Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

Quais são as tendências de design perigosas que qualquer designer deve evitar?

Existem algumas tendências de design perigosas que você deve evitar para ter mais chances de agradar os seus clientes e conseguir melhores contratos de trabalho.

Conheça algumas tendências de design perigosas, para saber onde não errar na hora de iniciar uma criação da arte de um produto. Afinal, nem toda inovação é boa e é ideal levar em conta vários pontos ao trabalhar com técnicas de design gráfico.

O que são tendências de design perigosas?

Tendências de design perigosas são algumas práticas que o profissional pode adotar em seu processo de criação, mas que podem prejudicar o mesmo. Por sua vez, elas são comuns no dia a dia ou até mesmo em diversos tipos de portfólio online.

Essa técnica, em geral, pode te levar a criar designs que podem causar desconforto em quem as vê, principalmente na comunicação visual. Logo, podem variar entre:

  • uso de paletas muito vibrantes;
  • criação de padrões inadequados;
  • incluir muitos detalhes onde não deve.

Com o avanço do marketing digital, o apelo visual é ainda mais importante. Assim, a construção de imagens deve ser feita com muito cuidado e você pode ver algumas dicas que vão te ajudar nesse artigo.

Por que evitar tendências de design perigosas?

É importante saber que existem locais e projetos ideais para usar algumas tendências diferentes, mas esses padrões devem ser evitados como forma de melhorar seu processo criativo.

Não é porque um determinado detalhe caiu bem em uma arte que deve ser usada em todos os seus trabalhos. Da mesma forma, tente se inspirar em cases de sucesso que tenham a ver com o seu projeto.

Tendências de design perigosas: A imagem mostra um designer fazendo o seu trabalho. Com ele está um computadores e ao redor algumas paletas de cores.
Atenção às tendências de design perigosas para não comprometer seus contratos. Imagem de snowing em Freepik

Por que cores vibrantes são tendências de design perigosas?

Usar cores vibrantes é uma das tendências de design perigosas, já que esse tipo de combinação pode incomodar muito os usuários. Então, evite usar paletas muito extravagantes em geral, ainda mais ao se trabalhar com marketing de conteúdo.

Nesse tipo de trabalho, o foco deve ser o material e a marca a qual pertence o site ou blog corporativo. Portanto, algumas cores irão atrapalhar a leitura e podem levar os usuários a saírem da página por desconforto visual.

Quais são os perigos dessa prática?

De modo geral, combinações como azul com amarelo ou vermelho podem causar um efeito de aversão nas pessoas que as visualizam. Além disso, aqueles que tiverem contato com esse material podem ter uma impressão ruim do seu blog.

Isso acontece porque essas cores refletem a luz nas telas dos aparelhos de forma muito intensa. Por isso, é ideal escolher paletas menos vibrantes, como você pode ver nas dicas a seguir.

Dicas para escolher uma paleta

Você deve escolher uma cor padrão de acordo com o arquétipo ou posicionamento de marca da empresa em questão. Da mesma forma, tente equilibrar o uso de tons muito quentes, além de:

  • usar cores vibrantes só em detalhes;
  • decorar pontos específicos;
  • chamar atenção para locais estratégicos.

É preciso destacar que tudo deve seguir um padrão visual, para que a imagem da sua marca seja associada às cores certas. No entanto, isso pode variar com o gosto de seu cliente, mas no ambiente digital isso irá te ajudar a melhorar a experiência do usuário.

O que evitar?

Você deve evitar ao máximo colocar cores muito fortes próximas uma da outra ao criar suas artes. Além disso, também não é ideal colocar alguma delas por trás de elementos textuais, pois isso prejudica a leitura.

Evite também usar paletas muito quentes em locais extensos ou grandes, como o fundo de uma interface do usuário. Afinal, isso irá causar a sensação já citada, de desconforto físico e poluição visual.

Criar modelos de layout é uma das tendências de design perigosas?

Uma das tendências de design perigosas é criar modelos de layout de forma experimental, pois eles podem criar um caos no seu site ou página. Dessa forma, deve-se ter muito cuidado ao optar por criar uma interface como essa.

Quais são os perigos?

Alguns clientes podem ficar confusos com a proposta ou você pode até mesmo se perder na sua própria ideia. Então, evite ao máximo usar técnicas muito experimentais ou que sejam inovadoras demais, ainda mais em ocasiões mais formais.

O ideal é que se mantenha uma estrutura padrão, principalmente quando tiver elementos textuais no seu design. Assim, você deixa a vida dos usuários muito mais fácil, pois a informação será o foco da sua arte.

O que é melhor fazer?

Você deve usar esse tipo de desenho apenas quando sua página não focar em textos ou conteúdos de valor. Além disso, deve agrupar blocos de forma balanceada na sua estrutura.

É preciso também saber quando usar sobreposição de imagens, já que elas exigem um nível de contraste bem mais definido. Portanto, estude bem esses pontos para não falhar em aspectos simples.

Tendências de design perigosas: A imagem mostra um profissional de design escolhendo os tons de um trabalho.
Algumas tendências de design perigosas podem resultar em uma tentativa frustrada de inovação. Imagem de wayhomestudio em Freepik

Como evitar essas tendências de design perigosas?

O ideal é não usar esse tipo de técnica se sua página tiver muito conteúdo. Nesse sentido, em caso de sites que exijam um carregamento mais eficiente, você também deve evitar essa forma de layout.

Não use detalhes aleatórios na sua página, para não desviar a atenção dos leitores. Então, sempre alinhe com a sua estrutura de site e acima de tudo, mantenha o contraste padrão no mesmo.

Usar elementos muito pequenos é uma das tendências de design perigosas?

O uso de detalhes muito pequenos é uma das tendências de design perigosas que você deve evitar, pois eles tem uma finalidade bem específica. Em suma, o minimalismo deve servir para guiar o usuário dentro de uma página.

Essa é uma tendência que ficou em desuso por muito tempo, mas que veio à tona de novo nos últimos tempos. Por isso, a sua aplicação exige cuidado e atenção, além de um estudo mais a fundo sobre qual é a melhor forma de trabalhar com esse tipo de design.

Por que isso compromete seu design?

O uso de detalhes pode causar uma experiência negativa no seu usuário, porque pode desviar a atenção deles. Além disso, se você não atribuir funções a esses detalhes, eles serão apenas uma distração para o que mais importa em seu site.

É comum encontrar sites e páginas na web feitos para mover esses elementos de acordo com o cursor do mouse ou toques nas telas, no caso de aparelhos touch screen. Contudo, isso pode atrapalhar bastante os usuários, então saiba quando usar esse tipo de design.

Como usar esses detalhes?

Você pode usar esse tipo de detalhe para separar alguns blocos do seu site, para não atrapalhar nada. Da mesma forma, veja a seguir mais algumas dicas de como usar o minimalismo:

  • não desvie a atenção dos textos;
  • dê significado aos elementos;
  • faça um layout limpo.

É preciso combinar os elementos com o seu conteúdo, ou colocá-los como uma borda ou decoração. Assim, diminui as chances dos usuários se perderem em meio a dados remotos e sem sentido algum para a sua página.

O que evitar ao usar pequenos detalhes?

Você deve distinguir o máximo que conseguir os detalhes simples de outros elementos de navegação. Em suma, não use de nenhuma forma, caso a página em questão já tenha muito conteúdo ou cores fortes.

Não inclua, de nenhuma forma, esses detalhes como parte principal da sua arte. Com isso, vai ser mais fácil ter sucesso no resultado final da sua criação, seja qual for a proposta do seu projeto.

Existem mais tendências de design perigosas?

Entre as tendências de design perigosas está o uso de fontes muito pequenas e modelos de navegação muito experimentais. Afinal, essa primeira opção é comum, mas pode causar problemas na visualização de seus modelos.

De modo geral, deve evitar o uso de fontes com tamanho menor que o 13, caso a sua proposta seja uma arte de maiores proporções. Isso porque, essa tática pode diminuir a legibilidade do seu conteúdo como um todo.

Tendências de design perigosas: A imagem mostra uma mulher trabalhando em um projeto de design
Algumas tendências de design perigosas podem comprometer todo o sucesso do seu projeto, além da experiência do usuário. Imagem de drobotdean em Freepik

Por que evitar a navegação experimental?

Alguns designers usam esse tipo de técnica para se diferenciar dos demais profissionais, mas isso pode não ser bom para algumas situações. Em suma, o seu domínio pode ficar muito confuso.

Caso o foco dela seja transmitir conteúdos ou mensagens de valor, ou até mesmo informações, o ideal é criar um site padrão. Do mesmo modo, alguns usuários podem não conseguir navegar nessas páginas.

Animações são tendências de design perigosas?

Criar sites com muitas animações pode comprometer também o foco principal da sua página. No entanto, são tendências muito boas em certas situações, porque ajudam a posicionar alguns elementos com padrões diferentes.

Vale destacar que as animações devem ser usadas com cuidado, pois a proposta deve direcionar a atenção dos usuários para o que importa. Então, se tornam perigosas em temáticas mais sérias.

Analise suas personas

É ideal analisar as personas do negócio para não criar algo que não tenha a ver com o seu público-alvo. Portanto, tudo deve ser criado com base nessas pessoas e não no que você acredita ser melhor.

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes