Tudo sobre Marketing e Empreendedorismo

O que é SEO on page e como usar essa estratégia para ranquear o seu site?

O SEO on page é crucial para qualquer plano de marketing digital nos dias atuais. Isso porque, ele agrega uma série de fatores que atuam para que o seu portal fique bem rankeado nos buscadores. E assim, como resultado, gera mais tráfego orgânico.

Essas ações ocorrem dentro do próprio site e podem ser feitas por você. Ou, até mesmo por um perito da área de marketing. Entenda neste artigo o conceito, como funciona e como ele se difere do off page.

O que é SEO on page?

Saiba que o termo SEO vem do inglês Search Engine Optimization, que significa Otimização para Mecanismos de Busca. E é essencial para qualquer meio online que queira destaque na internet. Dessa forma, o do tipo on page se dá dentro de uma página.

Ele tem como principal objetivo aprimorá-las de modo que elas tenham melhores posições nos buscadores. E em consequência, maior visualização, o que gera tráfego orgânico e cria autoridade.

A tática de SEO on page lida com os fatores de rankeamento do Google. Por isso, o conteúdo deve ser único e com o uso de palavras-chave. Bem como, ser fácil para os algoritmos atuarem ao mostrá-lo para quem tem real interesse no tema.

É importante saber que há dois pontos principais que merecem atenção na sua estratégia e que você não pode deixar de lado. São eles:

A seguir, entenda um pouco mais sobre o conceito de cada um deles. Além disso, saiba como aplicar em seu plano digital na prática.

SEM

O Search Engine Marketing ou Marketing para Mecanismos de Busca são métodos que misturam ações pagas e orgânicas para rankear. Nesse sentido, é vital que a empresa destine parte da sua verba para este tipo de estratégia. Então, se divide em:

Este primeiro influencia os algoritmos a achar o conteúdo em meio às buscas orgânicas por meio da indexação das páginas. Já os links com patrocínio, ficam no topo das pesquisas ou outras mídias digitais. Por isso, são previsíveis e se destaca quem investe mais.

Experiência do usuário

A UX tem relação com o que o usuário sente ao entrar em contato com um conteúdo ou marca. Afinal, é isso que motiva a interação e transforma leads em clientes na jornada de compra e no plano do SEO on page

Quanto mais educativo e informativo for o teor do seu site, mais ele será visto. Com isso, aumenta o tempo que o usuário navega na página e isso reduz a taxa de rejeição. Veja a seguir alguns pontos que colaboram para esta experiência:

  • Utilidade do conteúdo;
  • Estética;
  • Uso prático;
  • Site responsivo.

Estes são só alguns exemplos de vários que interferem na decisão do visitante em ficar em um endereço da web. Ou até mesmo, descartar um e iniciar uma nova busca. 

pessoa trabalhando no laptop
O SEO on page é uma técnica vital para otimizar o rankeamento do seu conteúdo nos buscadores como o Google. Imagem de Firmbee.com no Unsplash

Qual a diferença entre SEO on page e off page?

De forma resumida, SEO on page e off page tem suas diferenças. Assim, este primeiro tem relação com toda estrutura e conteúdo do site. O segundo, por sua vez, trata dos fatores externos, por exemplo:

Veja a seguir ações que você pode fazer, fora da sua página, para atrair o público. Conheça os conceitos e como eles contribuem para expandir a reputação do seu conteúdo. Bem como, sua aplicação na prática do off page. 

Link building

É a ação de conseguir backlinks para o seu domínio, seja de forma natural ou não. Logo, são outros endereços que apontam para o seu com a meta de conseguir relevância e se tornar popular nas buscas. Essa técnica também melhora a posição da página na SERP.

Parcerias e promoções

As parcerias são meios de conseguir esses links com guest posting ou co-marketing. Ou seja, como convidado para produzir conteúdo para outro site. Ou, até mesmo, criar posts colaborativos em que ambas as marcas recebem destaque com o SEO off page.

Já as promoções costumam ser pontuais, mas não deixam de ser uma excelente oportunidade de direcionar o material para o seu site com o uso de links. Seja com ações de marketing ou com a produção de conteúdo que será aprofundado no seu portal.

Redes sociais

As redes sociais têm foco em engajamento e interação. Por isso, é muito comum o seu uso para atrair novos visitantes. Ainda assim, você consegue criar uma relação com o usuário que pode se tornar um futuro cliente.

Elas são um ótimo meio de alavancar o conteúdo do site. Mas, para isso, você deve tomar certas ações como:

  • Ter mais seguidores;
  • Melhorar o perfil e os posts;
  • Gerar um conteúdo autêntico, de qualidade e próprio para compartilhar;
  • Usar vídeos e imagens.

Você também deve ser estratégico com o horário para publicar esse material. Bem como, se manter constante na criação, a fim de atrair o público e alcançar mais pessoas.

Por que o SEO on page é importante?

O SEO on page torna o seu portal visível na internet. O que resulta em novas chances de negócios. Já que a maior parte deles migrou para o online e conta com o marketing digital como peça vital para sua gestão e para crescer.

A economia que ele traz em termos de estratégia também é notória. Afinal, ele visa aumentar o tráfego orgânico, quase sem investimento, que flui com as pesquisas nos motores de busca.

Vale ressaltar que, diferente do tráfego pago, ele demora um pouco mais para ter algum tipo de retorno. Por isso, é importante manter a constância e um plano bem estruturado.

O SEO on page é vital para a estratégia de Marketing Digital

Não existe marketing digital sem um plano de SEO on page de sucesso. Isso porque, é esse é o meio que faz com que as pessoas que fazem buscas na internet encontrem o teor do seu site e o relacionem com a sua marca.

É vital que eles encontrem de forma exata o que procuram. Então, você deve ficar atento às mudanças de comportamento e consumo para mudar a estrutura do seu portal, se necessário, para ter mais resultados. Ou seja, se manter em constante transformação.

Tráfego orgânico

Nada mais é que as visitas que um conteúdo recebe de forma espontânea. De modo geral, se dá a partir dos buscadores, mas também com o uso de links em outros sites. Assim, a sua prática envolve baixo custo.

Marketing Local e SEO Local

O SEO on page também atua no Marketing e SEO Local, ou seja, estratégias adequadas para atuar em uma região. Então, costuma ser útil no comércio local e é segmentado para atingir o consumidor final.

Da mesma forma, o SEO Local tem foco na geolocalização e outros meios como as redes sociais. Onde o usuário busca soluções próximas para os seus problemas que o levam a uma marca.

pessoa trabalhando em laptop, enquanto avalia vários gráficos
O SEO on page conta com uma série de ferramentas de análise que auxiliam na estrutura de otimização do seu conteúdo. Imagem de Myriam Jessier no Unsplash

O que é SEO on page na prática?

Há vários fatores que você deve levar em conta na hora de praticar o SEO on page. Porém, é importante lembrar que o foco será sempre a UX. Então, antes mesmo de ele consumir o conteúdo, ele deve ser atraído pelos sites de busca.

As principais otimizações que se deve considerar são:

  • Conteúdo;
  • Páginas;
  • Vídeos e imagens.

Veja em seguida como funciona cada uma delas e os principais elementos que as compõem. Assim como, dicas do que fazer para melhorar a performance do seu portal.

Conteúdo atrativo nos motores de busca

Antes mesmo de visitar o seu conteúdo, a estratégia SEO on page deve torná-lo atrativo na SERP. Para que isso ocorra, é necessário usar um texto breve, porém, rico para despertar o interesse do usuário de clicar, visitar a página e saber mais sobre o assunto.

Como otimizar o conteúdo para SEO on page?

Para otimizar o seu conteúdo para esta estratégia você deve considerar alguns pontos. Confira, então, uma lista com os principais:

  • Title tag;
  • URL;
  • Palavras-chave;
  • Concisão;
  • Meta description;
  • Link building;
  • Heading tags;
  • Conteúdo de valor.

Você verá detalhes sobre cada uma dessas peças vitais para o plano de SEO e como funciona na prática. Ainda assim, vai saber como elas atuam de forma direta no resultado dos sites de busca.

Title tag

É o título exato que aparece nos motores de busca e não do conteúdo em si. Isso porque, ele atua como um tipo de outdoor na SERP. Então, ela deve despertar o interesse do leitor e o atrair de forma rápida no SEO on page.

Já que não há muito espaço para dizer todo o teor que o site tem sobre aquele tema, é preciso que seja fácil de captar. Para que isso ocorra, siga algumas dicas como as que verá adiante.

Foco nas palavras-chave e como combiná-las

As palavras-chave são cruciais para qualquer plano digital. Então, ela deve cumprir a intenção exata de busca do usuário. Logo, deve estar de forma obrigatória na URL, no H1, H2 e nas 100 primeiras palavras do conteúdo.

Use-a sempre à esquerda para prender o leitor. Já que a leitura ocidental é feita da esquerda para a direita. Outro ponto é juntar o termo-chave com outras do tipo long tail para ampliar a posição no ranking.

Esse tipo de otimização é vital, afinal, é a entrada principal dos usuários nos buscadores. Portanto, o ideal é que seja aplicada aos artigos, home ou página inicial do blog. Mas, tome cuidado para não cometer excessos e ser penalizado por isso. Seja natural.

Como ser conciso no SEO on page? 

O limite de caracteres da title tags no plano de SEO on page é de 65 caracteres. Então, pode-se considerar que este é um número seguro para que o texto não apareça cortado na SERP. Assim, você consegue alcançar o seu público com mais resultados.

Veja, em seguida, o que se pode fazer para ter um conteúdo mais enxuto:

  • Evite redundância e voz passiva;
  • Reduza as frases;
  • Elimine o gerúndio;
  • Não use expressões com muitas palavras.

Ao seguir esses passos, vai otimizar o seu material. Dessa forma, o usuário não terá que gastar muito tempo para desvendar o teor da sua página.

Meta description

É o resumo que fica logo abaixo da title tag. De fato, não é um fator que interfira no rankeamento. Mas, ela é responsável pela taxa de cliques no site. Por isso, se torna essencial para o SEO on page.

Seu limite de caracteres para que apareça na íntegra são 160. Além disso, você pode usar aplicações como o Yoast para te auxiliar no momento de criar a sua.

URL como fator de rankeamento

A URL também é um fator de ranqueamento, afinal, ela deve informar do que se trata a página. O uso da palavra-chave é imposto. Assim, deve ser leve de ler, bem como, amigável para não ser confundida com um spam:

  • Não use números;
  • Opte por textos curtos.

Isso irá facilitar a técnica de link building e meios de direcionar o teor do seu material na internet. Seja com o uso de outros sites ou links internos.

O que é link building no SEO on page?

A técnica de link building tem por objetivo conquistar referências vindas de outros sites que são conhecidas como backlinks. Essa estratégia gera autoridade e amplia a chance de o site conquistar os primeiros lugares dos buscadores com SEO on page.

O seu uso pode se dar tanto dentro do seu próprio domínio, quanto de parceiros. Dessa forma, recebem a classificação de links internos e externos.

Links internos

Esse tipo de link visa manter o usuário dentro do domínio. Por isso, é importante fazer a relação do conteúdo com assuntos similares dentro do site. Assim, mostra que você é autoridade no assunto e aumenta o tempo que o visitante permanece em seu portal.

Deve-se usar o link em palavras-chave que remetem a outro material já publicado em sua página. Ou, criar um novo que atualize o que já foi dito.

Links externos

Ao contrário dos links internos, os externos levam para outros sites que tenham uma boa relevância na internet. Uma dica importante é configurá-los para que abram em uma nova guia ou página. Assim, o usuário permanece com o seu site aberto.

Este é um meio de ajudar o leitor a concluir a sua pesquisa, o que aumenta a UX. Ou seja, ele consegue um conteúdo complementar para o que busca.

Como usar as heading tags no SEO on page? 

As heading tags são vitais para o SEO on page. Afinal, é por meio delas que se cria uma hierarquia na estrutura do conteúdo. Assim, a leitura se torna mais fácil. De modo geral, é mais comum encontrar nos textos:

  • H1;
  • H2;
  • H3;
  • H4.

Nessa ordem, o H1 é o título principal. Do H2 em diante são os subtítulos e devem ter relação para que o texto faça sentido. Para que as heading tags se tornem fatores para rankear, faça o uso de palavras-chave.

O que é valor do conteúdo SEO on page? 

Esse valor no SEO on page é subjetivo. Porém, você deve ter foco em sanar a dúvida do usuário. Segundo pesquisas, materiais mais longos têm mais resultados. Isso porque, são mais profundos e atendem a mais perguntas de um modo direto.

A taxa de rejeição também reduz quando o conteúdo é completo. Em consequência, aumenta o tempo que o leitor permanece no site, o que remete à qualidade. Por fim, o mínimo recomendável para um conteúdo de valor são 2 mil palavras e menos de 2,4 mil.

Taxa de rejeição

É uma métrica que determina quando o usuário entra no site, sai sem acessar novas páginas, bem como, não interage com o conteúdo. 

Conquistar uma taxa de rejeição em 0% é quase impossível. Portanto, o aceitável é de 30% a 45%. Há quem defenda que 70% é um bom número. Já para vídeos o recomendado é manter abaixo de 50%.

Tempo de permanência

A métrica é um termômetro para um conteúdo de qualidade. Isso porque, quanto mais tempo o usuário fica no site, mais isso reflete que o seu teor é atrativo. O tempo médio de visita dura menos de um minuto.

O conteúdo deve passar a sua mensagem de forma imediata. Caso isso não aconteça, o leitor consome, em média, apenas 25% do material.

página inicial do google
O SEO on page quando bem-aplicado deixa o seu portal nas primeiras posições do Google, então, foque nas otimizações. Imagem de Christian Wiediger no Unsplash

Por que usar SEO on page nas páginas web? 

Você já sabe como se dá a otimização de SEO on page no conteúdo. Agora, veja como funciona essa ação nas páginas da web. Os principais pontos para melhoria são:

  • Design responsivo;
  • Rastreamento;
  • Velocidade do site.

Confira o conceito de cada um, como funcionam e como auxiliam para uma navegação mais fluida nas páginas da internet.

Design responsivo

O Google avalia esse fator desde 2015. Por isso, ter foco nele é vital. De modo geral, dizer que um site é responsivo é o mesmo que falar que ele tem uma boa atuação tanto para desktop, quanto para mobile.

Há várias aplicações no mercado que ajudam a analisar se a sua página é adaptável ou não. Dessa forma, é por meio dos resultados que irá fazer os devidos ajustes. Então, não perca tempo e invista em melhorias constantes.

Velocidade do site

É a velocidade que o site leva para carregar por completo. Logo, esse é um fator que aponta se o usuário irá consumir ou não o seu conteúdo. Isso porque, a grande maioria dos leitores não têm paciência para aguardar o processo.

Os atrasos ao carregar reduzem a conversão e como resultado afetam os lucros. Por isso, você deve ficar atento a esta métrica no SEO on page.

Como funciona o rastreamento no SEO on page? 

O seu site deve ser o mais rastreável possível pelos buscadores. Portanto, reduzir o tempo para indexar as páginas é vital para resultados ágeis. Um exemplo disso é criar o mapa do site, o que facilita as pesquisas.

Uma das ferramentas mais usadas para essa ação é o Google Search Console. Além disso, manter o site seguro com o uso de “https” na URL passa confiança ao usuário. Ainda mais em e-commerces que usam transações financeiras na sua estrutura base.

Qual a melhor forma de incentivar o engajamento dos usuários no SEO on page? 

O engajamento não é um fator decisivo para o rankeamento do site. Mas, é importante avaliar as ações do tráfego. Assim como, checar de que forma os usuários compartilham e comentam sobre o seu conteúdo com SEO on page.

Uma técnica para distribuir o seu material é criar botões para compartilhar nas redes sociais. Além disso, aplique CTA nos seus posts. Essas estratégias em conjunto ajudam a fazer com que o seu conteúdo chegue a mais pessoas de forma mais ampla e direta.

O que são otimizações de imagens e vídeos no SEO on page? 

Conteúdos em imagem e vídeos são os mais vistos na internet. Por isso, é vital aplicar ações que visam aprimorar esses pontos. O que torna o teor do seu site mais atrativo e capaz de aparecer para outras pessoas.

Essas mídias envolvem o visitante e criam uma relação com a marca. Dessa forma, você deve saber como usar esses recursos na medida certa. Confira, em seguida, o conceito deles e como usar da melhor maneira.

Imagens

As imagens tem como meta deixar a leitura mais fluida e ajudam a diminuir a taxa de rejeição do site. Com isso, aumentam a permanência do leitor. Vale ressaltar que o uso da palavra-chave na foto é vital para que ela apareça na busca.

O uso de alt text, ou texto alternativo da imagem, informa para os sites de busca do que ela se trata. Bem como, ajuda a indexar em sessões como o Google imagens, por exemplo. Por fim, essas ações ajudam a tornar o teor do site acessível a pessoas com deficiência visual.

Vídeos

Cada vez mais famosos, os vídeos são a inovação dos meios online. Por isso, eles estão presentes na maioria das mídias. E para aprimorar o rankeamento, o uso do SEO, como no YouTube, é uma maneira de posicionar o seu conteúdo nos primeiros lugares.

Algumas orientações são usar a palavra-chave no título dos vídeos. Além disso, deve falar sobre ela nos 15 segundos iniciais do conteúdo. Isso porque, a plataforma o transcreve de forma automática. Por fim, não esqueça de colocá-la também na descrição.

celular com a tela mostrando o aplicativo do google
O SEO on page facilita a busca do seu conteúdo nos buscadores, assim como, aumenta o tempo de permanência do usuário no site. Imagem de Brett Jordan

Como criar um plano de SEO on page? 

Depois de todo este conteúdo, você está apto para criar a sua estratégia de SEO on page. A fim de, ter mais resultados com o marketing digital. Vale ressaltar que revisar seus conteúdos e fazer ajustes é uma prática que deve estar na rotina do seu portal.

Vale ressaltar que não irá alcançar seus objetivos e metas de forma rápida. Afinal, é um trabalho de construção diária e que requer dedicação constante de todo o time. Conheça, a seguir, uma ferramenta que pode te ajudar a criar esse plano SEO de forma mais simples.

Search Analytics for Sheets

O Search Analytics for Sheets em conjunto com o Google Search Console te ajuda a acompanhar o SEO on page de perto. Veja em seguida, um checklist do que você deve considerar em todos os posts:

  • Title tag;
  • Meta description;
  • Palavra-chave;
  • Tamanho;
  • URL.

Crie hoje mesmo uma conta em ferramentas que são úteis na sua gestão de SEO. Nesse sentido, faça os devidos testes de modo que os ajustes sejam feitos da melhor forma para aprimorar seu conteúdo.

Como usar o SEO on page para posicionar o seu negócio no cenário digital

Agora você entendeu o que é SEO on page e como ele é útil para o seu plano de marketing digital. Então, veja algumas dicas que vão te ajudar a posicionar a sua marca na internet:

  • Pesquise as palavras-chave adequadas;
  • Divida o texto em subtítulos;
  • Pense no tamanho do conteúdo;
  • Mantenha a frequência dos posts;
  • Escreva para o usuário, mas não esqueça do Google;
  • Use termos concisos na URL.

Foque em um plano que possa ser executado pelo seu time sem muita dificuldade. Além disso, se mantenha atualizado sobre as tendências do mercado para não perder as novidades.

Seja o primeiro a ser notificado, sempre que um novo artigo ser publicado

Deixe uma resposta

Usamos cookies para melhorar sua experiência neste site. Ao continuar no site, você concorda com essas condições. Sim Mais detalhes