas de respostas que estão antes dos conteúdos nos resultados do Google. Desse modo, dá um grande destaque aos conteúdos ali postos. Assim, é tão desejado quanto a primeira posição orgânica.

Competitividade para outros resultados 

Para ser competitivo em seu nicho é preciso ter atenção aos detalhes. Afinal, é isso que faz toda a diferença na hora de receber um clique do visitante. Dessa forma, é nisso que o Schema Markup pode ajudá-lo.

Em uma receita de bolo de chocolate, por exemplo, é possível se destacar da concorrência ao adicionar uma marcação como o tempo de preparo.

O que é a biblioteca Creative Works?

A biblioteca Creative Works é um ponto vital do Schema. Assim, é a partir do detalhe que define os tópicos que se cria uma base de dados sólida para ler. Essa é uma junção dos dados principais que descrevem assuntos como:

  • Filmes;
  • Séries;
  • Música;
  • Livros;
  • Videogames.

Essas descrições também são meios de programação, como o instrumento otimizador citados antes. Contudo, há diferentes formatos para essa etapa de usar a ferramenta Markup. Dessa forma, é útil saber esses métodos.

Qual o conceito de RDF, Microdata e JSON-LD?

O conceito de RDF, Microdata e JSON-LD é de códigos. Esses podem ser adicionados ao HTML para auxiliar na colocação de marcações como o Schema Markup. Portanto, a partir desse ponto de propósito final possuem suas diferenças que serão descritas abaixo:

  • Modo de usar;
  • Facilidade da ferramenta;
  • Pontos fortes e fracos.

As três linguagens citadas, então, não são a extensão de tópicos total para os usuários e criadores de conteúdo usar. Contudo, são os formatos mais rápidos para aqueles que não possuem um estudo na área de tecnologia da informação. Portanto, mais simples.

Estrutura Descritiva de Recursos em Atributos – RDFa

RDFa é uma extensão do HTML5. Essa dá um significado, ou seja, delimita o que é um termo ou palavra. Assim, caso seu texto esteja falando de uma pessoa ou animal é esse código que vai dizer a que categoria ele pertence.

Microdata

O Microdata é semelhante ao citado antes, mas também inclui outros itens. Assim, entre eles estão criar o conteúdo e indicar o que contém, descrever na URL as ideias diretas necessárias. 

Javascript Object Notation for Linked Objects – JSON-LD

O JSON-LD, por sua vez, difere dos citados antes. Isso porque, é uma linguagem de programação que permite inserir diretamente na tag do texto o Schema Markup. Assim, trabalha com formatações para ditar o vocabulário usado.

Esse é um esquema pronto na internet que basta ser copiado e colado no site sem precisar realizar a programação de modo manual. Dessa forma, é indicado também, por esse motivo, para os iniciantes que desejam fazer uso dessas estratégias.

pessoa trabalhando em seu desktop. No monitor, tem-se o nome estratégia de marketing em inglês
As marcações de Schema Markup definem categorias diversas como negócios locais e produtos. Imagem de rawpixel.com no Freepik.

O que são geradores Schema?

Como o próprio nome diz os geradores Schema são aparatos tecnológicos que permitem originar de maneira simples e concisa o útil para a sua estratégia aqui vista. Portanto, há mais de uma forma de chegar no mesmo resultado.

Hail Analysis Schema Markup generator

A Hail Analysis Schema Markup Generator é um gerador para criadores diversos. Assim, na sua simplicidade, ele permite que a partir da inserção do código HTML, sejam colocadas as ideias sobre o tema da sua publicação. 

Google Structured Data Markup Helper

O Google Structured Data Markup Helper é formado pelo próprio buscador. Dessa forma, para usar é preciso apenas inserir os dados desejados nos espaços dados pelo organizador. Apenas marcar os itens é suficiente para que o site faça o seu trabalho.

Microdata Generator

O Microdata Generator é um portal. Nele as informações são colocadas nos seus espaços e assim, a ferramenta faz o restante do trabalho. Além disso, é útil aplicar essa no Merkle Markup Generator.

Merkle Schema Markup Generator

Esse é outro gerador de Schema. Além de poder inserir a Microdata também é possível trabalhar com o JSON-LD. Dessa forma, é uma maneira simples, porém, completa de alcançar os pontos de otimizar. Por fim, funciona como suporte de criação.

Ferramentas de teste para Schema Markup

Apesar das opções citadas ao longo do texto serem simples, essas precisam de um teste de funcionamento antes de serem colocadas em prática. Desse modo, a ideia da programação de testar, identificar o possível erro e depois rodar o programa é útil e vital.

Há mais de uma maneira de saber se o procedimento realizado está ou não correto. Dessa forma, estará abaixo o modelo que direciona e auxilia o criador do Schema Markup a ação de sucesso na projeção de conteúdo. Assim, é possível entender melhor o item.

Schema Markup Validator

Para usar o Validator, então, basta arrastar para esse portal a página criada, bem como, o seu endereço eletrônico com HTML e URL. Desse modo, ela será útil para ver se há erro ou não no seu código. Caso esteja tudo certo, é só partir para o ato final.

Ferramentas de Auditoria do Site da SEMrush

A ferramenta de Auditoria do Site da SEMrush já possui outro propósito, mas complementa a ferramenta anterior. Isso porque, nela há a possibilidade de calcular a porcentagem de o quanto de Schema Markup está presente no site criado. 

Basta apenas colar o código. É importante falar que esse item funciona apenas para Microdata, ou seja, aqueles que usam JSON-LD não conseguem usar. 

Outros tipos de linguagem também não são válidas. Em outras palavras, esse é um recurso limitado que serve para casos muito específicos e focados.

Qual a importância do Schema Markup?

Agregar valor na busca do conteúdo nos portais da internet é útil para a visão final do seu conteúdo. Assim, os códigos HTML gerados na estratégia dão vida ativa a informações básicas, delimitadas e detalhadas. Desse modo, é bom seguir as dicas logo abaixo:

  • Pesquisar sobre o assunto;
  • Seguir as dicas deste texto;
  • Praticar as marcações de diferentes categorias;
  • Usar a estratégia no setor desejado, ou seja, em sua área de atuação;
  • Ver qual o melhor programa para o seu nicho;
  • Prezar pela qualidade do seu conteúdo;
  • Usar as ferramentas de teste.

Com isso, a importância está no impacto que esses dados estruturados têm. Isso porque, é vital melhorar um site pessoal ou de negócios, a fim de trazer lucro e visibilidade. Portanto, é um grande aliado para a popularidade dos seus criadores e para atrair novos usuários.

Por que adicionar dados estruturados em seu site com o Schema Markup?

O Schema Markup, de fato, pode ser uma maneira de inovar em um website onde antes não tinha tantos resultados. Assim, é vital saber como aplicar no seu site tal estratégia. 

A partir disso, é possível trabalhar nos seguintes quesitos de organização para aprender a colocá-lo em prática:

  • Aplicação por etapas;
  • Treinamento em equipe;
  • Aulas próprias sobre o conteúdo;
  • Busca da ferramenta certa.

Note que apesar de ser útil ter um especialista na área, é vital que todos os envolvidos na criação estejam cientes desses passos, etapas e pontos positivos. 

Quando o assunto é aplicar o Schema Markup em empresas ou agências, ter um time entrosado, além de motivado, faz a diferença. Iniciar esse trabalho o quanto antes é a melhor estratégia.

Por último, para aqueles que ainda não tem um bom ranqueamento, portanto, agora tem um bom guia para aplicar mudanças e obter mais resultados.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes